Giro Político

 

Sexta-feira, 17 de maio de 2019

Situação caótica – O vereador Tonhão da Borracharia aproveitou a 11ª sessão ordinária da Câmara de Taquaritinga realizada na noite de segunda-feira (13) para pedir que o prefeito Vanderlei reative a área azul em nosso município, reiterando indicações e requerimentos realizados pela Casa de Leis. Tonhão disse que vem sendo cobrado pelos munícipes para o retorno da área azul em Taquaritinga, pois a situação de trânsito e estacionamento nas ruas principais está caótica, principalmente nas datas comemorativas, nas quais o movimento no comércio aumenta bastante.

Bueiro sem tampa – Na mesma sessão da Câmara, o vereador Gilberto Junqueira solicitou do prefeito Vanderlei para que, através do setor competente, realize a limpeza e instalação de telas protetoras em todos os bueiros do nosso Município para que não haja entupimento dos mesmos. O edil cita como exemplo o trabalho que foi realizado com êxito em um bueiro na Rua José Restani. De acordo com ele, desta forma, evita que os bueiros sejam criadouros do mosquito da dengue. A indicação de Junqueira já foi submetida ao crivo do gabinete da Prefeitura Municipal.

Faça-se a luz! – O vereador Ângelo Bartholomeu (o popular Angelim Barbeiro) também aproveitou para pedir que o prefeito informe à Câmara, em tempo hábil, de quem é a responsabilidade pela troca de lâmpadas e a manutenção da iluminação pública em Taquaritinga. Ocorre que, em muitos bairros da Cidade, há pontos em completa escuridão. Angelim afirma que tem recebido muita reclamação e, em razão disso, ele pediu que haja reparos imediatos e uma vistoria regular por parte da CPFL.

Obra da calçada – Já o vereador e professor Caio Porto enviou ofício ao chefe do Executivo para que informe a Casa de Leis, em tempo hábil, sobre quando será realizada a obra da calçada na Rua Dr. José Miguel João. É que o prefeito Vanderlei foi até o local e prometeu para os comerciantes e moradores daquela região a realização da obra, que até o presente momento não foi concretizada. Ele está exigindo imediatas providências por parte do poder municipal constituído.

Cronograma de execução – Por outro lado, o vereador Juninho Previdelli está cobrando do prefeito Vanderlei Mársico para que ele informe o cumprimento das Emendas Impositivas ao Orçamento Municipal, de autoria dos vereadores, nos exercícios de 2017 e 2018, e também o cronograma da execução das referidas emendas no presente exercício.

Voo ao exterior – Uma vez mais, na sessão da Câmara, o vice-prefeito de Taquaritinga, empresário Luiz Fernando Coelho da Rocha, entrou com pedido de licença, no período de 2 a 26 de junho, por motivo de viagem ao exterior. Não é a primeira vez que Luiz Fernando pede licença para viajar. Agora será elaborado o projeto de Decreto Legislativo e será colocado em votação na próxima sessão legislativa, que está marcada para segunda-feira (dia 20). Com certeza, os vereadores aprovarão o pedido de licença do vice-prefeito, sem maiores discussões.

A CPI do Museu – Também foi formada a comissão que conduzirá a CPI do Museu: Marcos Bonilla (presidente), Juninho Previdelli (vice) e Genésio Valênsio (relator). A CPI buscará, entre outras respostas, o paradeiro do acervo do Museu Histórico Municipal José Martins Sanches Filho. Cabe agora ao vereador Bonilla a condução das investigações.

___________

Sexta-feira, 10 de maio de 2019

Está intransitável – O vereador Valcir Zacarias (líder católico e representante da comunidade cecapiana) entrou com requerimento na Câmara de Taquaritinga pedindo para que o prefeito Vanderlei Mársico, por meio do setor competente, realize operação tapa-buracos na Rua Siqueira Campos, nas proximidades da EMEB (Escola Municipal de Educação Básica) Profª. Reneé LutaifDoci, pois a via está intransitável naquela localidade.

Moção de Aplauso – Uma moção de aplauso à investigadora da Polícia Civil Normandia Lucera Elia Guimarães, por ter se destacado pela vocação do bem e pelo esforço, desenvolvendo há muitos anos serviços em prol da segurança de nosso Município, missão extremamente árdua e gratificante. A moção foi subscrita por todos os vereadores. A propositura foi endereçada pelo sempre presente vereador Tenente Lourençano.

Faça-se a luz! – O vereador Juninho Previdelli pede para que o prefeito, por meio do setor competente, realize, de forma urgente, a manutenção da iluminação na Praça Ardígio Previdelli, no Jardim Buscardi, reiterando indicação do vereador Tonhão da Borracharia, pois ela se encontra em total escuridão durante a noite, o que está levando muita preocupação e insegurança total aos moradores do entorno.

Focos de dengue – Já o vereador Gilberto Junqueira pede que a Prefeitura realize operação tapa-buracos em todas as vias do nosso Município, pois o edil está muito preocupado com a saúde dos munícipes, e os buracos nas vias são focos de dengue. Ademais, há a necessidade também de maior fiscalização para a limpeza de terrenos, notificando todos os proprietários. Além do Poder Público fazer sua parte com a limpeza de seus próprios terrenos, pede-se também maior divulgação dos fatos.

Sem iluminação – Valcir Zacarias solicitou do prefeito para que tome as devidas providências na praça localizada no Conjunto Habitacional Manoel Lopes Moreno, que se encontra sem iluminação (neste local são realizados trabalhos de evangelização); para que seja realizada operação tapa-buracos nas ruas em que o serviço for necessário; para que sejam tomadas as providências para iluminação do campinho de areia, uma vez que a estrutura se encontra caída no solo. A reclamação é dos moradores.

Galhos secos – Já o vereador Juninho Previdelli solicita do prefeito para que, por meio do setor competente, realize a poda de árvores na Praça da Bíblia, pois existem inúmeros galhos secos que se encontram em uma altura que traz perigo às pessoas que ficam aguardando transporte na localidade. Ademais, há pessoas idosas que se encontram naquele local e, também, devido estar próxima a uma escola, há muitos estudantes que frequentam referida praça. Com a medida, espera evitar futuros acidentes.

Ainda a Stéfani – O vereador Wadinho Peretti pediu para que o prefeito Vanderlei Mársico preste os seguintes esclarecimentos à Câmara Municipal: valor total pago pela aquisição do imóvel que foi pertencente à Stéfani Comercial e forma de pagamento; imobiliárias que participaram das avaliações e número do CRECI; além do valor pago pela prestação do serviço de corretagem. O vereador Rodrigo de Pietro espera a sua vez.
Situação precária – O vereador Ângelo Bartholomeu (o popular Angelim Barbeiro) pede para que o chefe do Executivo informe à Câmara, em tempo hábil, se há previsão da reforma e manutenção da Praça Dr. José Furiatti. Angelim comenta que há diversas indicações na Casa de Leis solicitando a reforma da referida praça, pois ela se encontra em situação precária. Até hoje o Poder Executivo não tomou providências.

_______________

Sexta-feira, 3 de maio de 2019

Passando a limpo – O vereador Juninho Previdelli está fazendo um trabalho de apuração de denúncias, desde que assumiu, do governo anterior de Fúlvio Zuppani, Principalmente sobre vendas de jazigos no cemitério de Taquaritinga. Previdelli promete muitas surpresas no desenrolar dos fatos. Ou melhor, das denúncias sobre a necrópole.
Levando bronze – Absurdo dos absurdos os furtos que vêm ocorrendo no cemitério de Taquaritinga. Ladrões estão levando peças de metais (vasos) e argolas de bronze dos túmulos. Isso fora o vandalismo que praticam, não respeitando mesmo as famílias do falecido. Nossos entes queridos devem estar rolando nas tumbas sob tamanha e estúpida decepção.

Folga no mês – Depois de uma semana de folga (na segunda-feira – dia 29 – não teve reunião), os vereadores voltam a se reunir em sessão ordinária no dia 6 de maio (uma segunda-feira), apreciando projetos de Lei, requerimentos e indicações. O ponto alto da reunião continua sendo o tradicional pinga-fogo, quando o vereador ocupa a tribuna livre para denunciar algum fato polêmico na Cidade. Muito bate-boca entre todos.

Vai dar zebra – Políticos experientes confidenciam nos corredores do Paço Municipal que a situação da Prefeitura será mais complicada assim que começarem a aparecer, ao lado dos da Colombo, os precatórios da Stéfani S/A, que o prefeito Vanderlei adquiriu logo no início de seu mandato. Enquanto isso, servidores públicos estão na fila há mais de uma década, sem um tostão no bolso, no aguardo de seu precatório para matar a fome.

Quase lembranças – No Dia do Trabalhador (1º de Maio) duas coisas que deixaram saudades em Taquaritinga: a Corrida de Carrinhos de Rolemã na Prudente de Morais, promovida pelo folhetim risonho-sarcástico “Incitatus”, do jornalista irresponsável Luiz Mirabelli, e o concurso Enxada de Ouro, destinado a premiar os trabalhadores (?), apresentado por Quinho Bagliotti, Edevídio Bussadore e o Zé Inocêncio.
Vento em popa – Pelo menos uma visita do prefeito Vanderlei a Brasília (DF) surtiu efeito. Foi a que ele esteve com o deputado Ricardo Izar no Ministério das Cidades para liberar recursos do Cine São Pedro e da Praça da Juventude. Agora, com as verbas, o chefe do Executivo cria expectativas para que ambas as obras acabem logo, principalmente a Praça da Juventude (no CAIC) que ficou quatro meses paralisada.

Os mercenários – O prefeito municipal não se faz de rogado e é curto e grosso: “esses advogados da antiga Colombo são mercenários, estão sangrando Taquaritinga por causa de uma dívida inconsequente”. O município já pagou R$ 15 milhões e ainda deve R$ 8 milhões em um prédio que não vale R$ 5 milhões, ironizou prefeito Vanderlei Mársico. Se for reformado, o prédio custará os olhos da cara. Vamos aguardar.

Vai implodir – Mársico confirmou sábado para o jornalista Édson Cândido: vai mesmo implodir o esqueleto do Shopping Salvagni, no Jardim Laranjeiras. Para tanto, foi aberta uma licitação para contratar empresa especializada na demolição. A população apóia, já que ninguém aguenta mais tanta besteira (será que é o famoso festival de besteiras que assola o país – FEBEAPÁ?). “Aquela região será revitalizada”, comenta alcaide.

Más – línguas – Após a surpresa bombástica da sucursal da Baldan (de Matão para Taquaritinga), agora quem caiu na boca do povo foi a Metalúrgica Carron. Juram de pés juntos que a empresa vai deixar a cidade. Diretores administrativos, entretanto, já confirmaram que o boato não procede, é mais um fake lançado pela rede no mar de intrigas.

Só orações – Muita gente na Matriz São Sebastião no último sábado (27) na celebração que antecedeu a festa da Divina Misericórdia (no domingo, 28). Presença marcante da Comunidade Terapêutica Feminina “Jesus em Damasco”, uma obra da Associação ‘Jesus Fonte de Água Viva’. As “meninas” emocionaram os fieis com seus depoimentos e interpretações, como na canção: “ nova esperança, o que era velho passou”.

Comes e bebes – O Círculo dos Operários Cristãos de Taquaritinga, localizado na Rua Marechal Deodoro, ao lado da antiga sede do Clube Imperial, uma vez mais reuniu seus associados para a confraternização tradicional do Dia do Trabalho. O evento, como sempre acontece, foi prestigiado pelo chefe do Executivo e suas lideranças políticas na Câmara Municipal. Foi um momento de união deveras salutar e alegre para todos.

____________

Sexta-feira, 26 de abril de 2019

Reiterando – O vereador Antônio Vidal (o popular Tonhão da Borracharia) aproveitou a 9ª sessão ordinária da Câmara de Taquaritinga, realizada na noite de segunda-feira (22) para fazer uma indicação a fim de que a Municipalidade, por meio do setor competente, instale uma lombada na Avenida Celso Ferreira de Camargo, na altura do número 510 (em frente à APAE – Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais), em ambos os sentidos. O pedido reitera indicação 046/2018, do vereador Juninho Previdelli, que ainda não foi atendida pelo prefeito.

Coisa feia – Moradores do Jardim Contendas, nas imediações da Praça Dr. Francisco Arêa Leão, no início da Avenida Washington Luís (a avenida que vai para a Vila São Sebastião), estão reclamando do estado de abandono em que está a popular guarita (ponto de ônibus circular centro-bairro). O mato no local está muito alto e o acúmulo de lixo já vem se tornando freqüente na parte de trás do ponto, já que moradores de rua e andarilhos costumam pernoitar nos bancos da guarita. Uma passadinha de viatura da PM vez por outra diminuiria o problema.

Insegurança – Já o vereador Valcir Zacarias pediu ao prefeito, por meio do setor competente, que determine, em parceria com a CPFL – Companhia Paulista de Força e Luz – a colocação de um braço de luz na Rua Joaquim Ferreira Campanhã, próximo ao número 507, no Jardim São Sebastião. Conforme o edil, o pedido se faz necessário uma vez que o local vem trazendo total insegurança aos munícipes no horário noturno. Zacarias vem se preocupando por demais da conta com os constantes furtos e roubos que estão ocorrendo em nossa querida Taquaritinga.
Situação ruim – Outra solicitação de Valcir Zacarias no Legislativo é para que o chefe do Executivo determine a reforma do muro da EMEB (Escola Municipal de Educação Básica) “Professora Jerssey de Paula Ferreira Ramalho”, localizada na Rua Alzira Ferraz Veríssimo, na Vila Sargi. O pedido de Zacarias reitera a indicação 20/2017, do vereador e professor Caio Porto, que ainda não foi atendida pelo alcaide. Atualmente, a situação precária do muro da escola vem causando insegurança a alunos e funcionários do referido estabelecimento escolar.

Sem opções – O vereador e líder evangélico Gilberto Junqueira (que já foi líder de Mársico na Câmara de Vereadores) agora está solicitando do prefeito municipal que, por meio do setor competente da Prefeitura, determine a instalação de uma academia ao ar livre no Jardim Ignez. Diz o edil que a população do referido bairro está sem opções para fazer suas atividades físicas naquela região do Município. Junqueira, para tanto, pede imediata providência por parte do Poder Executivo quanto ao tão reclamado problema. Estamos aguardando instalação.

