Desfile cívico atrai grande público para a Avenida Paulo Roberto Scandar

Este foi o primeiro ano em que o desfile foi realizado na Avenida, antes os festejos se concentravam na Rua Prudente de Morais.

Na manhã do último domingo, 19 de agosto, foi realizado pela primeira vez o desfile cívico da festa da cidade na Avenida Paulo Roberto Scandar e não mais na rua Prudente de Moraes, como acontecia nos últimos anos.

O desfile começou por volta das 9h da manhã de domingo e se estendeu até às 14h30. A abertura se deu com o Corpo de Bombeiros; logo atrás, a prefeitura apresentou os veículos recém-adquiridos. Seguiram-se a Banda Municipal Maestro Marin e o Tiro de Guerra; depois as 30 apresentações, entre escolas municipais, estaduais e particulares e diversas instituições.

As escolas estaduais homenagearam o pintor taquaritinguense Washington Maguetas, uma referência mundial no estilo chamado impressionismo. Segundo o pintor “fiquei, realmente, muito emocionado com a homenagem, pois tenho orgulho de ser taquaritinguense e sempre que posso, levo o nome de nossa cidade por onde estão minhas obras”.

A Escola Técnica de Artes Municipal (Etam) Santa Cecília foi mais um destaque, principalmente com a “caixinha de música”, representada por uma estrutura em forma de piano, em tamanho real, sobre o qual rodava uma bailarina, a aluna Letícia Morelli, sob o som, ao vivo, do teclado acoplado ao “piano”, tocado pelo aluno Felipe Siqueira Garcia.

A diversidade dos participantes reflete a efervescência da comunidade taquaritinguense. Estiveram presentes a APAE, as creches, a terceira idade, a comunidade surda – uma bela manifestação de nossa pluralidade cultural.

Os distritos de Guariroba, Jurupema e Vila Negri se fizeram presentes, destacando-se as escolas Elza Maria Martuci (Jurupema) e Maria Milani Bombarda (Vila Negri), que desfilaram juntas, numa pequena banda marcial.

Para o prefeito Vanderlei Mársico “refletimos bastante e decidimos levar o desfile para a avenida, porque há mais espaço para o público e melhores condições aos participantes, é um local plano e, portanto, mais confortável para quem desfila e para quem assiste”.

Já Thiago Duarte, secretário Municipal de Cultura e Turismo asseverou que “no geral, nossa avaliação é que tudo transcorreu de forma satisfatória, tivemos o recorde de público e uma apresentação muito bonita, mas, como foi a primeira vez, aceitamos algumas críticas e sugestões, o que fará com que o desfile do ano que vem seja ainda melhor”.

[Best_Wordpress_Gallery id=”38″ gal_title=”Desfile 126 anos de emancipação politico-administrativa de Taquaritinga”]