Cervejando – Harmonização cerveja e comida de Páscoa

Por: Monali Bassoli*

A Páscoa é um dos feriados mais tradicionais, que também pede comidas tradicionais. Do lado dos pratos salgados, o bacalhau é a estrela, já do lado dos doces, é o chocolate dos ovos. 

O bacalhau pode ser servido de diversas formas: em salada, ao forno com batatas e pimentão e até como risoto. Como ele é um peixe mais salgado, uma sugestão é servir com cervejas com notas mais cítricas e condimentadas, que vão atenuar o sal do peixe.

Primeiro, uma salada de mix de folhas verdes, como alface e rúcula, com lascas de bacalhau e grão-de-bico. Para acompanhar, uma cerveja do estilo Weiss. Os sabores da cerveja harmonizaram com o bacalhau e o seu leve dulçor da Weiss contrastou com o amargor da salada.

Já o tradicional bacalhau à portuguesa é feito no forno com batatas, tomate e cebola, e regado de muito azeite. Por ser um prato untuoso, uma cerveja com teor alcoólico mais elevado, alta carbonatação e paladar seco vai muito bem para limpar o palato. Um perfil condimentado complementa os sabores do prato como uma cerveja do estilo Belgian Tripel.

E se o bacalhau vier no risoto com alho poró, sirva com uma Summer Ale, uma cerveja com lúpulos marcantes e base maltada, que confere equilíbrio. O amargor é suficiente para combinar com a suntuosidade do prato e as notas de lúpulo também harmoniza com o alho poró.

Para quem não é muito fã de bacalhau, uma alternativa é o salmão com molho de maracujá. O salmão é um peixe com boa textura, que fica ótimo servido com um molho de maracujá cítrico. Sirva com uma cerveja com uma base de maltes presente e intensos aromas cítricos, como uma Saison.

De sobremesa, a colomba pascal, que possui frutas cristalizadas e aroma de baunilha, harmoniza com cervejas que trazem aromas e sabores de maltes remetendo a caramelo, castanhas e chocolate, como Brown Ale.

Mas se a sobremesa ficar por conta dos ovos, a cerveja varia conforme o tipo de chocolate. O chocolate branco, por ser bem doce, combina com uma cerveja mais ácida e que tem adição de frutas vermelhas, como Fruit Lambic. O chocolate ao leite, assim como o branco, é um tanto adocicado, porém traz sabores mais próximos do toffee e de nozes e combina com uma cerveja de perfil torrado, lembrando um bom café, como Porter. Já no caso do chocolate meio amargo, uma cerveja com perfil de torrefação e amargor presente é uma combinação mais interessante, como as Belgian Dark Strong Ales.

Lembrando que meu e-mail monali.bassoli@gmail.com está aberto para sugestões e dúvidas e que esta coluna e todas as outras já publicadas podem ser lidas no meu blog: etudocomida.tumblr.com

*Monali Bassoli, jornalista e sommelière de cerveja – monali.bassoli@gmail.com