Fim de semana – Por outro lado, o vereador e tenente Lourençano está pedindo para que o prefeito Vanderlei, por meio do setor competente, mande realizar reparos para melhoria na instalação elétrica dos postes da Praça Dr. Waldemar D’Ambrósio (antiga Centenário), reiterando indicações do ano de 2018 no mesmo sentido. De acordo com Lourençano, há necessidade da reparação de iluminação principalmente no local onde é montado o playground nos fins de semana. O vereador pede urgentes providências por parte da Prefeitura.

Diocese – O ex-presidente da Câmara de Taquaritinga, vereador Rodrigo de Pietro, está solicitando do prefeito Vanderlei Mársico, considerando que a Praça Horácio Ramalho (antiga 9 de Julho) está dentro da área foreira, para que envie o ato de transmissão ou documentos equivalentes, entre a Prefeitura Municipal e a Diocese de Nossa Senhora do Carmo, de Jaboticabal. Até o fechamento desta edição, o chefe do Executivo taquaritinguense ainda não tinha se manifestado a respeito do requerimento enviado pelo vereador Rodrigo de Pietro.

Moção – Os vereadores José Roberto (Beto) Girotto, presidente da Câmara de Taquaritinga, e Genésio Valênsio entregaram na sessão ordinária de segunda-feira (22), Moção de Aplauso ao ex-funcionário da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer Carlos Henrique Abud Bussadori, o popular “Cacá”, pelos relevantes serviços prestados na referida secretaria. Familiares e amigosdo prestigiado ex-funcionário prestigiaram a cerimônia de entrega e fizeram questão do fato ser registrado em foto todos juntos e misturados. Nossos cumprimentos ao “Cacá” Bussadori.

Mais uma – Durante a sessão ordinária de segunda-feira (22) da Câmara de Taquaritinga o vereador Marcos Marona (o popular Bonilla) apresentou Moção de Aplauso à professora Lívia Moreira da Silva, pelo empreendimento de sucesso na área de Educação, com a criação da empresa “Entrelinhas” Oficina da Escrita. A moção foi subscrita por todos os vereadores presentes e deverá em breve ser entregue a homenageada. A moção de aplauso é destinada a honrar pessoas e entidades que se destacaram nos mais diversos ramos profissionais.

Outra – O vereador Antônio Vidal (o popular Tonhão da Borracharia) também apresentou Moção de Aplauso. Desta vez endereçada ao senhor Aparecido Valter Bordinázzio, pelos relevantes serviços sociais prestados ao longo de 37 anos junto à comunidade católica de Santa Luzia, em nossa Cidade. Aparecido nunca mediu esforços no que concerne a sua comunidade, sempre com muita fé e devoção a sua protetora, Santa Luzia. A moção de aplauso foi subscrita por todos os vereadores presentes à sessão ordinária da Câmara Municipal. Parabéns!

_____________

Sexta-feira, 19 de abril de 2019

Tem que por nome – O vereador Marcos Marona (o popular Bonilla) fez uma indicação deveras importante. Ele solicita que em todos documentos, receituários e placas de identificação da UPA 24 Horas “Wilson Roberto Alves Rodrigues” sejam identificados com o nome da unidade, já que o nome do homenageado foi aprovado por lei na Câmara de Vereadores. Já passou da hora disto acontecer. Lamentável foi à tentativa de se esconder o nome de Wilson Rodrigues na UPA, até o foto do homenageado uma antiga secretária da Saúde deu conta de tirar da parede.

Mais uma lombada – Já o vereador Genésio Valênsio, seguindo a corrente, pede uma lombada na Rua Francisco Cantuário, próximo à farmácia, no Jardim Maria Luiza. Ele solicita ainda a sinalização terrestre nesta rua, já que há embarque e desembarque de alunos. Atualmente sem lombada e sinalização adequada há perigo de acidentes, comenta o vereador local.

Câmara desfalcada –Na 8ª sessão ordinária da Câmara de Taquaritinga, realizada na noite de segunda-feira (15), duas ausências foram notadas: do polêmico vereador Juninho Previdelli e até do próprio presidente do Legislativo, José Roberto (Beto) Girotto, que necessitou fazer exames de saúde. A presidência da Casa foi ocupada pelo vereador Denis Machado.

Reforma em marcha – O professor e vereador Caio Porto, que vem sendo crucificado por seus pares, devido a suas declarações destrambelhadas, instou secretário de Esportes e Lazer, vereador licenciado Mirão Basso, a informar quando as praças de esportes, quadras e campos de areia vão ser reformados. Essa é uma solicitação premente e urgente da população.

Cadê o policiamento? –O vereador tenente Lourençano quer que o prefeito responda por que ainda não foram liberados os valores alocados, por meio de emenda positiva, para a atividade delegada destinada a aumentar o policiamento nos distritos de Guariroba, Jurupema e Vila Negri. Em sessões itinerantes, constatou-se que segurança é prioridade.

Infraestrutura necessária – Genésio Valênsio, vereador que exerce sua primeira legislatura, enviou ofício ao deputado federal Celso Russomano, com a finalidade de solicitar ao parlamentar o valor de R$ 500 mil para ser destinado à infraestrutura em Taquaritinga, como reformas de praças, recapeamento asfáltico e melhora da malha viária urbana do Município.

Cargos de origem – O vereador Antônio Vidal (o popular Tonhão da Borracharia) enviou requerimento ao prefeito Vanderlei, para que ele informe quantos funcionários voltaram aos cargos de origem nas funções de encanador, pedreiro e eletricista. Até o fechamento desta coluna, o chefe do Executivo ainda não tinha respondido ao requerimento dele.

Por que não se aplica? – Já o vereador Ângelo Bartholomeu (o popular Angelim Barbeiro) quer saber do prefeito por que não está sendo aplicado o dispositivo contido no Código de Normas e Posturas do Município, que determina capinação de terrenos ou então realização do serviço por parte da Prefeitura e posterior cobrança dos serviços.

Por que não se aplica? (2) – Angelim foi mais além e citou um dos exemplos concretos para os demais vereadores, que foi justamente do terreno localizado na Rua José Garibalde Maio, no Portal Itamaracá, em frente a uma academia de ginástica. No caso em questão, o mato invadiu a calçada, obrigando pedestres a andarem na rua. Proprietário multado.

____________________

Sexta-feira, 12 de abril de 2019

Ruas intransitáveis – O vereador Ângelo Bartholomeu (o popular Angelim Barbeiro) está preocupado. É que algumas ruas do Tennis Park estão intransitáveis e os moradores daquele bairro tem procurado o edil para reclamar. Angelim pede ao prefeito, por meio do setor competente, para que realize a operação tapa-buracos no local. Ele disse que o vereador Genésio Aparecido Valênsio já fez uma indicação a respeito e Angelim está apenas reiterando. Os populares pedem providências urgentes.

Buracos a mão cheia – A Operação Tapa-Buracos é pedida pelo vereador Juninho Previdelli na Rua Rodolpho Silvestre, no Jardim Santo Antônio. De acordo com o vereador, há muitas pedras soltas provenientes dos buracos dessa rua, ocasionando até acidentes, como já aconteceu com duas crianças recentemente. Previdelli solicita que o chefe do Executivo determine a operação tapa-buracos e “há urgência nesta solicitação”, diz.

Tonhão pede abertura – O vereador Antônio Vidal (o popular Tonhão da Borracharia) está reivindicando duas aberturas no canteiro central da Avenida Dr. Paulo Zuppani, no Jardim Europa, para os motoristas fazerem retorno, pois há reclamações de que atualmente há a necessidade de deslocamento muito grande até chegar à rotatória para mudar de via. Uma das aberturas é na frente da academia ao ar livre e a outra é ao lado do clube do SAAET. Hoje, os motoristas estão subindo no canteiro nestes locais para fazer o retorno, salienta o vereador Tonhão da Borracharia.

Sem lixeiras – Já o vereador Valcir Zacarias está pedindo ao prefeito, por meio do setor competente, que determine a instalação de lixeiras ao longo da Rua Prudente de Morais. Atualmente, sem nenhuma lixeira ao longo dessa rua, as pessoas precisam ficar segurando por longo tempo seus papéis e embalagens, ou até jogando no chão por falta de opção. Zacarias diz que tal indicação visa a melhorar o sistema de limpeza e higiene da principal e mais movimentada rua de Taquaritinga, evitando que o lixo seja jogado no chão, ocasionando acúmulo em locais indevidos.

Falta de segurança – Por outro lado, o vereador e professor Caio Porto está solicitando para que o prefeito informe a Casa de Leis, em tempo hábil, quando será solucionado o problema de falta de segurança do Terminal Rodoviário de Taquaritinga? Há previsão de quando esse problema será solucionado?, pergunta o edil. Nesse local, há muita movimentação de pessoas e a falta de segurança adequada está causando medo nos freqüentadores do local. Porto diz que se for caso para a Polícia Militar (PM) solucionar, requer que seja através do Executivo.

Cadê a sinalização? – Pelo menos três vereadores abordaram o tema sinalização de trânsito na sessão de segunda-feira (8). Valcir Zacarias, Wadinho Peretti e Genésio Valênsio. A maior reivindicação é a sinalização de solo, que está bastante deficitária no Município. Zacarias, por exemplo, pede sinalização de solo em toda extensão da Praça Nelson Parise, na Vila Romana. Atualmente a sinalização de trânsito nesse local se encontra apagada, causando grande perigo aos motoristas.

Cadê a sinalização? (2) – Também o vereador Wadinho Peretti reivindica do prefeito, por meio do setor competente, que realize a adequada sinalização de trânsito na rotatória entre as avenidas Celso Ferreira de Camargo, Emílio Calil e Dr. Paulo Zuppani. Já Genésio Valênsio pede que seja realizada de forma urgente a sinalização de solo em toda extensão da Escola Prof. Aníbal do Prado e Silva. Atualmente, não existe sinalização de trânsito no local, causando grande perigo aos alunos da escola.

 

_______________________

Sexta-feira, 5 de abril de 2019

Pisando em ovos – Na quarta-feira (3) completou-se os dez dias que a Justiça deu para que o prefeito Vanderlei cumprisse a determinação para que todos (e são cerca de 400 servidores) voltassem aos seus cargos de origem. O desvio de funções é caracterizado como crime e o chefe do Executivo pode pagar os olhos da cara se não atender plenamente a ordem judicial. Com isso, logo nesta primeira semana, já deu para sentir que a situação é melindrosa e pode se tornar insustentável. O primeiro setor a ser afetado foi o da coleta de galhos, pois conforme a gestão do Município faltam motoristas para trabalhar na função. Então, como o transporte de alunos e da merenda são prioritários, optou-se em podar (sem segundo sentido) a coleta que será seriamente afetado nestes dias.

Caos nas creches – Também nas creches e escolas da Cidade já na quarta-feira (3) mães de alunos reclamavam do péssimo atendimento nos estabelecimentos. Em alguns locais faltavam inclusive auxiliares de limpeza e berçaristas, embora a boa vontade da secretária municipal de Educação, professora Neide Ramos Salvagni, tratou de contornar a situação nas primeiras horas da manhã. Servidoras do ensino foram convocadas para as creches e escolas, sendo encaminhadas para suas verdadeiras funções. As dificuldades devem aumentar a partir da semana que vem, mas não era para ser assim. A Municipalidade teve 180 dias de prazo para ajustar os “desviados”. Por conta de cutucar a onça com vara curta, agora a Prefeitura teve somente dez dias concedidos pela Justiça. Não sabemos o que tudo isso vai virar. Por isso é melhor aguardar!

Dando corda – Não se sabe aonde o vereador Juninho Previdelli quer chegar nessa pressão que está fazendo contra seu colega de Edilidade, professor Caio Porto. Porto se livrou esta semana da metralhadora giratória de Previdelli, já que não teve sessão da Câmara na segunda-feira (1º). A próxima reunião dos vereadores está marcada para o dia 8 de abril. Nela, Previdelli deve continuar insistindo em saber por que o prefeito Fúlvio Zuppani, na época, exonerou (ou não?) o professor e vereador Caio Porto da Secretaria Municipal de Educação. Porto ficou apenas um mês nessa função, mas não se justificou. Nem mesmo o ex-prefeito veio a público para explicar a exoneração e a saída ficou envolta em mistérios e fuxicos. Cada vez, aliás, que Porto tenta explicar, se envolve ainda mais na teia de aranha. Muitas vezes é melhor se calar.

Carregando pedras – O ex-presidente da Câmara, vereador Rodrigo de Pietro, deixou o Legislativo mais tranquilo na última sessão ordinária (25). Ele não estava em Taquaritinga. É que a esposa de Rodrigo está fazendo um curso e ele foi acompanhá-la. Só retorna na segunda-feira que vem (8). Mas enquanto descansa, de Pietro carrega pedras e já promete que na próxima semana levantará a questão da taxa de sinistro do Corpo de Bombeiros no Município. Ele também deve falar sobre os desvios de função na Prefeitura que, a partir da semana que vem, deve pegar fogo entre forças populares da Cidade. Vamos aguardar uma posição mais sólida da diretoria do Sindicato dos Servidores Municipais, que até agora não tem se empenhado a contento. Polêmica à vista.

Pateta, eu? – O vereador Antônio Vidal (o popular Tonhão da Borracharia) não gostou nem um pouco de saber que ele é um dos Três Patetas sempre citados pelo prefeito Vanderlei em seus programas radiofônicos. Os outros dois seriam os edis Rodrigo de Pietro e o professor Caio Porto. Tonhão tem procurado seguir a linha de conduta do vereador Ângelo Bartholomeu (o popular Angelim Barbeiro), mas às vezes vai mais além, entrando em polêmicas, pois ao contrário de Angelim, ele ambiciona a presidência da Câmara. Ao ser incluso nos personagens Três Patetas pelo chefe do Executivo, Tonhão diz que não dá o braço a torcer e reafirma de maneira categórica que é “um vereador independente e pensa por sua própria cabeça”. Sobraram farpas para muita gente na afirmação do nobre vereador à Câmara de Taquaritinga.

