Em Matão (SP) homem é preso acusado de manter mulher e filhos trancados

Na cidade de Matão (SP), na manhã de quarta-feira (29), um pedreiro, de 57 anos, foi preso acusado de manter os filhos de 4 e 6 anos, e a esposa, trancados dentro de própria residência com correntes e cadeados. O caso aconteceu em uma casa localizada na Avenida Alfredo Domingues de Morais.

Segundo o boletim de ocorrência, a PM se deslocou até o local através de várias denúncias sobre um caso de cárcere privado, quando chegaram ao local, o portão da casa estava trancado com uma corrente e um cadeado.

Os policiais então fizeram contato com a vítima, uma doméstica, de 27 anos, que tinha um hematoma no olho. Ela disse à polícia que seu marido havia trancado ela e seus dois filhos pequenos dentro de casa e saído para trabalhar. A mulher ainda disse que sofria agressões constantes, pois o companheiro seria muito ciumento e possessivo.

Enquanto os policiais prestavam o atendimento da ocorrência, o pedreiro ligou para a esposa e informou que estava em uma obra no bairro Parque das Laranjeiras, logo em seguida, várias viaturas da PM foram até o local e abordaram o acusado, que negou os fatos, porém, na busca pessoal, foi encontrada a chave do cadeado que trancava o portão.

Foi então dada voz de prisão ao pedreiro que foi encaminhado à Delegacia de Defesa da Mulher da cidade, onde o delegado Adriano Potoscia ratificou a voz de prisão, arbitrando uma fiança no valor de R$ 2 mil.

O valor não foi pago, e o acusado foi indiciado por cárcere privado e sequestro.  O mesmo foi recolhido à Cadeia Pública de Santa Ernestina. A mulher e os filhos foram ouvidos pelo Conselho Tutelar e confirmaram as agressões.