Geral Saúde 

Médica denunciada por falso tratamento é interditada cautelarmente

Cremesp suspendeu o registro profissional de Isabella Abdalla, médica que divulgava soroterapia como prevenção a coronavírus. O Conselho Regional de Medicina do Estado de São Paulo (Cremesp) informa que a médica Isabella Abdalla foi suspensa cautelarmente, por divulgar tratamento sem comprovação científica, associado à prevenção de covid-19 e por deturpar, em vídeo mais recente, postado nas redes sociais, as regras envolvendo o exercício da telemedicina. O novo vídeo publicado pela médica nos últimos dias forneceu indícios adicionais de que a profissional continua infringindo artigos do Código de Ética Médica. Assim,…

Leia Mais

Falsidade ideológica: Polícia prende em flagrante falso médico que pretendia registrar inscrição no Cremesp

Um falso médico foi detido pela polícia, em flagrante, na sede do Cremesp, na tarde do dia 16 de janeiro, utilizando documentos forjados para tentar obter o registro profissional para atuação em São Paulo. Conforme a imprensa noticiou, o nome do autor da infração é Ricardo Rolim Azevedo. Ele foi conduzido ao 78º DP da Capital paulista, onde foi indiciado por falsidade ideológica e uso de documento falso. A fraude foi descoberta após checagem dos documentos para a obtenção do registro, entregues ao Cremesp em 9 de dezembro de 2019,…

Leia Mais
Destaques Educação Geral 

Fake: Professora que vai virar filme tem diploma falso de Harvard

Conhecida por ter saído da pobreza e chegado à universidade mais conceituada do mundo, Joana D´Arc tem várias inconsistências em seu currículo Conhecida por uma história de superação que deve virar filme, a professora de ensino técnico Joana D’Arc Félix de Sousa, de 55 anos, declara uma formação na Universidade Harvard que ela não possui e usou um diploma falso na tentativa de confirmar a informação. Joana também repetidamente dizia em entrevistas e palestras que entrou na faculdade aos 14 anos, o que ela agora reconhece não ser verdade. A…

Leia Mais
Cidade Destaques Geral Polícia 

Estelionato: empresária taquaritinguense é vítima de leilão falso na internet

Uma proprietária de um estabelecimento comercial caiu em um golpe aplicado através de leilões online, na tarde da última quinta-feira (14). A vítima se interessou por um veículo Eco Sport que estava à venda por R$28.950,00, acrescidos mais 5% para o leiloeiro, totalizando o valor de R$30.407,50 (trinta mil, quatrocentos e sete reais e cinquenta centavos). De acordo com as informações do Boletim de Ocorrência (BO), a taquaritinguense efetuou a transferência para a conta bancária de uma agência de São Bernardo do Campo (SP), além de enviar para a firma…

Leia Mais