Ralando e rolando – Prossegue a discussão entre o vereador Marcos Marona (o popular Bonilla) e o diretor de trânsito (Comutran), engenheiro Jeter Pedrassoli, a respeito das rotatórias existentes entre as avenidas Elvira de Lucca e Adamo Lui. Bonilla pretende que se coloque placas de “Pare” em todas elas. Pedrassoli e o vereador Gilberto Junqueira acham que não, mas Bonilla não arreda pé das placas. Já os vereadores Eduardo Moutinho e Wadinho Peretti defendem a instalação de um semáforo no local para solucionar o problema, no que a maioria concorda. Vamos aguardar as providências tomadas pela Comissão Municipal de Trânsito (Comutran) e as posições do vereador Bonilla, que é o líder do prefeito Vanderlei Mársico na Câmara local, enquanto o semáforo não chega.

______________________

Sexta-feira, 29 de março de 2019

Quem é culpado pelo estrago? – O vereador Genésio Valênsio aproveitou a sessão da Câmara de Taquaritinga de segunda-feira (25) para requerer o envio de pedido de informação ao prefeito que informe à Câmara a quem pertence o prédio localizado na Rua Santo Antônio, ao lado da UBS (Unidade Básica de Saúde “Anur Felipe Gabriel”, no Distrito de Jurupema, onde está ocorrendo vazamento de água. Este “O Defensor” já alertou as autoridades municipais sobre o problema, mas até quando fechávamos esta edição a situação estava a mesma em nosso distrito.

Contra o projeto da Previdência – A ex-vereadora Miriam Pônzio (PT) queria usar a Tribuna Livre na sessão legislativa do dia 18 (uma segunda-feira), mas foi orientada por Fábio Camargo (o popular Fabinho) de que precisaria se inscrever antes de falar. Neste dia 25, a petista fez o seu pronunciamento contra o projeto de reforma da Previdência apresentado à Câmara Federal pelo governo do presidente Bolsonaro. Pônzio sugeriu a realização de audiência pública, no Legislativo de Taquaritinga, para discutir os prós e contras da proposta mostrada.

Cidade socorrendo Brumadinho – O vereador Valcir Zacarias entregou Moção de Aplauso à enfermeira Lisiane Cristina Branco, que participou do Grau (Grupo de Resgate e Atenção às Urgências e Emergências do Estado de São Paulo), em conjunto com a Secretaria de Segurança Pública, representada pelo Corpo de Bombeiros, que agregou esforços e recursos deslocando profissionais para a cidade de Brumadinho (MG), devido ao desastre ambiental que devastou a cidade no dia 25/01/2019. Lisiane, enfermeira do Grupo de Resgate, foi escalada para participar da Missão Brumadinho, devido ao seu alto grau de excelência e competência. Também o vereador Marcos Marona (o popular Bonilla) entregou Moção de Aplauso à técnica de enfermagem Márcia Regina de Oliveira Simão, que se aposentou recentemente, pelos relevantes prestados à população.

Não convidem para dormir – Os vereadores Juninho Previdelli e professor Caio Porto não podem ficar pertos que sentem comichão na garganta. Todas as sessões da Câmara ambos entram em atrito cada vez com uma polêmica diferente. Cada vez mais irrequieto, Previdelli sempre busca sarna para se coçar em briguinhas com os colegas vereadores. É extremamente polêmico. Já Porto fala o que lhe dá na cabeça e também não tem palpos na língua. Os demais edis até que buscam pacificar os ânimos, que foi o que aconteceu com o vereador Marcos Bonilla contra o diretor de Trânsito, Jeter Pedrassoli, mas está difícil. O jogo de interesse e de vaidade fala mais alto quando não interessa por a mão no fogo.

Escolas pedem roçagem de mato alto – Escolas de Taquaritinga estão pedindo roçagem urgente. A EMEB (Escola Municipal de Educação Básica) Professora Emília Menon Nunes da Silva, no Bairro Manoel Lopes Moreno, por exemplo, disse que o serviço é necessário, pois o mato naquele local está muito alto. Outra escola na mesma situação (que não pode ser abandonada sem mais nem menos) é a Professora Jerssey de Paula Ramalho. Com o aparecimento do mato alto, a proliferação de animais peçonhentos torna-se maior, oferecendo sérios riscos e graves acidentes com as crianças em idade escolar que gostam de pular e brincar. Cautela e canja de galinha não fazem mal para ninguém, dizem.

Estrada da Itagaçaba em situação precária – O vereador Genésio Valênsio está pedindo para que o prefeito Vanderlei Mársico, por meio do setor competente, realize a recuperação da estrada municipal que liga Jurupema à Itagaçaba, reiterando indicação realizada pelo vereador Tenente Lourençano, em 12 de novembro de 2018. De acordo com Valênsio, “ademais, após o período de chuvas, neste ano, essa estrada se encontra em situação precária, necessitando urgentemente de recuperação. Já o vereador Valcir Zacarias solicita a limpeza das vielas no Núcleo Residencial Ipiranga (Bairro Talavasso), pois as mesmas se encontram intransitáveis e necessitam de limpeza urgente.

_________________

Sexta-feira, 22 de março de 2019

Abre-alas – Depois que o trio elétrico Batatão e o cordão Jardineira da Tarde fizeram estrondoso sucesso, ficando como marca registrada do Carnaval Popular e Democrático de Taquaritinga os vereadores Marcos Marona (o popular Bonilla), líder do prefeito no Legislativo, Beto Girotto, atual presidente da Casa de Leis, além de Cido Bolivar, aproveitaram a quinta sessão ordinária da Câmara de Taquaritinga, realizada na noite de segunda-feira (18), para apresentar projeto que dispõe sobre a classificação do trio elétrico Batatão e da Jardineira da Tarde como Patrimônio Cultural Imaterial do Município. Tal projeto, depois de algumas discussões, foi aprovado pela unanimidade dos vereadores.

Para cachorro – Nesta reunião de segunda-feira, o plenário ficou lotado de voluntários (as) da Associação Protetora dos Animais Anjos de Rua, que realiza um trabalho exemplar junto a cães e gatos abandonados em Taquaritinga. É que o vereador Genésio Valensio, conhecido por suas posições conservadoras na Câmara, entrou com projeto de lei, desta feita em benefício dos animais de rua, para que a entidade fosse declarada de utilidade pública municipal. Alguns edis também emitiram opiniões, a exemplo de Wadinho Peretti (que é médico-veterinário) e Dennis Machado, mas ao final dos trabalhos, o projeto também foi aprovado pela unanimidade dos vereadores presentes. O público aplaudiu a iniciativa.

É imoral? – Uma vez mais o presidente da Casa, vereador Beto Girotto, colocou nas matérias da ordem do dia um projeto de emenda à Lei Orgânica do Município de Taquaritinga, enviado pelo Poder Executivo, especificando sobre afastamento para representação sindical. Depois de alguns quiproquós acerca da moralidade e ilegalidade do tema (alguns edis, a exemplo de Beto Girotto e Wadinho Peretti, justificaram que o projeto era legal, mas imoral) ele foi aprovado por unanimidade, mas a emenda modificativa foi rejeitada. Foram cinco votos contra, sete favoráveis e duas abstenções. Eram necessários dez votos a favor da emenda. Não deu, entretanto, para que a modificação fosse aprovada.

Afã sindical – O ex-presidente da Câmara de Taquaritinga, vereador Rodrigo de Pietro, foi taxativo na sessão legislativa de segunda-feira (18), quando enviou ofício ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Taquaritinga. Ele não abriu mão da entidade enviar à Câmara Municipal informações referentes à data base e demais reivindicações coletivas dos servidores públicos locais. De Pietro também quer saber sobre a reposição salarial, aumento salarial, jornada de trabalho e Cartão Alimentação. Para que o sindicato informe ainda se a diretoria realizou alguma assembleia ou reunião para tratar do tema, visto estar próxima à data inaugural da nova data-base (maio 2019).

Tribuna livre – Fez uso do quadro Tribuna Livre a fundadora do Grupo Anjos de Rua, Maria Helena Rodrigues, que desde 2012 se dedica a resgatar animais abandonados nas ruas de Taquaritinga e encaminhá-los à adoção responsável. Na sessão, a organização não-governamental recebeu o título de Utilidade Pública Municipal, por meio de projeto apresentado pelo vereador Genésio Valênsio e aprovado por unanimidade. Foram entregues duas moções: ao professor de arte Ovídio Sérvulo de Oliveira, taquaritinguense apaixonado pela profissão e ao Núcleo Espírita A Caminho da Luz, entidade religiosa e assistencial. Representando a entidade, Osimar Aparecido Fava, recebeu a moção.

Área verde – Foi o vereador Tenente Lourençano quem teve a ideia na sessão de segunda-feira da Câmara de Taquaritinga: convocar o diretor municipal de Meio Ambiente, Rodrigo Pedro de Abreu, para comparecer à Câmara Municipal. O intuito vai ser o de se manifestar sobre a área verde invadida e usada como descarte de lixo ou de materiais reciclados. E também como descarte de animais mortos. Abreu deve falar também sobre poda, manutenção e extração de árvores que oferecem riscos e danos a residências. Até o fechamento desta edição, todavia, a Câmara não havia marcado uma data para a explanação do secretário municipal. Acredita-se que a convocação seja cumprida apenas no mês de abril.

Em etapas – Já os vereadores Beto Girotto (atual presidente do Legislativo) e Valcir Zacarias, líder religioso, enviaram solicitações para que o prefeito Vanderlei Mársico, por meio do setor competente, crie um cronograma para incorporação em etapas do Cartão Alimentação ao salário-base do servidor. Tal procedimento, segundo ele, beneficiaria também os inativos paritários e resolveria de vez o problema do cartão. Já Zacarias, por si só, também pediu que se realize a reforma e manutenção necessária no cruzeiro, na Avenida Pedro Carletto, no Complexo Santa Cruz (antiga CECAP), uma vez que o mesmo é o símbolo do bairro. Aguardam-se providências por parte das autoridades locais.

_________________

Sexta-feira, 15 de março de 2019

Áreas verdes! Verdes? – O vereador Genésio Valênsio desta vez não foi questionado pelos seus pares. Ao contrário, ele chegou a ser aplaudido. É que Valênsio assinou requerimento, que foi subscrito por todos os vereadores, a respeito das áreas verdes da nossa Cidade. Nele, o edil quer saber acerca dos restos de construções, entulhos e objetos descartados nas áreas verdes. Valênsio pede que o prefeito Vanderlei Mársico informe à Casa de Leis se existe fiscalização nesse sentido e quais providências estão sendo tomadas pelas autoridades municipais.

Servidores sindicalizados – Irrequieto, o vereador Juninho Previdelli voltou a cutucar a onça com vara curta. É que ele enviou ofício ao Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Taquaritinga, fazendo um punhado de perguntas. Entre elas, o número exato de servidores sindicalizados, os valores recebidos mensalmente durante o exercício de 2018, as despesas mensais durante este exercício, a relação de bens adquiridos pelo Sindicato e se há valor em caixa. Até agora, conforme o vereador não houve resposta por parte daquela instituição.

Pacientes debilitados – Subscrito pelos vereadores Valcir Zacarias, Tonhão da Borracharia, Professor Caio Porto, Wadinho Peretti, Rodrigo de Pietro e Cido Bolivar, requerimento do Dr. Denis Eduardo Machado solicitando ao chefe do Executivo para que informe à Casa de Leis o motivo de não estar sendo realizadas as devidas manutenções nas vans e micro-ônibus dos transportes de pacientes para outras cidades. Machado pede quais serão as providências do Poder Executivo com relação ao micro-ônibus que leva pacientes de Taquaritinga até Araraquara. O veículo encontra-se em péssimas condições, com o pára-brisa quebrado.

Benfeitorias no Bairro – O vereador e pastor evangélico Gilberto Junqueira fez uma indicação para que o prefeito de Taquaritinga, empresário Vanderlei José Mársico, realize as seguintes benfeitorias no Jardim Ignez: limpeza do mato alto em frente ao bairro e maior policiamento no bairro, devido aos constantes delitos cometidos naquela região. Por outro lado, os vereadores Dr. Eduardo Moutinho e Gilberto Junqueira estão reivindicando que o departamento competente da Prefeitura providencie a imediata sinalização da rotatória existente na Avenida Paulo Zuppani, que dá acesso ao Jardim Ignez. Dizem que “tal medida se faz necessária uma vez que, desde que foi implantado, o referido dispositivo viário não recebeu sinalização adequada capaz de advertir os motoristas que transitam pelo local e, por esta razão, vários acidentes já foram registrados”.

Cadê o tapa – buracos? – Ao mesmo tempo que o vereador e professor Caio Porto pedia para que o prefeito municipal, através do setor competente, realize a operação tapa-buracos na Avenida Emílio Girotto, nas proximidades das instalações do Novo Ideal Bebidas (o pedido se justifica pela profundidade e extensão do buraco nesta localidade, gerando grande perigo aos motoristas, podendo provocar acidentes e até mortes), o também vereador Valcir Zacarias pede para que o chefe do Executivo, por meio do setor competente, realize operação tapa-buracos em todas as ruas do Jardim Paraíso 1 e Jardim Paraíso 2.

 

_____________________

Sexta-feira, 8 de março de 2019

Carnaval da Paz – O vice-prefeito Luiz Fernando Coelho da Rocha, ao fazer um balanço do Carnaval 2019 em Taquaritinga elogiou a prioridade que a administração municipal deu à segurança pública. Com isso, os foliões puderam brincar à vontade nos festejos tanto no trio elétrico Batatão quanto no cordão Jardineira da Tarde, coroando o já chamado Carnaval da Paz.

Marca Segura – Coelho da Rocha informou que o Executivo deve enviar à Câmara de Vereadores já no segundo semestre deste ano um projeto destinado a realizar uma licitação pública entre empresas de bebidas a fim de comercializar o trio elétrico Batatão. Ele acredita que, com esse investimento, o Município estará gerando novos empregos e muito mais rendas.

Atraindo turistas – Para o vice-prefeito, este projeto também envolverá a atração turística, expondo a Cidade, com suas belezas e encantos. Segundo ele, o Carnaval Popular e Democrático de Taquaritinga já é marca registrada em toda a região. Coelho da Rocha vai mais além e cita como exemplo turistas até de São Paulo que aqui aportaram, atraídos pelo festejo de Momo.

