Mototaxista é agredida após chamar a atenção de motorista que quase a atropelou no centro da cidade

O motorista começou a persegui-la pelas ruas do centro e, ao estacionar, a motociclista foi agredida por ele.

No início da noite de sexta-feira (17), uma mototaxista, de 22 anos, compareceu na Delegacia de Polícia Civil, após ser agredida por um motorista que conduzia uma van pelas ruas do centro da Cidade.

Segundo as informações do boletim de ocorrência, o fato teria se iniciado no cruzamento da Rua Duque de Caxias, quando o autor cruzou a via e quase causou uma colisão entre o seu veículo e a vítima, que conduzia uma moto. A motociclista disse que precisou acionar a buzina para alertar o motorista e evitar o acidente.

Após isso, o homem, que ainda não foi identificado, ficou extremamente alterado e começou a persegui-la pelas vias públicas. Em determinado momento, a moça necessitou estacionar a moto e, em seguida, foi atingida pelo agressor com socos na região de sua cabeça e de seus braços, que desceu do automóvel e veio em sua direção.

Diante do ocorrido, a vítima registrou o fato para que as medidas necessárias sejam tomadas.

Já na tarde de sábado (18), um homem de 52 anos, compareceu na repartição policial, informando que a mototaxista teria colocado a foto dele em uma rede social, apontando-o como sendo o autor das agressões. Ele negou a acusação, dizendo que trabalha na cidade de Monte Alto (SP) e não estava no Município no dia e hora indicado pela moça, acreditando que ela tenha confundido ele com outra pessoa.

O caso já esta sendo investigado pelas autoridades.