Artigo: O interesse público não pode esperar!

*Por Fabrizio Pieroni Trinta anos após a promulgação da Constituição da República Federativa do Brasil, no mais longo período de estabilidade democrática de nossa história, descortina-se uma nova visão de Administração Pública, pautada na consensualidade, na participação dos cidadãos na tomada de decisões administrativas e no aprimoramento do combate à corrupção, sonegação e fraudes. Foi com o advento da Constituição de 1988 que a representação judicial e a extrajudicial, bem como a consultoria jurídica e o assessoramento jurídico da União, Estados Distrito Federal e Municípios sofreram uma guinada institucional com…

Read More