Digital: Anvisa tem quatro novos serviços que já podem ser solicitados pela internet

Agência conta com mais de 60 serviços online.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) liberou quatro novos serviços que já podem ser solicitados digitalmente. O acesso é pela área de serviços do portal gov.br, que concentra mais de 60 tipos de atendimentos online da Anvisa. Os novos serviços são destinados a empresas e abrangem a inclusão e a atualização de informações no bulário de produtos para a saúde. Incluem também a autorização para importação e exportação de produtos por remessa expressa.

Os quatro novos serviços da Anvisa no portal são:

  • Inclusão de informações no bulário de produtos para saúde;
  • Atualização de informações no bulário de produtos para saúde
  • Anuência para importação e exportação de produtos por remessa expressa (CNPJ)
  • Anuência para importação e exportação de produtos por remessa expressa (CPF)

 O bulário de produtos traz informações sobre produtos para a saúde regularizados na Anvisa. No geral, esses produtos incluem equipamentos e dispositivos médicos. Por isso, no bulário constam instruções de uso ou manual do usuário, imagens, rótulos e orientações. Com a mudança, a partir de agora a inclusão ou atualização de dados passa a ser totalmente digital. As informações também podem ser pesquisadas pela população em geral.

A remessa expressa é uma encomenda internacional transportada por via aérea, por uma empresa de courier (serviço de entrega rápida), que requer rapidez no traslado e recebimento imediato por parte do destinatário. A importação de bens ou produtos por esse meio pode ser feita desde que siga as exigências previstas na Resolução da Diretoria Colegiada da Anvisa (RDC) 81/2008 e em outras normas determinadas pela autoridade sanitária.

55% dos serviços públicos podem ser feitos pela internet. – Foto: Arquivo/Agência Brasil

Transformação digital

A digitalização desses serviços faz parte da estratégia do Governo Federal de oferecer atendimento digital, rápido e de fácil acesso, ainda mais no momento atual de pandemia de coronavírus, quando há restrição dos deslocamentos de parte da população. Hoje, há 1.906 serviços já totalmente digitais no gov.br, o que representa 55% do total.

Desde janeiro do ano passado, foi priorizada a digitalização dos serviços de forte demanda da população, como o Certificado Internacional de Vacinação ou Profilaxia, fornecidos pela Anvisa. Aproximadamente 730 mil pessoas solicitam esse documento anualmente. A Anvisa destaca que reduzir a necessidade de atendimento presencial é fundamental neste momento de combate à Covid-19.

Com informações do Ministério da Economia