Nossa Palavra – Tudo pela reeleição

Embora não seja, ainda, de forma oficial, o prefeito de Taquaritinga, em sua live de quarta-feira (29), pelas redes sociais, disse que é sim candidato à reeleição, para as eleições municipais deste ano.

Junto com a secretária municipal de Educação, professora Neide Ramos Salvagni, o tema desenvolvido durante os 60 minutos de programa, foi uma série de perguntas dos internautas, querendo saber sobre os problemas educacionais de Taquaritinga. Uns, de forma positiva, outros, com críticas à administração pública.

O prefeito, até então, de forma misteriosa, calado em seus pronunciamentos, sobre sua candidatura à reeleição, desabafou, mais uma vez, contra opositores ao seu governo, referindo-se, dentre eles, aos vereadores que o criticam, de forma maiúscula, ante uma administração voltada apenas aos próprios interesses políticos e que, segundo os vereadores, pouco ou quase nada feito em benefício da cidade.

Já a secretária Neide, com bom suporte em seu extenso currículo, portou-se de maneira bastante entusiástica, mostrando vários números sobre sua pasta e recebendo, por parte dos internautas, ótima repercussão.

O prefeito, com cara de bravo, como sempre, falou sobre as obras em andamento, as que já terminaram e outras que poderão surgir, senão este ano, mas em 2021, como um ginásio de esportes no Jardim Santo Antonio/Paraíso, com recursos do governo estadual, verba de 900 mil reais conquistada pelo seu fiel amigo e Secretário de Desenvolvimento Regional, Marco Vinholi.

Aliás, o prefeito tem elogiado bastante a atuação de Vinholi e do deputado Izar, dois políticos que sempre mostraram interesse no desenvolvimento da cidade, seguidores dos passos dos pais, em atuações passadas no município.

Percebe-se, dessa forma, que os apoios extras à sua candidatura à reeleição vão prosseguir. Porém, deixa de citar nomes de outros políticos que sempre ajudaram Taquaritinga, caso do deputado Baleia Rossi, atual presidente nacional do MDB.

A respeito da confirmação de sua candidatura à reeleição, o prefeito de Taquaritinga conta com o apoio do PSDB, partido dirigido na cidade pelo superintendente do Saaet, Sérgio Salvagni, duas vezes prefeito, com grandes possibilidades, inclusive, de continuar no cargo, caso o atual prefeito continue administrando Taquaritinga nos próximos quatro anos.

Por outro lado, eleitores aguardam, também, a confirmação nas disputas do ex-prefeito Paulo Delgado. Comentários mais profundos dão conta que Paulinho se desvincula nos próximos dias do cargo que ocupa no governo paulista.

A certeza é uma só, que se este cenário se confirmar o pleito municipal dará o que falar, tendo em vista que Mársico e Delgado são opositores de longa data! E aí, quem tiver mais “bala na agulha” vai “cantar de galo”.