Turismo: Carnaval deve movimentar R$ 8 bilhões em 2020, prevê setor do Turismo

Valor representa um aumento de R$ 80 milhões em relação ao ano passado.

O mês de fevereiro é marcado pela festa do Carnaval brasileiro. A folia vem aliada à boas perspectivas para o setor do Turismo. Segundo estimativas da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), a festa deve movimentar R$ 8 bilhões na economia do País em 2020. O valor representa um aumento de R$ 80 milhões em relação ao ano passado.

De acordo com Fábio Bentes, economista da CNC e responsável pelo estudo, a recuperação econômica do País e a baixa inflação foram fatores positivos para o dado. “Nos meses que antecedem o Carnaval, a taxa de câmbio teve uma desvalorização de 10% ante o mesmo período de 2019, estimulando, portanto, gastos com turismo no território nacional, em 2020”, comentou.

Entre os estados, Rio de Janeiro, São Paulo e Bahia devem movimentar a maior parte do montante, sendo R$ 2,32 bilhões para o estado fluminense, R$ 1,95 bilhão no paulista e R$ 1,13 bilhão na terra do Axé. Outros locais, como Minas Gerais (R$ 748,9 milhões) e Pernambuco (R$ 457,8 milhões), devem atingir cifras milionárias.

Empregos

A CNC ainda trouxe a expectativa na geração de empregos no País. São esperadas a contratação de 25,4 mil trabalhadores temporários entre janeiro e fevereiro deste ano – 2,8% a mais do que no Carnaval de 2019 (24,7 mil). O setor de alimentação segue despontando, com aproximadamente 18,2 mil vagas oferecidas, gerando sete em cada 10 oportunidades de emprego. O total de vagas ofertadas, também, pode ser o maior dos últimos anos, só perdendo para 2014, ano da realização da Copa do Mundo no Brasil.

Para o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, os números são reflexo do trabalho realizado pelo Governo Federal no desenvolvimento do Brasil. “Esse resultado só comprova que o País está no caminho certo da recuperação econômica, e o turismo tem papel importante nisso. Vamos continuar trabalhando para elevar o Brasil ao merecido patamar, com geração de emprego e renda para a população”, celebrou.

* Com informações do Ministério do Turismo e EBC