Meliantes praticam roubo de caminhonete Toyota, mas dois deles recebem voz de prisão

Um roubo de uma caminhonete Toyota RAV4, da cidade de Monte Alto, foi informado no plantão policial pelos policiais militares Menezes e Ventura, na madrugada desta segunda-feira (18), cujos autores teriam se utilizado de um veículo VW/Gol, quadrado, sem insulfilme, ostentando placas com tarjeta de Taquaritinga.

Na oportunidade, os PMs se deslocaram pela Rodovia SP-333, chegando ao trevo da Rodovia José Delavechia, seguindo sentido Monte Alto na tentativa de localizar ambos os veículos. Como não foi possível, retornando pela mesma via, trafegando devagar e pelo acostamento quando, repentinamente, avistaram um veículo VW/Gol, com as mesmas características do utilizado no roubo da caminhonete.

Após seguirem o carro por mais de três quilômetros, os PMs conseguiram o seu intento, parar o carro, abordando o motorista, depois de identificá-lo. No banco traseiro, estava um rapaz deitado, também identificado, tratando-se de um adolescente. Após revista pessoal em ambos os elementos, nada de ilícito foi encontrado, mas vistoriando o veículo, localizaram cerca de oito objetos, conhecidos como “enforca gatos”, comumente usados para imobilizar vítimas de roubo, um alicate, uma faca de cozinha pequena, um facão e algumas peças de roupas sujas.

Foto: Divulgação/PM

Ao serem indagados pelos policiais militares, os dois elementos responderam que estavam vindo da serra, área rural de Taquaritinga, negando que haviam estado na cidade de Monte Alto, negando também, sua participação e envolvimento em roubo naquela cidade. Em contato com a Polícia Militar de Monte Alto, e, a seguir com as vítimas, um casal, identificados, e uma senhora, que contaram que se deslocaram com uma caminhonete Toyota RAV4 até a casa de amigos para jantar e, assim que deixaram o local de volta para sua residência, notaram que um veículo VW/Gol de cor escura, tarjeta de Taquaritinga parou na frente da caminhonete, momento em que atravessava a rodovia José Pizarro, forçando as vítimas a permanecerem por algum tempo aguardando, tendo, logo depois, saído do citado veículo, dois rapazes, armados, com revólveres.

Ambos aproximaram-se da caminhonete, um de cada lado, anunciando o assalto, retirando uma das vítimas da caminhonete, e um deles, pegou o volante, deixando o local com as outras duas vítimas, mulheres, sendo que uma delas, assim que a caminhonete saiu em disparada, começou a gritar, pedindo para que as deixassem sair, situação atendida pelos assaltantes, deixando as vítimas a pé, se evadindo com a caminhonete e os pertences delas.

No local onde estavam os outros dois ocupantes do Gol, as vítimas não reconheceram os abordados. Foi solicitado para que verificassem se nas imediações de onde estavam, haviam câmeras de segurança que pudessem ter captado alguma imagem do ocorrido, e depois de alguns contatos via telefone, uma das vítimas recebeu algumas imagens, sendo visualizadas pelos policiais, verificando que no momento em que as vítimas chegavam na casa dos amigos, para o jantar, com a caminhonete, um veículo VW/Gol, idêntico ao abordado, além do que com uma pintura queimada no teto, o mesmo foi constatado no veículo apreendido.

Foto: Divulgação/PM

Informaram ainda os policiais militares que várias diligências foram realizadas, não logrando êxito em localizar a caminhonete roubada, muito menos identificar os outros dois executores. Diante do apurado, os PMs deram voz de prisão ao maior de idade, conduzindo-o, juntamente com o menor adolescente até a Delegacia de Polícia de Taquaritinga, antes disso, passando pela UPA 24h.

Foto: Divulgação/PM

Considerando que o NAIU de Ribeirão Preto não disponibiliza vaga diretamente para a Delegacia, além do que na referida unidade policial não há local adequado para abrigar adolescentes apreendidos, com condições de higiene e salubre, bem como não dispõe de alimentação a ser fornecida, o menor foi liberado ao seu responsável legal, mediante o compromisso de apresentá-lo na promotoria da Infância e Juventude Taquaritinga, assim que for intimado.