Ainda a política – Mas Coelho da Rocha também falou de política. Ele considera a administração do prefeito Vanderlei Mársico “injustiçada”. “Não fomos nós que criamos as seis horas do funcionalismo público municipal, mas tivemos que justamente sanar o problema”, comenta o vice-prefeito, irritado com a polêmica criado na Cidade por conta do horário.

E as gratificações? – O vice assevera ainda que não foi Mársico quem criou as gratificações, mas teve que arcar com as consequências nefastas que o fato provocou. Assim foi também com o Cartão Alimentação e o próprio chamado desvios de função, que existem na Prefeitura há mais de 30 anos e acabaram “estourando” na atual gestão administrativa e será consertado.

Forma irresponsável – Coelho da Rocha acredita que os últimos anos de administração pública antes da ascensão de Mársico (principalmente 2015 e 2016) foram terríveis e “irresponsáveis”. Até mesmo por causa da situação decadente provocada pela ex-presidente Dilma Rousseff e seu impeachment que deixaram a Nação à deriva. Para ele, o PT fez um “desgoverno”.

Questão de ordem – O vice-prefeito de Taquaritinga sempre foi um incentivador dos chamados embriões de empresas e não arreda pé da ideia. Luiz Fernando ganhou como vereador quando o ex-prefeito Paulo Delgado assumiu como prefeito em 2005. Na época, ele foi candidato pelo Partido dos Aposentados da Nação (o PAN), que teve curta existência entre as siglas.

Voltando às origens – A “eterna” rivalidade entre o ex-presidente da Câmara, vereador Rodrigo de Pietro, e o prefeito Vanderlei Mársico voltou à tona no último programa semanal do chefe do Executivo, na Canal Um FM, quando o alcaide se refere aos “três Patetas” de forma escancarada. “São eles que atrapalham minha administração”, Mársico faz questão de dizer.

Felicidade geral – Para o bem do prefeito de Taquaritinga, a Câmara conta com o vereador Marcos Marona (o popular Bonilla), que tem feito uma defesa exemplar da gestão Mársico/Coelho da Rocha. No Legislativo, ninguém mais consegue “defender” o alcaide. O vereador Juninho Previdelli até que tentou, mas o fez de um jeito tão estabanado que provocou umas reações.

Chuva de lágrimas – Ultimamente Vanderlei Mársico tem se mostrado preocupado com a situação. Nem mesmo o bonito Carnaval de Taquaritinga o animou. Afinal de contas, são tantos “abacaxis” para descascar que o chefe do Executivo perdeu a conta. Não pode, todavia. O prefeito tem que ser dono das rédeas e das esporas que controlam o nosso Município.

______________________

Sexta-feira, 1º de março de 2019

Que rei sou eu? O vereador Marcos Marona (o popular Bonilla) faz questão de exercer fielmente a sua condição de líder do prefeito Vanderlei Mársico. Ele não deixa passar nenhuma pergunta sem explicação. É tudo explicadinho nos mínimos detalhes. Bonilla aprendeu em pouco tempo com o vice-prefeito Luiz Fernando.

Fora de foco – O secretariado do senhor prefeito (que era do ex-Paulo Delgado) parece que está fora de foco dos problemas locais. Bastante desligado dos reclamos da população. Os mais antenados são exatamente os “puro-sangue”, escolhidos pelo próprio chefe do Executivo, como é o caso de Thiago Duarte.

Sem direção – Mársico estava tranquilo na reunião segunda-feira na sede do Legislativo. A sentença do desembargador ainda não tinha sido publicada no Diário Oficial, mas já deixava o prefeito pensativo. Afinal, são apenas 10 dias e o número de servidores pode chegar a 400. Vai afetar TODOS os departamentos municipais.

Pulando fora – Outra bomba que vai explodir: três distratos assinados com a Lara Construtora e Empreendimentos Imobiliários Eireli. Essa empresa era responsável pela reforma do “Calçadão”, urbanização da Praça Horácio Ramalho e construção do Centro de Atendimento ao Turista. Com isso, mais três obras ficarão paradas, dependendo apenas dos funcionários do Departamento de Serviços Municipais.

Transporte – Outra questão é o serviço de transporte coletivo urbano e rural de passageiros. A concorrência está marcada para o dia 16 de abril. A Viação Parati já assinou o distrato e está deixando Taquaritinga. No aviso de licitação está exposto que o valor de tarifa estimado é de R$ 3,02 e o número de passageiros mês: 33.736.

Desconforto – O presidente da Câmara, vereador Beto Girotto, tem a espinhosa missão de pacificar os edis que estão em pé de guerra com o prefeito Vanderlei. Girotto tem jogo de cintura suficiente para acomodar os ânimos, mas não se trata de tarefa fácil. Existem muitos interesses outros do que supõe a nossa vã filosofia.

Pé na tábua – Pessoal da Prefeitura anda incentivando munícipes a irem até a sede da Municipalidade (no antigo prédio da Stéfani S/A) imprimir boleto do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) até que o carnê não chegue nas residências. Mas a população não gostou. Dizem que a obrigação de entregar é da Prefeitura.

Fumacê – Moradores dos jardins à beira do córrego Ribeirãozinho continuam suportando todo início de noite uma nuvem de pernilongos a invadir suas casas. A venda de repelentes e inseticidas vem crescendo nos armazéns e as reclamações são constantes junto ao Demcove. Pedem fumacê ao departamento municipal.

Museu sumiu – O vereador Marcos Marona (o popular Bonilla) está preocupado com o destino do Museu Histórico de Taquaritinga, desaparecido sem deixar pista há alguns anos. Algumas relíquias (vide as sereias, por exemplo) foram achadas no Horto Florestal (denominado Jardim Botânico). É preciso agora juntar os cacos.

Novo ponto – Será inaugurado nesta sexta-feira (1º de março) o conveniência do Auto Posto Energia, localizado no cruzamento da MajorCalderazzo com a Marechal Deodoro. O conveniência, agora sob nova direção, servirá bebidas e petiscos e toda a gama de guloseimas. É mais um ponto de encontro para descontraído bate-papo.

_______________________________

Sexta-feira, 22 de fevereiro de 2019

Abrigo para cachorro – O vereador Wadinho Peretti entrou com indicação na Câmara para que o prefeito, por meio do setor competente, determine melhoria nas instalações da APA (Associação Protetora dos Animais), onde ficam abrigados os animais recolhidos da rua em Taquaritinga. As condições do abrigo são precárias e exigem providências imediatas.

Velocidade mínima – Por ser uma “pista de corrida”, a Rua Joaquim Lourenço Sobrinho, nas proximidades do Corpo de Bombeiros, fez com que o vereador Juninho Previdelli pedisse a instalação de um redutor de velocidade. A referida rua é trajeto de alunos e saída de viatura de bombeiros e, atualmente, muitos motoristas andam com velocidade maior que permitido.

Na contramão – Genésio Valênsio está solicitando que o chefe do Executivo, por meio do setor competente, determine a instalação de sinalização na Rua Hermínio Paulucci, que liga a Avenida Washington Luís à Rua Pedro Órdine, ao lado da Fundação Edmílson. É que a referida rua é de mão única, mas devido à falta de sinalização os motoristas vão pela contramão.

Queijo suíço – Também o vereador Valênsio está pedindo para que o prefeito, por meio do setor competente, determine o término da operação tapa-buracos nas ruas do Tennis Park. Segundo o vereador, há muitos buracos ainda nas ruas deste bairro, e o período de chuvas pode agravar mais ainda a situação. Ele pede que a Prefeitura continue esses serviços.

Dois pesares – O vereador Gilberto Junqueira enviou moção de pesar à família da saudosa Sra. Ignez  Gonzales Delgado, mãe do ex-prefeito José Paulo Delgado Júnior, falecida no domingo, 17 de fevereiro. Já o vereador Wadinho Peretti enviou moção de pesar à família do saudoso Profº Arnaldo Ruy Pastore, emérito historiador de Taquaritinga, falecido no último dia 15.

Não ofende – Já o vereador e professor Caio Porto não cansa de solicitar ao prefeito, por meio do setor competente, que informe se há previsão para início da reforma do muro da Escola Municipal de Educação Básica (EMEB) Profª Jerssey de Paula Ferreira Ramalho. O muro da escola já faz tempo que caiu e até agora nada de reforma. Providências ao setor competente.

Serviços prestados – O Núcleo Espírita A Caminho da Luz de Taquaritinga sempre prestou relevantes serviçosa sociedade taquaritinguense. Por isso o vereador Marcos Marona (o popular Bonilla) endereçou moção de aplauso a instituição, subscrita pelos edis tenente Lourençano, Tonhão da Borracharia e Wadinho Peretti. Ao núcleo espírita, parabéns!

Alfinetadas – Prossegue a troca de acusações entre o vereador Genésio Valênsio e professores do PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) de Taquaritinga por conta da chamada erroneamente de ideologia de gênero. De vez em quando o vereador Juninho Previdelli também dá os seus pitacos no assunto, mas a polêmica parece se estender cada vez mais.

Panos mornos – O quiproquó entre o prefeito Vanderlei Mársico e um funcionário do Saaet, , parece ter sido apaziguado, depois de quase ter provocado labaredas. Infelizmente, em nossa opinião, o alcaide não deveria entrar no jogo, mas isso é improvável. Os assessores do prefeito vivem apagando incêndios, como dizem.

São precárias – Dois vereadores, Beto Girotto e Wadinho Peretti, estão pedindo para que o prefeito, por meio do setor competente, realize o recapeamento da Rua José Lofrano, no Parque Laranjeiras. Conforme os parlamentares a referida via se encontra em condições precárias e o asfalto em petição de miséria. Os edis pedem providências urgentes no local.

________________________

Sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

Chuva de lombadas – Tinha parado um pouco, mas o vereador Genésio Valênsio, na última sessão legislativa, encheu a pauta de indicações pedindo lombadas em dezenas de localidades, se tornando o campeão dos murunduns na cidade. Não seria melhor apurar a fiscalização?

Ar condicionado sem ar –O vereador Gilberto Junqueira foi aplaudido na manhã de segunda-feira (11) na agência da Caixa Econômica Federal (CEF). É que dezenas de aposentados estavam no local e, com o calor forte, o ar-condicionado do banco não estava funcionando.

Chamou a gerência – Preocupado com os clientes, Junqueira chamou a gerência e pediu explicações. Depois de recomendar providências, o vereador deixou a agência satisfeito. Os aposentados gostaram da atitude e deram a ele uma salva de palmas. Já convenceu.

Cadê a proteção? – Foi o vereador Marcos Bonilla quem deu o alerta: os bueiros de ruas e avenidas da cidade estão entupidos. Ele pede limpeza nos mesmos, principalmente os da Avenida Dr. Paulo Zuppani. Existem também bocas de lobo que estão sem grades de proteção.

Ninguém aguenta – Angelim Barbeiro atendeu pedido de correligionários e quer saber a respeito da reativação da área azul em nosso município. Angelim diz que o retorno da área azul é um anseio da população e ele vem recebendo inúmeras reclamações de munícipes.

Dando os parabéns – O CAT fez bonito na Copinha. Por isso o vereador Dr. Eduardo Moutinho deu moção de aplauso aos atletas, comissão técnica e diretoria do Leão da Araraquarense.

50 anos de fundação – O ex-presidente da Casa, vereador Rodrigo De Pietro, também agraciou com Moção de Aplauso a Oficina de Santa Rita, entidade de caráter filantrópico, que completou 50 anos de fundação no ultimo sábado, dia 9 de fevereiro de 2019. Parabéns!

Trabalho brilhante – Já o atual presidente da Câmara, vereador Beto Girotto, estendeu a menção ao Sr. Francisco Procópio Pinheiro, presidente da Associação dos Aposentados e Pensionistas de Taquaritinga, pelo brilhante trabalho que vem desenvolvendo na entidade.

Quase esqueceu – Por pouco o vereador Genésio Valênsio não “come” barriga. Ele tinha esquecido de colocar em sua Moção de Aplauso o nome da diretora teatral Casturina Lima. Avisado, Valênsio se apressou em incluir o nome dela e depois pediu desculpa pessoalmente.

Pegou no pé – O edil Juninho Previdelli não pára de mexer no vespeiro. Agora ele quer cópia da última licitação para exploração do bar do Terminal Rodoviário. E mais: cópia do contrato vigente e se há eventual atraso no pagamento do aluguel. Quer ver se nesse mato tem coelho.

Quem é o engenheiro? –Também o vereador Rodrigo Di Pietro entrou na sessão de segunda-feira (11) pedindo que o prefeito informe quem é o engenheiro responsável pela obra em execução na EMEB Profº Modesto Bohrer e também envie cópia do laudo dos bombeiros.

Mudando de turma –Já o vereador e professor Caio Porto foi mais drástico durante a reunião parlamentar. Pediu a transferência dos alunos da EMEB Professor Modesto Bohrer para outro prédio até o término da reforma. Provavelmente, o prefeito não vai acatar a recomendação.

Às escuras – Taquaritinga já uma cidade escura por natureza. Agora o vereador Caio Porto reclama que as lâmpadas dos postes da via que fica atrás do Colégio Anglo e do Recinto “Os Pampas” estão todas apagadas, precisando de troca e manutenção. Mãos à obra, pessoal!

Muita insegurança – Por conta disso, ou seja uma cidade mal iluminada, justamente essa falta de iluminação traz transtornos e insegurança aos moradores. Hoje em dia, quanto mais iluminação nos bairros melhor. As lâmpadas acesas afugentam assaltantes e bandidos.

_______________________________________

Sexta-feira, 8 de fevereiro de 2019

Cadê o decibelímetro?  Foi o vereador Genésio Valensio quem falou. É que chegou ao conhecimento dele que esse aparelho, que mede a intensidade sonora, não se encontra com a Polícia Militar (PM), mas foi entregue à Prefeitura para que fosse feita manutenção, e que o mesmo ainda não retornou. Ele pede providências pois a PM necessita do aparelho para que constate situações de barulho acima do permitido.

