Secretaria Municipal de Saúde de Taquaritinga (SP) e a falta de vacinas contra a gripe nos postos

Assim como em mais de 400 cidades do Estado, Taquaritinga também registrou a falta de vacinas contra a gripe – Influenza H1N1 – no início da tarde de segunda-feira, dia 23, nos postos de vacinação do município. A Saúde Estadual disponibilizou um lote de 3 mil vacinas, que, em anos anteriores era suficiente para uma semana de atendimento na cidade.

Em razão da grande procura no primeiro dia, o produto acabou logo. Um novo lote chegou no final da manhã desta terça-feira, dia 24. A ideia era disponibilizá-las à tarde. Mas, para evitar aglomerações, a Secretaria Municipal de Saúde decidiu interromper o fornecimento hoje e retomá-lo amanhã, dia 25, a partir das 7h até as 16h, de forma organizada e sem atropelos. O governo estadual promete fornecer os lotes necessários para os próximos dias.

Foto: Governo do estado de São Paulo.

A boa informação, no entanto, é que nenhum dos grupos prioritários ficará sem vacina. Embora a vacinação destinada aos idosos e funcionários da Saúde seguirá até o dia 15 de abril, espera-se que ainda esta semana a meta de vacinação desse grupo possa ser atingida.

A partir do dia 16 de abril inicia-se a vacinação em doentes crônicos e assim, em tempo oportuno, os demais grupos prioritários. É importante lembrar que o Dia “D” de vacinação está marcado para 9 de maio.

Nos distritos – A vacinação de idosos e funcionários da saúde nos distritos está programada para quinta-feira, dia 26 de março.

Outras informações poderão ser fornecidas na Secretaria Municipal de Saúde, ou pelo telefone 3253.9333.