Trapaça: criminosos utilizam dados de taquaritinguense para aplicar golpes

Um homem de 35 anos registrou um Boletim de Ocorrência (BO) após descobrir que pessoas desconhecidas têm utilizado o nome de sua empresa, a qual não movimenta há anos, para cometer fraudes.

De acordo com a vítima, um amigo avisou que seus dados estariam sendo utilizados de maneira ilícita na cidade de Borborema (SP). O taquaritinguense também descobriu que um golpe foi aplicado em Piracicaba (SP).

Os infratores utilizam as informações jurídicas e fazem anúncios pela internet. A vítima apresentou os prints na Delegacia de Polícia do Município.

Ainda de acordo com o BO, no local onde existia o estabelecimento comercial, atualmente funciona um bar.

A polícia investiga o caso.