“Mandou” dinheiro – O vereador Gilberto Junqueira tem pedido para que o prefeito realize melhorias na UPA, uma vez que aquele serviço público tem problemas estruturais e falta de material de trabalho, inclusive para atendimento dos pacientes. Junqueira encaminhou R$ 7,9 mil, via emenda impositiva ao orçamento, valor suficiente para resolver alguns dos problemas apontados.

Sem televisão – O vereador Valcir Zacarias alerta o prefeito, por meio do setor competente, para que providencie um conversor digital para ser instalado no aparelho de televisão do Terminal Rodoviário de Taquaritinga. Zacarias diz que ele se faz necessário uma vez que, com a mudanças dos canais analógicos para ditais, a televisão da Rodoviária se encontra sem funcionamento no local. Barbaridade, tchê!

Banheiros do Cemitério? – O vereador Professor Caio Porto está apelando, através da Câmara Municipal, para que o prefeito, por meio do setor competente, informe quando será realizada a reforma dos banheiros do Cemitério Municipal. Além da reforma, diz Porto, os banheiros da necrópole precisam da instalação de grades de ferro nas portas, principalmente devido a invasão de moradores de rua. A promessa foi feita e nada se concretizou.

Pegando no pé – E o vereador Juninho Previdelli não deixou passar a oportunidade. Ele pediu na primeira sessão ordinária do ano para que o prefeito envie à Câmara as seguintes informações: data da nomeação do professor Caio Porto como secretário municipal de Educação e data de sua exoneração, e também quem era o responsável pelas requisições de combustíveis na época.

Vereador quer lombada – Por outro lado, o vereador Tonhão da Borracharia anda preocupado. Ele quer que o prefeito, por meio do departamento responsável, faça a instalação de lombada na Avenida Heitor Alves Gomes, especificamente na frente do Hospital de Olhos. Ele falou que há instalação necessidade de lombada naquele local, principalmente devido ao perigo para os pacientes que freqüentam o referido hospital.

Chumbo grosso – Enquanto os profissionais da Enfermagem preparavam a caminhada de manifesto pelas 30 horas semanais, o prefeito Vanderlei Mársico tentou furar a fila e conversar com as coordenadoras do protesto. Foi tarde demais. As enfermeiras desceram a Rua do Comércio gritando palavras de ordem contra a administração municipal. Em sua rádio no dia seguinte o chefe do Executivo disse que as profissionais não queriam diálogo.

_______________________________

Sexta-feira, 1º de fevereiro de 2019

Confirmado – O prefeito Vanderlei Mársico confirmou no último sábado, em seu programa semanal “Prestando Contas”, na emissora de sua propriedade, que seu líder na Câmara Municipal, depois de prós e contras e tenebroso inverno, será mesmo o vereador Marcos Marona (o popular Bonilla). Ele já estava sendo sondado, juntamente com o vereador e ex-secretário Cido Bolivar, mas parece que o chefe do Executivo resolveu não arriscar. Bonilla é mais garantido. A confirmação de Bonilla como líder do prefeito na Câmara Municipal já havia sido divulgado pelo jornalista Gabriel Bagliotti em sua coluna Clikando.

Sem chances – O radialista Auro Ferreira leu, em seu programa jornalístico de terça-feira, na Rádio Mix FM (antiga Mensagem), nota em que o ex-deputado federal pelo PPS, conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), Dr. Dimas Eduardo Ramalho, diz não ter conhecimento de que um grupo político da cidade pretendia lançar o seu nome como candidato a prefeito de Taquaritinga em 2.020. “Conversei com Dimas e ele me disse que nem está sabendo”, revelou Ferreira no ar.

Tirou do Facebook – A informação foi tirada de postagens de crédulos taquaritinguenses no Facebook e publicada, como especulação, no jornal O Defensor, dando conta dessa possibilidade (a do Dr. Dimas ser lançado como candidato ao Paço Municipal). Como homem público e de ilibada carreira, Dimas Eduardo Ramalho, que herdou do pai, Dr. Horácio, a honestidade e a bondade, seria um nome de consenso na comunidade. Dr. Dimas, infelizmente, devido aos compromissos, não aceitaria o pedido.

Falando nisso – Em Araraquara, depois do pleito majoritário, o movimento pró-Dimas Ramalho prefeito foi ainda mais forte do que em Taquaritinga. Forças vivas da Morada do Sol lançaram seu nome como chefe do Executivo (e disso Dr. Dimas deve ter tido conhecimento) em grande estilo. Disputado em duas cidades distintas, Dimas Eduardo Ramalho honra sua carreira e deve se sentir gratificado, principalmente em Taquaritinga, sua terra natal, onde aprendeu o beabá e forjou amigos.

‘Eu extrapolei’ – O presidente da Câmara de Taquaritinga, vereador José Roberto (Beto) Girotto, que fez um belo trabalho como secretário de Esportes na atual administração, realizou um mea culpa em entrevista de quando iniciou sua carreira de vereador. “Eu extrapolei por ingenuidade”, disse Girotto, referindo-se às críticas duras que endereçava ao ex-prefeito Paulo Delgado enquanto ele esteve no Paço Municipal. “Eu estava começando e achava que iria mudar o mundo”, afirmou taxativo.

Vai devagar – Já o ex-presidente da Câmara, vereador José Rodrigo De Pietro, prefere fazer boca de siri. “Confesso que tenho sonho de ser prefeito, é lógico”, revelou in off De Pietro na redação de O Defensor, mas ele prefere ir devagar. Talvez em 2020 esse sonho ainda não esteja nos planos do combativo edil, mas ele não esconde seu objetivo. De Pietro tem apoio do deputado estadual Rafael Silva e de seu filho, Ricardo, que foi candidato a prefeito derrotado em Ribeirão Preto.

Pedalando – Os vereadores Antônio Vidal (o popular Tonhão da Borracharia) e Rodrigo Di Pietro aprovaram o Dia do Ciclismo, que leva o nome do saudoso Luiz Carlos de Paula Ferreira. Infelizmente, isso pouco representa numa cidade que possui uma única ciclovia (e invariavelmente abandonada pelo Poder Público), localizada na Avenida Pedro Carletto. Os ciclistas costumam “passear” na Rua Major Calderazzo nos finais da tarde, entre carros e caminhões. É lamentável de se ver tamanha apatia.

‘Maracugina’ –O presidente do Legislativo, vereador Beto Girotto, voltou a falar do ex- Rodrigo Di Pietro e seus entreveros com o prefeito atual Vanderlei José Mársico. Girotto reiterou que Câmara e Prefeitura são independentes, mas devem trabalhar em prol do progresso do município. Ele também reivindicou o apoio dos vereadores para os projetos que tendem a engrandecer a cidade. Além disso, Girotto entende que ainda empresários e comerciantes devem “puxar sardinha” para nossa cidade.

Sem Carnaval – Ao postar inúmeras fotos com o público durante o pré-Carnaval realizado sábado no estacionamento do Premier Hall, envolvendo Jardineira da Tarde, blocos e escolas de samba, o prefeito Vanderlei Mársico não se livrou de receber ácidas críticas de internautas inconformados, que sugeriam que o chefe do Executivo fizesse uma “visita” aos bairros que estão pedindo socorro. Dizem que, em alguns deles, chegou a faltar água durante o final de semana. Será que tá assim?

_________________

Sexta-feira, 25 de janeiro de 2019

Passeio ingrato – O ex-presidente da Câmara de Taquaritinga, vereador Rodrigo De Pietro, que tanto arranca-rabo teve com o prefeito Vanderlei Mársico, foi acompanhar uma cidadã no transporte coletivo urbano do Jardim Paraíso até o centro da Cidade e ficou horrorizado com horário de ônibus da Viação Paraty.

Prefeito atento – Só que o chefe do Executivo fala que já abriu o processo licitatório e que a Viação Paraty (que já assinou o “destrato”) muito em breve deixará Taquaritinga. Com isso abre-se a possibilidade de outra empresa de transporte público coletivo assumir o setor no município. Torcida grande.

União na cidade – O diretório municipal do PSOL solta nota nas redes sociais em que confirma a candidatura de Danilo Fischer (o candidato a vereador do partido mais votado) a prefeito de Taquaritinga. A agremiação socialista reitera que o PSOL local está unido e coeso em torno de seus princípios.

Cabeça fresca – O novo presidente da Câmara, vereador José Roberto (Beto) Girotto, aproveitou o recesso parlamentar para refrescar a cabeça. Assim que as sessões legislativas voltarem ao seu ritmo normal, os embates prometem ser ferrenhos e o presidente da Casa terá que ter muito jogo de cintura em 2019.

Sem frescura – Quem deve despontar este ano na Câmara é o vereador Tonhão da Borracharia, que não morre de amores pelo prefeito Vanderlei. Ano passado ele já pleiteava a cadeira da presidência legislativa, mas teve que arredar pé por conta da candidatura de Beto Girotto, que defende uma boa união dos edis.

Sem bússola – A política taquaritinguense aguarda com expectativa uma posição do ex-prefeito Tato Nunes sobre as eleições do ano que vem. Como se sabe, seu pronunciamento é deveras importante no contexto atual. Como uma bússola, Tato ainda define caminhos e todos querem saber para que lado ele vai se deslocar.

A meia-boca – Já o ex-prefeito Sérgio Salvagni deve pender mesmo para a reeleição do atual alcaide Vanderlei Mársico. Mas isso se o também ex-prefeito Paulo Delgado não resolver se candidatar ao Paço Municipal em 2019. Se for candidato, dizem que Paulinho será imbatível. Alguns duvidam e até apostam.

Invisível – Quem não tem dado muitos palpites na política municipal é o ex-prefeito Milton Nadir. Nadir está se limitando a recomendar deputados para seus correligionários e nada mais do que isso. Ao que tudo indica, ele deve seguir com Mársico como pré-candidato à reeleição, mas existem outras opções.

Mais um? – Parece que não vingou a proposta de um grupo da cidade em lançar o nome do conselheiro do TCE Dimas Eduardo Ramalho. Depois de muita repercussão não se falou mais no assunto. Lógico que o taquaritinguense tem suas pretensões políticas, mas não como prefeito municipal. Veremos o que dá.

Há consenso? –O nome de Dimas Ramalho até poderia surgir de um consenso na cidade, assim como apareceu o nome de Beto Girotto para presidente da Câmara este ano. Não acreditamos que o ex-deputado do PPS toparia entrar nessa disputa ferrenha que é a eleição municipal em Taquaritinga. Não é do perfil.

É de oposição – O vereador Denis Machado tem tido uma postura independente nas questões legislativas em relação ao Poder Executivo. Muitos acreditam que ele logo logo passará para o bloco da oposição, mas Machado tem mantido ética e coerência nos seus posicionamentos e não tem dado mostras do que fará.

____________________________________

Sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Ao vivo – O conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP), ex-deputado federal Dimas Eduardo Ramalho, participou segunda-feira (14), às 21h15, do Jornal da Cultura, na TV Cultura. O taquaritinguense esteve ao lado de Paulo Saldiva, médico e diretor do IEA/USP, comentando os principais fatos da atualidade.

Impositivo – Muitos vereadores repassaram ao GAMA (Proteção aos Animais) recursos, através de emendas impositivas, para o exercício de 2019. O vereador que mais “ajudou” foi Wadinho Peretti ($ 13 mil) e a verba mais baixa destinada foi do Tenente Lourençano ($ 1 mil). O GAMA, através de seus diretores, agradeceu a Câmara Municipal.

Castração – Há mais de dez anos, o GAMA vem realizando serviços de castrações de forma gratuita em animais carentes, devidamente reconhecido por todos. Este O Defensor espera que tal atitude tenha continuidade no município para o bem dos amantes dos animais. Resta agora um pouco mais de vontade política dos administradores.

“Rachado” – Comenta-se à boca pequena nos bastidores políticos de Taquaritinga que houve um “racha”entre líderes do diretório municipal do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL). Por enquanto, contudo, o assunto está sendo guardado a sete chaves pela agremiação. As eleições municipais se avizinham e nada pode ficar encoberto.

Será? – O ex-vereador pelo PT Valmir Carrilho Marciano está sendo sondado pelos poucos blocos de esquerda existentes na Cidade, mas não tem aceitado muito diálogo dos pretendentes. O próprio PSOL, que já tentou cativar o ex-candidato a prefeito nas eleições passadas, deu com os burros n’água.

Parabéns – Elogios aos vereadores Beto Girotto e Valcir Zacarias que tiveram aprovado o projeto que concede horário especial ao servidor portador de deficiência, quando comprovada a necessidade por junta médica. O projeto foi aprovado por unanimidade e recebeu aplausos por parte da população. Não só deficiente, o que denota a solidariedade.

Formiga – O vereador Angelim Barbeiro deve ter aprendido com o vereador licenciado e atual secretário de Esportes do município, Mirão Basso, a emendar o trabalho de “formiguinha”. Ambos, a seu estilo de conduta, não deixam a peteca cair, se mantendo sempre com as rédeas nas mãos. Sempre equilibrados, Mirão e Angelim ganham confiança dos moradores.

“Sacolinha” – Falando nisso, aliás, já passou da hora dos vereadores que têm seus “chefes” políticos na Assembleia e na Câmara pedir ajuda ao município. Taquaritinga vai precisar – e muito – de verbas e recursos estaduais e federais em 2019, mesmo porque no ano que vem vamos ter um novo período eleitoral em que as obras são novamente paralisadas.

Fé demais – E um recado para os candidatos de plantão que almejam a cadeira principal do Paço Municipal José Romanelli. Aproveitem o Dia de São Sebastião neste domingo (20) e rezem bastante para nosso santo padroeiro. Se a população estiver bem orientada na fé, com certeza o município entrará nos trilhos de vez. Então já façam as suas orações.

________________________________________________________________________

Sexta-feira, 11 de janeiro de 2019

Novo presidente – O vereador José Roberto (Beto) Girotto, ex-secretário municipal de Esporte e Lazer, assumiu como novo presidente da Câmara de Taquaritinga – que está em recesso parlamentar neste período. Posse de Girotto no lugar de Rodrigo de Pietro foi bem-vinda pela equipe administrativa – que não estava se dando bem com De Pietro. Assim como o vice Luiz Fernando Coelho da Rocha, o novo presidente da Câmara tem mais “jogo de cintura” e melhor alinhava as composições políticas.

