Decreto municipal sobre desapropriação de área de terra pode voltar a estaca zero

Prefeito diz que não quer briga, encrenca e confusão com ninguém.

O prefeito de Taquaritinga, em seu programa semanal, no sábado (2), falando sobre as coisas da Prefeitura, em sua rádio, na Canal Um FM, disse sobre o decreto municipal por ele assinado, de desapropriação de terra, pertencente ao empresário João da Costa Carvalho, projeto que interligaria as avenida João De Jorge e Vicente José Parise, sem a necessidade do contorno no espaço existente ao lado do Terminal Rodoviário.

Porém, ao se referir nesse sentido, o chefe do Executivo taquaritinguense disse que foi questionado pelo empresário a respeito da desapropriação e, em sua fala, deixou claro que “não quero briga, não quero encrenca e muito menos confusão”. “Só quero que as pessoas contribuam com o futuro e desenvolvimento da cidade”, esclareceu.

A preocupação do prefeito em relação à interligação das avenidas, diz respeito ao futuro que o local pode oferecer aos motoristas, já que o AME e a inauguração da Prefeitura na praça 1º de Maio deverão proporcionar um fluxo de veículos muito grande, prejudicando a movimentação no semáforo da rodoviária.

Foto: Gabriel Bagliotti / O Defensor

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."