Cidade Destaques Editorial Geral 

Nossa Palavra: A difícil arte da solidariedade

Os meios modernos trazem vantagens e desvantagens. Não podemos em sã consciência negar os avanços tecnológicos. Há, todavia, a necessidade de se avaliar negativamente algumas questões. A eliminação da solidariedade é uma delas. Com exceção de alguns poucos, muitos se distanciaram do próximo oferecendo carinho e amor. O individualismo é hoje um mal maior na sociedade que convivemos. Não se pensa mais no coletivo, mas no particular e na vaidade própria. Vemos um egoísmo sem fim nas criaturas de Deus – que já parecem estar distantes do seu Criador. Nota-se…

Leia mais
Cidade Destaques Editorial Geral 

Nossa Palavra – Taquaritinga: 126 anos de Emancipação Político-Administrativo

A Cidade Pérola da Araraquarense – uma joia incrustada nas serras de Jaboticabal – festeja na próxima quarta-feira (16) seus 126 anos de emancipação político-administrativa. Romântica e idealista, Taquaritinga viveu sonhos de nobreza quando – de armas em punho – defendeu a permanência da Monarquia no Município por 24 horas (agosto de 1902). Determinada e aguerrida, Taquaritinga se uniu num só coração e construiu o Estádio Municipal Dr. Adail Nunes da Silva (o Taquarão) em 90 dias. Foi um trabalho duro a construção de todo um passado. Ao longo de…

Leia mais
Cidade Destaques Editorial Geral 

Nossa Palavra: Perdoai, eles não sabem o que fazem

Um dos mais significativos trechos do Evangelho do Senhor Jesus é aquele que trata de sua morte na cruz. Antes de expirar, ao lado de dois ladrões também crucificados e diante dos escárnios e deboches dos soldados romanos, Cristo dá o seu último exemplo vivo: o do perdão. “Perdoai-lhes, Pai, eles não sabem o que estão fazendo”. Jesus, que pregou uma vida de amor ao próximo, não se furtava,todavia, em ralhar com os poderosos. Numa etapa de sua vivência ele não titubeou, inclusive, em expulsar com um chicote os vendilhões…

Leia mais
Cidade Destaques Editorial Geral 

Nossa Palavra: Está chegando a hora!

Embora o prefeito Vanderlei tenha tentado dedicar o mês de junho às comemorações do nascimento de Taquaritinga – outrora Ribeirãozinho – que completou 150 anos de berço, a verdade é que a população da cidade ainda reverencia (talvez pela história) a celebração da emancipação político-administrativa do município. Portanto, o grosso das comemorações será mesmo o mês de agosto, que os de fora consideram como mês aziago, mas que para os de Taquaritinga traz sempre um bafejo de sorte e de energia positiva. O evento da administração Mársico/Coelho da Rocha –…

Leia mais
Cidade Destaques Editorial Geral 

Nossa Palavra: Procurando a quinta pata do gato

Essa expressão argentina (“buscarle la quinta pata al gato”) é para quem não aceita a realidade vendo problemas onde não há, negando fatos ou acreditando em conspirações. Nesta cidade, por exemplo, convivemos muito com isso. Vira e mexe “explode” um homem-bomba no face detonado pelas forças conservadoras do clientelismo político. O sobrenome da velha árvore genealógica tem muita força na Cidade. Vale mais do que qualquer conta bancária. Ao falar que fulano é filho de sicrano ou vice-versa está se expondo o bom (e mau) caratismo da pessoa em questão….

Leia mais
Cidade Destaques Editorial Geral 

Nossa Palavra: A imprensa, outra vez

O prefeito de Taquaritinga, Vanderlei José Mársico, uma vez mais voltou a cutucar a imprensa em seu programa radiofônico de sábado passado na emissora de sua propriedade. E de novo o chefe do Executivo não citou nomes daqueles que pretensamente o estão criticando. Ao ser questionado, o chefe do Executivo foi taxativo ao dizer que a imprensa não está cumprindo seu papel, já que deveria ir ao gabinete do prefeito e apresentar soluções. Não era exatamente isso, convenhamos, o que se via nas duas gestões em que o ex-prefeito Paulo…

Leia mais
Destaques Editorial Geral 

Nossa Palavra: Vai, Brasil!

Apesar de a seleção brasileira estar indo razoavelmente bem na Copa do Mundo da Rússia (hoje, às 3 da tarde, nossos jogadores têm difícil compromisso contra a Bélgica pelas quartas de final) não se vê no país, em Taquaritinga particularmente, aquele patriótico entusiasmo que alentou torcedores nas copas de futebol anteriores. Coisas da crise tupiniquim. Afinal, convenhamos, a população está falida (em cidades medianamente em desenvolvimento como a nossa, por exemplo, a renda per capita cresce igual rabo de cavalo: para baixo), grana extra para fazer festa, nem pensar. E…

Leia mais
Cidade Destaques Editorial Geral 

Nossa Palavra: O chupador de cérebros e a fuga de competências que assola nosso torrão

No começo dos anos 70, o desenhista mineiro Henrique de Sousa Filho, o Henfil, criou – entre outros personagens – Tamanduá, o chupador de cérebros, que se alimentava de mentes humanas, chupando-as implacavelmente. “Xuip!”, retratava o então irônico semanário O Pasquim. Distante das bazófias ideológicas, há quase meio século, hoje nos deparamos com problema idêntico, mas tão grande quanto Tamanduá tinha que chupar naquela época: é a exportação de cérebros que nós corrói. O êxodo de competências! Infelizmente, formamos nossos jovens, inclusive em Taquaritinga – onde temos um parque educacional…

Leia mais
Destaques Editorial Geral 

Nossa Palavra: Deu xabu

O último editorial desta folha não se fez de rogado ao propor ao chefe do Executivo metas concretas para a solução dos problemas que a Cidade enfrenta. Para tanto, defendemos uma união das forças vivas em torno dos objetivos, desde que o prefeito municipal abrisse o leque de alternativas para que a população pudesse opinar. Acreditamos, assim, que as dificuldades ficariam minimizadas diante da crise mais grave, que é justamente a falta de dinheiro nas burras municipais. Não deu certo. Infelizmente, Taquaritinga viva uma crise político-partidária sem precedentes, criando-se mesmo…

Leia mais
Destaques Editorial Geral 

Nossa Palavra: Dialogar não é aderir

Na década de 70, o cineasta baiano Glauber Rocha, do chamado Cinema Novo, acreditando na “abertura lenta e gradual” proposta pelo general Golbery do Couto e Silva, durante a ditadura militar do presidente Geisel, lançou a famosa frase “dialogar não é aderir”. Ele acenava com o apoio de artistas e intelectuais, principalmente, para acelerar a distensãopolítica e alcançar de forma rápida as liberdades democráticas no país, sem no entanto aderir ao sistema de governo repressivo, obscuro e autoritário do militarismo. Glauber Rocha (que era um visionário) acabou praticamente enxotado pelos…

Leia mais