Troca-troca – Quem entrou no lugar de Beto Girotto na Secretaria de Esportes foi o vereador Mirão Basso. Com isso, o suplente Ângelo Bartholomeu (o popular Angelim Barbeiro) voltou a ocupar uma cadeira na Câmara de Vereadores. Angelim só deixa o cargo agora se Mirão deixar a secretaria, o que é pouco provável. Mirão Basso tem vasta experiência no setor e deve continuar o trabalho de Girotto na pasta.

Acerto sindical – A presidente do Sindicato dos Servidores Municipais, Maria Angélica Tiossi Bohrer, em entrevista a Auro Ferreira na Rádio Mix FM, insinuou que está faltando boa vontade do prefeito municipal em atender aos pleitos legítimos da categoria. Na verdade, o chefe do Executivo está em palpos de aranha. É pressionado pelo Ministério Público (MP) de um lado e pelo representante dos servidores, de outro.

Pés pelas mãos – No final de ano, o vereador Genésio Valênsio entrou em atrito radical com a cúpula do PSOL (Partido Socialismo e Liberdade) de Taquaritinga por conta da denominada erroneamente de “ideologia de gênero”. Como os jornais impressos estavam entrando de férias (como entraram), Valênsio preferiu ir direto na Promotoria de Justiça e pedir seus direitos. A polêmica não acaba nunca entre os adversários.

Fogo no rabo – Por falar em Valênsio, que sempre foi radical contra bombas em Taquaritinga, houve chiadeira geral na passagem do ano nas redes sociais, quando muitos rojões espocaram nos céus da cidade. Até ameaças e impropérios foram postadas pelos defensores de animais. De fato, cães e gatos sofrem muito com as explosões por conta da sensibilidade deles. Na capital, uma lei resolveu a questão polêmica.

Temperatura máxima – O repórter José Lucente (da Canal Um FM) deu um susto nos companheiros de emissora em plena segunda-feira (7). Ele passou mal e foi levado às pressas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) com o nariz sangrando bastante. Lá foi constatada a hipertensão arterial altíssima (22 por 18) e o rompimento de um pequeno vaso do nariz. José Lucente ficou internado 24 horas em observação médica.

Sinal de alerta – Interessante é que no sábado passado (5), o prefeito Vanderlei Mársico reclamou, em seu programa na rádio de sua propriedade (o primeiro depois que veio dos EUA), a repórter Malú Monteiro, que sua pressão arterial estava em 19 e precisava se cuidar. Na segunda-feira, José Lucente (que já teve problemas semelhantes anteriormente) sofreu a hipertensão. Mas, felizmente, tudo deu certo.

Queijo suíço – Com as chuvas constantes, também os buracos estão de volta em ruas e avenidas do município. Eles se multiplicam como tiriricas em terrenos baldios e é hora da administração municipal agir com rigor. O prefeito atual tem experiência de sobra para tomar medidas efetivas e imediatas. É preciso, todavia, que os vereadores confabulem com seus deputados, solicitando o envio de recursos.

Falta iluminação – Ao contrário da Vivo, que vive fuçando nos quatro cantos de Taquaritinga, a CPFL (Companhia Paulista de Força e Luz) é extremamente difícil de fazer a manutenção de seus equipamentos. Por isso dá tantos problemas, principalmente quando chove com vendaval. Falta manutenção e novos equipamentos. O município ainda tem postes de madeira, o que é sintomático. Vamos modernizar antes que seja tarde.

______________________

Sexta-feira, 21 de dezembro de 2018

  • O prefeito Vanderlei Mársico foi viajar para os Estados Unidos. Pediu licença à Câmara de Vereadores e deixou o vice Luiz Fernando em seu lugar. Engana-se quem acha que ele (Luiz Fernando) mudará alguma coisa no governo municipal. Os tons administrativos continuarão os mesmos. O chefe do Executivo já deixou tudo pronto, inclusive junto ao novo presidente da Câmara, vereador José Roberto (Beto) Girotto.
  • De acordo com o vice Luiz Fernando Coelho da Rocha, ele não mudará uma vírgula do que vem sendo feito pelo alcaide. Conforme o vice, a palavra final (o sim, como ele mesmo diz) caberá sempre ao prefeito Vanderlei. Existem, inclusive, alguns edis que acreditam numa mudança radical no governo. Isso não vai acontecer, fiquem tranquilos. Ao contrário do saudoso Dr. Fued Simão quando assumiu o cargo, Luiz Fernando é mais comportado.
  • O novo presidente do Legislativo, Beto Girotto, pretende ouvir todas as vertentes existentes na Câmara, inclusive os seguidores do presidente que sai, vereador Rodrigo de Pietro, que deve continuar sendo um prego no sapato da administração municipal também em 2019. Um dos fieis seguidores de De Pietro, o edil Tonhão da Borracharia (que pretendia ser presidente da Casa de Leis), manterá sua linha de independência do Poder Executivo.
  • Apesar de sua personalidade verborrágica e polêmica, o vereador Juninho Previdelli foi este ano um edil combativo e até mesmo surpreendente. A que ele apresentou agora é uma homenagem justíssima ao já saudoso tenente PM reformado Roberto Real Dias, pessoa que primou sua vida pelo carinho e amor ao próximo. Real emprestará seu nome (in memoriam) à base do Corpo de Bombeiros de Taquaritinga. Ele foi o primeiro comandante da base local.
  • O prefeito Vanderlei teve seu projeto de lei complementar rejeitado pela maioria dos vereadores. Ele dispõe sobre a regularização de construções irregulares e clandestinas, pois de acordo com a Municipalidade existem mais de cinco mil edificações em situação clandestina ou irregular que precisam ser urgentemente regularizadas. Pelo menos oito vereadores não concordaram com o projeto e votaram contra. Houve 2 abstenções.
  • Os vereadores Rodrigo de Pietro e WadinhoPeretti tiveram aprovado por unanimidade o projeto de lei complementar que institui o Programa IPTU Verde no Município de Taquaritinga. O objetivo é fomentar e incentivar o uso de tecnologias ambientais sustentáveis, medidas que preservem, protejam e recupere, o meio ambiente, e autoriza a concessão de incentivo fiscal no Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), aos imóveis que atendam aos requisitos estipulados. O projeto segue para sanção municipal.
  • Também foi aprovado por unanimidade projeto de lei complementar, do Poder Executivo, que altera dispositivo de lei complementar, de 29 de dezembro de 2017. A matéria estabelece que o valor lançado do imposto sobre a propriedade predial e territorial (IPTU), para o exercício de 2019 ficará limitado a 4%,reajustado monetariamente pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), apurado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). Todos vereadores presentes aprovaram.
  • O vereador tenente Lourençano deu uma bronca no seu colega vereador Gilberto Junqueira. É que Junqueira tem o costume antigo de voltar a discutir alguns projetos mesmo depois de já aprovados pelos edis. No entender de Lourençano, o assunto deve ser discutido no momento da leitura do mesmo e não depois de já aprovado. Junqueira não gostou e chegou a afirmar que tem liberdade para fazer as suas alterações, externando sua opinião.

______________________________________________________

Sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

  • Mesmo com as explicações convincentes do prefeito municipal a respeito da compra do antigo prédio da empresa Stefani S/A, a questão polêmica continua dando pano para a manga e muita gente acredita que é conversa do alcaide para boi dormir.
  • Até que a razão convence, já que o prédio é bem antigo e o mofo e bolor existentes nas paredes provocaram reações alérgicas em servidores públicos. Agora o vereador Denis Machado quer saber qual o valor gasto com a reforma do prédio adquirido da empresa Stéfani S/A para abrigar o Paço José Romanelli até o presente momento.
  • Alguns questionamentos do vereador já foram respondidos pelo prefeito. Como, por exemplo, quais os benefícios vislumbrados pela atual administração com a mudança do Paço Municipal para esse imóvel? Conforme o chefe do Executivo, o objetivo é valorizar aquela região da cidade, até então comprometida com prédios abandonados.
  • A administração pública, contudo, baseada em estudos do valor pago pela aquisição do imóvel, revela um balanço favorável, por conta de variações do preço do mercado imobiliário por metro quadrado. Mesmo assim, o edil Denis Machado quer saber se o prédio foi pago a vista ou parcelado (informando as parcelas pagas e não pagas).
  • Notícias de bastidores políticos, pelo menos, dão conta de que, mesmo ficando sem líder político na Câmara Municipal, o prefeito Vanderlei Mársico não prefere nem o ex-líder Gilberto Junqueira, nem tampouco o ex-líder Marcos Marona (o popular Bonilla). Entre todos, Mársico teria optado por Cido Bolivar, que é filiado ao PPS e segue Dimas.
  • O alcaide faz questão de dizer que não faz patrulha ideológica e muito menos perseguição política e que escolhe as pessoas pelo cunho profissional e não político. Quem já trabalhou em serviço público, sabe que não é bem assim. Em política, o buraco é mais embaixo. Há que se servir o comadrismo dos que serviram na eleição.
  • E essa agora? O ainda presidente da Câmara de Taquaritinga, vereador Rodrigo Di Pietro enviou um ofício ao chefe do Executivo. Ele pede que o prefeito encaminhe à Câmara cópia integral dos seguintes procedimentos de licitação: construção do Calçadão Boulevard Guilherme Mantese e reforma da Praça Dr. Horácio Ramalho.
  • Já o edil Gilberto Junqueira está pedindo, por meio do setor competente, que o prefeito informe à Câmara quando será feita a faixa (travessia) elevada à frente ao AME (Ambulatório Médico de Especialidades), para segurança dos pedestres, já que o local se encontra em avenida de intensa movimentação – Avenida João de Jorge.
  • O vereador Tenente Lourençano está solicitando para que o prefeito peça ao governador estadual eleito, João Doria (que ele tanto criticou no período eleitoral), a implantação da Patrulha Rural (modalidade de policiamento da Polícia Militar. Que realiza patrulhamento exclusivamente na área rural) no município de Taquaritinga, pelo fato de Taquaritinga ter extensa área rural.
  • A cidade tem que aproveitar, como bem disse o prefeito Vanderlei, pois o próprio alcaide tem intimidade com o governador, o ex-prefeito Paulo Delgado tem amizade com o vice-governador (Rodrigo Garcia) e o secretário de Desenvolvimento Regional Marco Vinholi tem laços afetivos com Taquaritinga e região, o que é de bom agouro. Além da amizade de longa-data do vice-prefeito com o secretário estadual Gilberto Kassab, segundo o prefeito até bola eles jogavam junto. São fortes as relações.

____________________________________________

Sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

  • Além da Biblioteca Escritor José Paulo Paes, que se encontra enjaulada num cubículo ao lado do ITES (instituto Taquaritinguense de Ensino Superior), onde funcionava um bar (a Lanchonete Rivo, de Orides Giollo),também o Museu Histórico “José Martins Sanches Filho” não está em funcionamento e seu acervo em local incerto e não sabido.
  • Por conta disso, o vereador Marcos Marona (o popular Bonilla) já está reivindicando, principalmente quanto ao Museu Histórico da cidade, que seja feita por meio do setor competente uma relação do acervo do museu daquilo que foi encontrado pela atual administração, informando ao Poder Legislativo local onde se encontra cada objeto.
  • Bonilla pede que os objetos encontrados sejam patrimoniados, caso ainda não tenham sido e que os objetos encontrados sejam reunidos em um único local e embalados de forma adequada para proteção e conservação do acervo até a reabertura.Um dos mais marcantes eram as belas sereias que enfeitavam o contorno da fonte luminosa.
  • O vereador Denis Machado, por sua vez, pede que o prefeito envie à Câmara todos os projetos cujo conteúdo seja aumento de tributos, taxas e impostos, regularizações e cobranças. Ademais, explica o edil, requer informações de quanto o Poder Executivo arrecadou com estes projetos e onde foram aplicados todos os valores arrecadados.
  • Através de requerimento, o vereador Genésio Valênsio deu uma dura no chefe do Executivo. Valênsio quer saber se já foi solucionado o problema da ambulância no Distrito de Guariroba. É que oedil foi informado que a ambulância está parada por defeitos mecânicos. Valênsio também pede tambores de lixo nas praças centrais.
  • O vereador Tonhão da Borracharia reivindica que o prefeito, por meio do setor competente, realize com urgência a manutenção nos postes de luz da Praça da Igreja Santa Luzia, na Vila Buscardi. Vários postes da referida praça, de acordo com ele, se encontram com fios soltos e desencapados em sua base, trazendo perigo a munícipes.
  • Já o presidente da Câmara, vereador José Rodrigo de Pietro, enviou ofício ao superintendente do Instituto de Previdência Municipal de Taquaritinga (Ipremt), Aristeu de Campos Silva, para que informe em tempo hábil algumas questões, entre elas se a municipalidade vem recolhendo a patronal mensal da folha de pagamento.
  • O professor e vereador Caio Porto pede a instalação de um semáforo no cruzamento entre a Avenida Paulo Roberto Scandar, Avenida Antônio Micali, Rua Prudente de Morais e Rua 24 de Outubro… Há necessidade de instalação também de um semáforo no cruzamento entre a Rua 24 de outubro, Rua Siqueira Campos e Rua Inácio Uchoa.
  • Vereadores estão pedindo que sejam confeccionados daqui para frente cartões de visita dos vereadores em braile para melhorar a comunicação e acesso às informações para os deficientes visuais. São eles: José Roberto Girotto, professor Caio Porto e Valcir Conceição Zacarias. Sem dúvida, a população agradeceria se este benefício saísse logo.
  • Já o vereador Juninho Previdelli solicita ao chefe do Executivo que realize a sinalização de solo e aérea na Rua Otávio Cavalentino Martinelli, conhecida como Estrada Boiadeira, no cruzamento com o acesso do bairro Conjunto Habitacional Dr. Adail Nunes da Silvam pois está ocorrendo muitos acidentes, inclusive com vítimas.

