Maior navio boiadeiro do mundo passa pelo Porto de São Sebastião e segue até a Turquia com quase 20 mil animais

Porto do Litoral Norte paulista é a única alternativa para criadores de gado de São Paulo, Minas Gerais e Mato Grosso do Sul transportarem gado no Sudeste brasileiro.

O maior navio boiadeiro do mundo, o Ocean Shearer, está atracado no Porto de São Sebastião para o carregamento de 8 mil cabeças de gado para engorda. No navio, já estão 13 mil animais vindos do Rio Grande do Sul, e o destino do gado é a Turquia. Com 189m por 33m e disposição para aproximadamente 22.500 animais, o navio tem capacidade total de 33 mil toneladas.

Em toda a região Sudeste do país, o Porto de São Sebastião é a única alternativa para os criadores de gado do Estado de SP, Sul de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul e Norte do Paraná. Atualmente, apenas outros dois portos operam com gado vivo no Brasil: Barcarena, no Pará, e Rio Grande, no Rio Grande do Sul.

No ano passado, o Porto de São Sebastião transportou ao todo 150 mil cabeças de gado. O embarque de animais é realizado em conformidade com as normas estabelecidas pelo Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento – MAPA. Os animais são transportados no modal rodoviário limitada a doze horas, desde o estabelecimento de pré-embarque até o Porto, onde são transferidos diretamente para o interior dos navios especializados no transporte deste tipo de carga. As embarcações para o transporte de animais são aprovadas por vários Órgãos Mundiais, sendo elas utilizadas na Europa, América do Norte e Oceania.

Atualmente, o Porto de São Sebastião é referência no embarque de animais bovinos vivos para exportação. Um mercado em expansão que encontra no Porto excelente estrutura para operações desta natureza.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."