Brasil é o primeiro do mundo a gerar bebê em útero transplantado de doadora morta

Menina paulistana é a primeira criança; resultado do procedimento foi relatado no periódico científico “The Lancet”. O primeiro procedimento de sucesso no mundo é comprovado pela história de uma menina paulistana, com quase 1 ano de idade, gerada por uma mãe que recebeu um útero de uma doadora falecida. Realizado por uma equipe do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo no ano passado, o método ainda é único no planeta e, agora, está sendo oficialmente relatado em um artigo publicado nesta semana no periódico científico médico “The Lancet”….

Leia mais