________________________________________

 

Sexta-feira, 30 de novembro de 2018

  • Pode-se admitir como favas contadas (a não ser por conta de algum desvio político na calada da noite) a eleição do vereador e ex-secretário de Esporte e Lazer do Município José Roberto Girotto (o “Beto”) como novo presidente da Câmara Municipal neste dia 10 de dezembro. Girotto conseguiu aglutinar vozes de discordância, entre elas Tonhão da Borracharia e Denis Machado, juntamente com o prefeito Vanderlei Mársico, acalmando as ondas rebeldes que a péssima maré já anunciava.
  • Numa só tacada de mestre, o chefe do Executivo aplacou a ansiedade do vereador Ângelo Bartholomeu (o popular Angelim Barbeiro), que ficaria de fora da Câmara com o retorno de José Roberto (“Beto”) Girotto, então secretário de Esporte, ao Legislativo para disputar a presidência da Casa. Mársico nomeará no próximo dia 1º de dezembro o vereador Mirão Basso como secretário de Esporte no lugar de Girotto e Angelim pode ocupar tranquilamente uma cadeira na Câmara Municipal. Alcaide somou correligionários com a jogada de xadrez.
  • Analistas políticos avaliam que Mársico perderá com certeza seu poder de fogo na área esportiva e de divertimento com a saída da pasta de “Beto” Girotto, mas ganhará com a eleição do próprio a presidência do Legislativo, ficando Basso como alternativa política do alcaide, já que Basso, ao contrário de Girotto, não é de se envolver em polêmicas infindas. No cômputo geral, vai ganhar o burgomestre, que teve ousadia e discernimento para avaliar quem é quem.
  • Os partidos mais conservadores existentes em Taquaritinga, com a chegada de Jair Bolsonaro à presidência da República em janeiro de 2019, devem sair fortalecidos no contexto regional e vão ganhar filiados a bel prazer no município. Outras agremiações políticas, ao contrário do que se esperava, devem aparecer no Cartório Eleitoral, pigmentando e pulverizando o quadro partidário no próximo pleito.
  • Também com a eleição de João Doria ao governo de São Paulo, Taquaritinga deverá ser brindada com novas verbas e recursos, principalmente na infraestrutura urbana. É que, afinado com o município como sempre esteve, o futuro vice-governador Rodrigo Garcia – que muito já fez por Taquaritinga – deve contemplar a cidade com diversos investimentos, a pedido do prefeito Vanderlei Mársico e do ex-prefeito Paulo Delgado. As eleições municipais de 2020, como todos sabem, promete muitas surpresas enfim.

_____________________________________________

Sexta-feira, 23 de novembro de 2018

  • Importante solicitação do vereador Genésio Valensio para que o setor competente da prefeitura para que instale um braça de luz (com lâmpada é claro) no final da Rua Miguel Granzotti, no Jardim Paraíso I. Segundo o vereador o local está sem iluminação, e consequentemente esta falta de iluminação traz insegurança aos moradores.
  • Valensio solicitou ainda para que a prefeitura de Taquaritinga realize dois estudos. O primeiro, para a construção de uma passarela na Avenida Vicente José Parise, nas proximidades da loja Márcio Pisos. Já o segundo, no sentido de realizar parceria com uma faculdade de modo que estudantes de educação física possam auxiliar na Secretaria de Esporte e Lazer.
  • Por sua vez, o vereador Antonio Vidal, o popular Tonhão da Borracharia, para que a municipalidade realize a construção de uma calçada do lado do Cine São Pedro, na Rua Campos Sales, pois a reforma desse imóvel já se prolonga por muito tempo, e a falta de calçada neste local traz riscos de acidentes para os pedestres.
  • Já o vereador professor Caio Porto solicitou para que o prefeitura, por meio docompetente, realize a sinalização terrestre nas seguintes localizações: 1) Rua Dr. José Miguel João; 2) Rua Alfredo Prata; 3) Rua João Nabuco. Ademais, há a necessidade de refazer a sinalização terrestre da Rua Antonio de Mendonça, nas imediações do Auto Posto Rally.
  • Neste mesmo sentido, o vereador Tenente Lourençano solicitou para que o prefeito por meio da Secretaria de engenharia/obras e COMUTRAN, estudem a possibilidade de construção de uma rotatória na Avenida João Perissinotti, no cruzamento com a Avenida Egberto Micali, acesso ao Jardim Taquarão, Tiro de Guerra e Estádio Taquarão, considerando que é muito grande o fluxo de veículos que transitam na Avenida João Perissinotti, no sentido centro-bairro, e são obrigados a cruzar a referida via, correndo riscos de acidentes, considerando que há pouca visibilidade.
  • Lourençano ainda solicitou para que o prefeito, por meio da Secretaria de engenharia/obras e COMUTRAN, estudem alternativas de sinalização de trânsito na rotatória da Avenida Adamo Lui, cruzamento com as ruas Senador Inácio Uchoa e Elvira de Lucca, pois a atual sinalização deixa os condutores confusos e vem ocorrendo acidentes.
  • Já o presidente da Câmara, o vereador José Rodrigo De Pietro, solicitou para que o prefeito, para que por meio do setor competente, informe ao legislativo se o setor de engenharia da Prefeitura tem feito vistorias nas pontes, viadutos e passarelas do nosso município nos dois últimos anos (2017/2018). Rodrigo solicitou ainda que se caso tiver as vistorias do setor de engenharia, requer que envie para a Câmara Municipal as cópias e caso não tenha realizado essas vistorias nas pontes, viadutos e passarelas se existe alguma previsão de fazê-las.

______________________________________________________

Sexta-feira, 16 de novembro de 2018

  • O prefeito Vanderlei José Mársico disse em seu programa de sábado, na emissora de sua propriedade, que a oposição a sua administração “é medíocre”. A ofensiva do alcaide ocorreu depois que o presidente da Câmara, vereador Rodrigo de Pietro, afirmou que Mársico é “um péssimo” prefeito e que precisa ser “mais homem”. A frase calou fundo no ego do burgomestre.
  • Chamado erroneamente de “ideologia de gênero”, o assunto voltou a baila esta semana com uma matéria na Folha de S. Paulo. O vereador Genésio Valênsio, autor de um projeto que foi considerado inconstitucional pelo Tribunal de Justiça, foi um dos entrevistados pelo diário. Ele disse que vem sendo ameaçado por coibir a ideia em sala de aula, mas não é contra professor.
  • Valensio falou que não está preocupado com o assunto, pois tem certeza que Jair Bolsonaro tomará sérias medidas assim que for empossado em janeiro como presidente do Brasil. Tem políticos que ainda acusam o Partido dos Trabalhadores (PT) de difundir banheiros unissex nas escolas e juram de pés juntos que ele defende que o homem e a mulher são todos “a mesma coisa”.
  • Na reunião de segunda-feira (12), porém, Genésio Valênsio, representante da Vila Di Santi, entrou com outro projeto de lei que promete causar. Mudou de foco e virou o holofote para o ensinamento da Bíblia Sagrada tanto nas escolas públicas quanto nas privadas. O edil queria que esse ensino fosse obrigatório, mas a Câmara mais sensata votou pelo ensinamento facultativo.
  • O prefeito Vanderlei Mársico estava lá com uma comitiva de fazer inveja. Desde Félix Pereira Marques, passando por Luisinho Bassoli (tirando fotos), até a primeira-dama e advogada Patrícia Mársico. Deu suas explicações sobre creches e quejandos e, tirando algumas querelas com o presidente da Casa, não se aprofundou nas análises. Logo no início até que ânimos esquentaram.
  • Foi quando o presidente Rodrigo de Pietro anunciou que o chefe do Executivo, CONVOCADO, iria se pronunciar na tribuna livre. Mársico retrucou de imediato: “Não fui convocado, fui convidado, se quisesse não teria vindo”. A coisa prenunciava discussões acirradas, o que acabaram não ocorrendo. O prefeito saiu tranquilamente com seus assessores do plenário.
  • Muita emoção no discurso de despedida do vereador Ângelo Bartholomeu (o popular Angelim Barbeiro). Na próxima sessão camarística, deve assumir a cadeira José Roberto Girotto, que deixa a Secretaria de Esporte para disputar a presidência do Legislativo. Angelim cumpriu sua tarefa a contento, mas Mirão Basso afirma que ainda não desistiu de disputar a presidência da Casa.
  • Outro que não ficou nada satisfeito com troca-troca de Girotto e Bartholomeu foi Marcos Marona (o Bonilla). Ele também deve entrar na luta de foice no escuro com alguns companheiros. Se o vereador CidoBolivar for para a pasta de Esporte e, com isso, Luisinho Bassoli assumir a vaga na Câmara, a briga vai ficar mais acirrada ainda. É preciso ter paciência nesta empreitada radical.
  • O vereador Valcir Zacarias disse ao final da sessão na Câmara de segunda-feira (12) que ficou satisfeito com a presença do prefeito Vanderlei Mársico na tribuna livre, esclarecendo alguns pontos nebulosos de projetos. Zacarias foi o autor do convite para o chefe do Executivo. De acordo com o edil, as dúvidas puderam ser sanadas de forma democrática e transparente. É o que funciona.
  • Quem não ficou nada satisfeito com o engavetamento de projeto do prefeito que buscava solucionar o problema de mau-cheiro na Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) de Taquaritinga pelo presidente da Câmara, vereador Rodrigo de Pietro, foi o superintendente do SAAET Manoel Bueno. Ele fez um desabafo pela sua página digital, lamentando a falta de bom-senso nisso.
  • Enquanto os vereadores brigam a rotatória do Jardim Ignez está até agora sem terminar. Já tem dois meses que começaram a mexer e não terminaram. E os buracos das avenidas na periferia do município? E o mato alto? E o asfalto nos jardins Maria Luiza, Paraíso e Micali. A represa da antiga Colombo, por exemplo, está com total abandono. Até andarilhos estão morando no tablado.

____________________________________

Sexta-feira, 9 de novembro de 2018

  • Importante a solicitação do vereador Mirão Basso para que o prefeito providencie a instalação de três braços de luz com lâmpadas na Rua João Nabuco, na altura do número 311.
  • Nesta mesma linha o vereador Prof. Caio Porto indicou que o prefeito providencie a instalação de um poste com braço de luz com lâmpada na Rua Adelmires Silva Pavarina, na altura do número 244, no Jardim dos Ipês. Este local está sem iluminação, e, consequentemente esta falta de iluminação traz transtornos e insegurança aos moradores do entorno.
  • Ainda falando sobre iluminação pública o vereador Angelim Barbeiro fez a indicação para que o prefeito providencie a instalação de um poste com braço de luz com lâmpada nas imediações do semáforo entre a Rua Rui Barbosa e a Rua Barão do Triunfo. Angelin ressalta que este local está sem iluminação, e trazendo transtornos e insegurança aos moradores e estudantes que precisam trafegar por este localidade.
  • Falando ainda do vereador Angelim Barbeiro, o edil fez outra indicação para o Chefe do Executivo, desta vez, para que prefeito providencie a limpeza da Praça Cubatão, que liga a Vila Sargi a Talavasso, pois o referidolocal encontra-se com mato alto, prejudicando a visibilidade do trânsito.
  • Por sua vez, os vereadores Marcos Bonilla e Tenente Lourençano requereram Moção de Aplauso para Daniela Durante Maria, idealizadora da “Caravana do Amor”. A Moção é extensiva a todos os membros da organização civil, que neste ano distribuiu mais de quatro mil brinquedos às crianças carentes.
  • WadinhoPeretti por sua vez, enviou Moção de Aplauso a Nelson de Azevedo e Cristina Gibertoni de Azevedo, proprietários da Casa Modelo, que está completando trinta e oito anos de atividade em Taquaritinga. O edil justificou o requerimento dizendo que através desta Moção os empresários serão enaltecidos pelo empreendimento que gera diversos empregos diretos e indiretos para Taquaritinga. Segundo ele, a empresa, que sempre se destacou no comércio, é merecedora dos elogios e louvores, pois em uma época de queda da atividade econômica, manteve-se voltada ao negócio por acreditar no poder econômico do Município.

________________________________________________

Sexta-feira, 26 de outubro de 2018

  • O vereador Ângelo Bartholomeu (o popular Angelim Barbeiro) não perdoa as críticas que lhe foram feitas pelo seu colega Caio Porto.
  • Porto falou que Angelim só vai a Câmara para dormir e receber o salário. Foi uma declaração infeliz, já que Angelim é bem filantropo.
  • O vereador Juninho Previdelli tem acompanhado o ex-prefeito Paulo Delgado em suas andanças em prol de Jair Bolsonaro e João Dória.
  • WadinhoPeretti não descarta a possibilidade de se lançar como um candidato a presidência do Legislativo. Ele seria um novo de novo.
  • O vereador Marcos Bonilla também entrou na briga das fraudes em túmulos dos cemitérios municipais. Juninho Previdelli já está na briga.
  • Prefeito Vanderlei pretende espichar a frente da necrópole da cidade para ganhar espaço. Ele ainda anunciou jazigos verticais.
  • O vereador Genésio Valênsio mantém firme sua luta em defesa da moral e dos bons costumes. Ele acredita que com Bolsonaro vence.
  • Um trabalho discreto em defesa da família vem sendo feito pelo edilValcir Zacarias, sempre presente na comunidade a que pertence.
  • Tonhão da Borracharia, como vereador, tem percorrido bairros da cidade semanalmente atendendo reivindicações dos munícipes.
  • Ele tem se lançado de corpo e alma em busca de apoio para alcançar a cadeira principal da Mesa Diretora do nosso Legislativo.
  • O vereador Eduardo Moutinho tem acelerado preparativos para o CAT despontar na Copa São Paulo. Taquaritinga sediará uma chave.
  • A ex-vereadora Miriam Pônzio tem estado presente em diversos eventos da cidade. Ela não se conforma a Câmara não ter mulher.
  • Outra que está na mesma carreira é a promoter Meire Mazzini. Ela foi candidata pelo MDB a vereadora e quase que emplaca na eleição.

__________________________________________________

Sexta-feira, 19 de outubro de 2018

Prefeito deixa escapar palavrão em pronunciamento na sua emissora

Mársico antecipa-se à sucessão de 2020: ‘Sou candidato sim à reeleição na Prefeitura de Taquaritinga’.

  • O prefeito de Taquaritinga, Vanderlei José Mársico, afirmou em seu programa semanal na rádio de sua propriedade, no último sábado, que é candidato à reeleição no Paço Municipal José Romanelli. Mársico acha injusto que, depois de colocar a casa em ordem e a cidade nos trilhos, algum aventureiro desfrute do cargo e se beneficie politicamente. Dirigindo-se de forma indireta ao PT (Partido dos Trabalhadores), o chefe do Executivo – que é adepto de Jair Bolsonaro, candidato a presidente da República, e João Dória, que concorre a governador do Estado – deixou escapar um palavrão no discurso: “Isso aqui está um puteiro”.
  • Vanderlei Mársico voltou a reclamar da burocracia das licitações, do pouco dinheiro em caixa e dos precatórios que herdou. Segundo ele, isso não se resolve em quatro anos: “Se eu for aprovado. E quero dizer desde já pra não dizer que não avisei: se a população achar que fui bem e for aprovado eu sou candidato à reeleição sim, porque não é justo eu passar o que estou passando nessa Prefeitura para corrigir o rumo das coisas, e depois correr o risco de voltar à estaca zero para pessoas demagógicas que não vão cumprir”. O prefeito se compara a um pai que trabalhou a vida inteira para deixar uma herança e os filhos acabam com ela.
  • “Se Deus me permitir, me der saúde, sou candidato à reeleição para fazer muito mais, depois que preparei a cidade e arrumei as contas da Prefeitura”.
  • Ele declarou peremptoriamente que vem trabalhando com dificuldades políticas por conta de pessoas mal intencionadas: “O que não aconteceu em outros governos está acontecendo no meu”, disse Mársico. “O Tribunal vem de quatro em quatro meses, como se eu fosse o bandido. Ontem veio um sujeito, mas aí fiquei sabendo que foi denúncia de um vereador da Câmara, querendo dizer que as escolas estão paradas. Vamos prejudicar o prefeito, né? Quanto pior, melhor”, desabafou o alcaide. Para Vanderlei Mársico, no intuito de prejudicar o prefeito, para não ser capitalizado o que está fazendo, dane-se o município. E mandou uma farpa: “A presidência da Câmara deveria, na verdade, por a barba de molho. Ainda bem que faltam quatro ou cinco sessões para acabar. Vai cair fora e essa força maligna não vai mais influir como vem influindo. Essa é a verdade”.
  • O prefeito de Taquaritinga vai mais além. Disse que a presidência da Câmara (ele não cita o nome do vereador Rodrigo de Pietro) foi no gabinete do prefeito uma vez ou duas, não espontânea, foi para questionar as coisas, nunca foi parceiro da administração, mas isso está acabando. “Taquaritinga acima de tudo e Deus acima de todos”, comentou Mársico, parafraseando Jair Bolsonaro, sob risos da âncora Malu Monteiro, que substituiu Édson Cândido, o apresentador oficial do programa. Ele termina com uma indagação: “Militar não é gente, não é brasileiro, militar não pode se candidatar?”. De acordo com o chefe do Executivo, ele é uma pessoa liberal e não se importa com a opção sexual de cada um:
  • – “Se me perguntar se é normal, eu acho que não, mas a vida é sua e você faz o que quiser. Não fazendo com o meu, você faz com o seu o que bem entender (risos). Hoje é tudo a favor dos bandidos, dos direitos humanos. Esse país virou um puteiro a céu aberto!”

__________________________________________________

Sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Da Redação

  • A grande vitória nestas eleições foi do ex-prefeito Paulo Delgado, que apoiou Geninho Zuliani a deputado. Ele alcançou expressiva votação na macrorregião e foi eleito com larga margem. Com isso, a pretensão de Delgado de candidatar novamente ao Paço Municipal ganha força e pode aparecer como alternativa na próxima eleição.
  • Além do mais, a dobradinha João Dória/Rodrigo Garcia (do qual o ex-prefeito de Taquaritinga é assessor direto) tem a possibilidade de assumir o governo de São Paulo se vencer atual governador Márcio França já no segundo turno (dia 28), beneficiando Delgado de forma substancial politicamente. Ele, contudo, sairá fortalecido do duelo.
  • Quem mais perdeu eleitoralmente nesta eleição foi o PSDB (Partido da Social Democracia Brasileira), com candidatura do ex-governador Geraldo Alckmin ficando na quarta posição, bem abaixo do que se esperava. A pequena votação de Alckmin no município surpreendeu até o prefeito Vanderlei Mársico, que lamentou o “esquecimento”.
  • O ex-governador sempre foi solícito em seus anos de governo às demandas da cidade, principalmente durante as administrações de Delgado e do próprio Fúlvio Zuppani (depois que pulou do PT para o Partido Popular Socialista – PPS). Dessa forma, esperava que o seu contingente de votos fosse favorecido, pelo menos nesta Comarca.
  • Apesar dos apelos do chefe do Executivo, deputados “parceiros” de Taquaritinga não conseguiram se reeleger, como foi o caso de Vaz de Lima, Beth Sahão e Marco Vinholi. Vinholi, é certo, com a vitória de João Dória ao governo de SP, assumirá uma vaga na Assembleia Legislativa (AL). Contudo, outros “amigos da cidade” não foram eleitos.
  • Os deputados Baleia Rossi (apoiado pelo vereador Beto Girotto) e Ricardo Izar (mormente pelo prefeito Vanderlei) foram carro-chefe da votação em Taquaritinga. Ambos sempre auxiliaram a Santa Casa e outras entidades assistenciais. Porém, candidata Janaína Paschoal, a exemplo de Tiririca, foi na “Onda Bolsonaro” e levou gente nossa.
  • A previsão é de que a “batata” esquente nos corredores da Câmara Municipal com a discussão da chamada erroneamente de ideologia de gênero. O Tribunal de Justiça (TJ) derrubou essa lei que jáfoi aprovada pelo nosso Legislativo, através de projeto do vereador Genésio Valênsio, por julgá-la inconstitucional. Agora houve reação.
  • Os vereadores Genésio e Dr. Eduardo Moutinho, com isso, pretende entrar com recurso no Supremo Tribunal Federal (STF), pedindo a revogação da sentença do TJ. Eles não aceitam que a matéria seja aplicada principalmente nas escolas públicas municipais. Ensino é da escola, já educação é por conta da família, dizem os defensores.
  • Marcado para o dia 28 (domingo) o segundo turno das eleições já engloba diversas correntes políticas da cidade em torno da votação. Tanto para a presidência da República (entre Haddad e Bolsonaro) como para governo de São Paulo (entre João Dória e Márcio França) a disputa promete ser ferrenha. Vamos aguardar é o resultado final.

__________________________________________________

Sexta-feira, 5 de outubro de 2018

  • Depois que o ex-candidato a prefeito de Ribeirão Preto Ricardo Silva, filho do já deputado Rafael Silva, começarem a ser apoiados em Taquaritinga pelo presidente da Câmara Municipal, vereador Rodrigo de Pietro, os ânimos ficaram mais acirrados entre os grupos do atual prefeito Vanderlei Marsico e de correligionários de Rodrigo de Pietro.
  • Desde o início desta administração Mársico/Coelho da Rocha, com a aquisição do prédio da Stéfani S/A, os santos dos dois grupos batemcabeça e não se conjuminam. Agora o quiproquó entre ambos ficou por conta de uma verba (ou não) que teria vindo da parte de Rafael Silva para Taquaritinga. O chefe do Executivo jura de pés juntos que até agora não veio nadica de nada. Rodrigo de Pietro ainda não se manifestou até agora.
  • Está pintando nova polêmica para depois da eleição por conta da chamada erroneamente de ideologia de gênero, já que a Justiça não arreda pé de considerar inconstitucional projeto formulado pelo vereador Genésio Valênsio e aprovado pela maioria da Câmara Municipal em tumultuada sessão. Os edis consideram que estão tentando enfiar goela abaixo das famílias que meninos e meninas “são a mesma coisa”.
  • Nossos vereadores, entre eles, Juninho Previdelli, Valcir Zacarias, Gilberto Junqueira e o próprio Genésio Valênsio, acharam que a sentença foi “uma aberração” e pretendem enviar um ofício para o Ministério Público (MP). Até o próprio âncora da rádio oficial do atual chefe do Executivo chegou a dizer alto e bom som: “Domingo (que é o dia da eleição) a gente dá um basta nessa situação”. E mais âncora não disse e nem lhe foi perguntado.
  • Passadas as eleições, com certeza, o assunto dominante será a eleição da Mesa da Câmara de Taquaritinga. O grupo que ainda joga com cartas na mesa é o do vereador Mirão Basso, que pode contar com o apoio do prefeito atual Vanderlei Mársico, mas situação pode virar de uma hora para outra, pois o vereador Marcos Marona (o Bonilla) não esconde sua pretensão de ser presidente para galgar posto de prefeito nas próximas eleições locais.
  • Correndo por fora está o vereador Tonhão da Borracharia, que seria uma ala dissidente da administração municipal. O objetivo seria levar o edil Beto Girotto de novo para o Legislativo, atravancando o sucesso já estrondoso de Girotto à frente da Secretaria de Esportes e Lazer de nossa cidade. Isso forçaria o alcaide a mexer no seu time favorito, inclusive na própria composição da Câmara. Dizem que é só esperar para enxergar.
  • Emenda do presidente da Casa, Rodrigo de Pietro, foi rejeitada. Objetivo era transferir R$ 2,4 milhões em gastos com informática para o setor de saúde. Muita discussão aconteceu entre os edis Juninho Previdelli, CidoBolivar, Marcos Marona (o Bonilla), Tenente Lourençano e o próprio autor da emenda, Rodrigo de Pietro. Segundo consta, oito vereadores votaram contra a proposta, que recebeu dois votos favoráveis e três abstenções.
  • Muita correria entre os candidatos nestes dias que antecedem as eleições gerais. Está sendo definida a composição desde a presidência da República até a Assembleia Legislativa. Os eleitores terão a difícil missão de corrigir os rumos tortos deste país. Oremos para que Deus, em sua infinita misericórdia, ilumine as mentes dos brasileiros, dando-lhes sabedoria para que consigam separar o joio do trigo e o certo do errado.

__________________________________________________

Sexta-feira, 28 de setembro de 2018

  • O candidato a deputado estadual taquaritinguense Dorival Borelli (PSOL) tem se mostrado animado com aceitação de sua campanha na região. Dono de pouquíssima rejeição política, Borelli tem surpreendido nos bairros e no próprio centro da cidade.
  • O vereador Tonhão da Borracharia tem se preocupado com operações tapa-buracos nos bairros, principalmente na Vila Fucci. Lá muitos buracos colocam em perigo os moradores e águas empoçadas causam mau cheiro e risco de proliferação de doenças.
  • Já o vereador Caio Porto está preocupado com a implantação de sinalização vertical para uso exclusivo de veículos de autoescola. É que algumas autoescolas da cidade estão solicitando providência, pois existe falta vagas para estacionamento no centro.
  • O vereador Tenente Lourençano está reivindicando que a Prefeitura faça melhorias na iluminação pública dos bairros Bela Vista e Vila Rosa. Moradores reclamando que os bairros estão escuros e isso coloca a segurança e a tranquilidade dos munícipes.
  • Enquanto isso o edilValcir Zacarias solicita que a Prefeitura faça uma calçada ao lado da grade de proteção em avenida do bairro do Vale do Sol. Isso é importante para que os moradores dos bairros vizinhos transitem com segurança pelo local.
  • O presidente da Câmara, vereador Rodrigo de Pietro, entregou moção de aplauso ao bombeiro Luciano Azevedo, pelo brilhante trabalho desenvolvido em nosso município divulgando, alertando e prevenindo população pelo “Bombeiro Educador”.

__________________________________________________

Sexta-feira, 21 de setembro de 2018

  • O vereador Tenente Lourençano votou a favor do projeto que concede reajuste de 3,6% aos funcionários da Câmara de Taquaritinga, mas fez uma observação: quer mais transparência no portal legislativo. Lourençano pede que os salários dos servidores sejam demostrados tintim por tintim. Votaram na Câmara contra o aumento dos funcionários da Casa de Leis os vereadores Denis Machado e o Dr. Eduardo Henrique Moutinho.
  • Vanderlei Mársico, prefeito de Taquaritinga, continua reclamando em seu programa aos sábados na emissora de sua propriedade de alguns vereadores “da oposição” que tentam desestabilizar a sua administração. O chefe do Executivo chega a citar indiretamente o próprio presidente da Câmara, vereador Rodrigo de Pietro, que desde o início do governo Mársico/Coelho da Rocha tem provocado diversos embates com o alcaide por conta de opiniões diferentes.
  • Por causa das eleições gerais de 7 de outubro os bastidores da política partidária taquaritinguense tem ficado agitado nos últimos dias. Nesta semana, por exemplo, a pesquisa do Ibope indicando o vertiginoso crescimento de 11% do candidato Fernando Haddad (do PT, indicado por Lula à presidência da República) estimulou petistas a saírem às ruas também na cidade. Eles já estão pensando inclusive nas próximas eleições municipais em 2020 aqui em Taquaritinga.
  • Também o PSOL local, pensando no mesmo sentido, joga sua força no professor Dorival Borelli e na juventude de Danilo Fischer, o candidato a vereador mais votado do partido na eleição passada. Borelli é candidato a deputado estadual este ano e tem conquistado apoio nas esferas maiores do partido, como a professora Lisete, que é candidata a governadora pelo PSOL e do deputado federal Ivan Valente, que busca a reeleição uma vez mais neste pleito.
  • Ao contrário do que acontecia nas eleições anteriores, nestas eleições os cabos eleitorais estão preferindo investir nos bairros mais distantes. A distribuição de panfletos e santinhos vem sendo grande na periferia, principalmente nos mais carentes. Candidatos como Baleia Rossi, Itamar Borges, Vaz de Lima e Ricardo Izar atuam, através de seus correligionários, junto aos moradores de bairros.

__________________________________________________

Sexta-feira, 14 de setembro de 2018

  • O vereador Tenente Lourençano aproveitou a sessão itinerante de Guariroba para falar sobre a segurança pública no distrito. Lourençano foi enfático ao informar que planos estratégicos já estão sendo realizados pelo comandante da Polícia Militar (PM), capitão Costacurta, para dotar Guariroba de toda infraestrutura possível no setor.
  • Ao seu lado, o também vereador Mirão Basso argumentou que não só Guariroba necessita de mais segurança pública, mas também os outros dois distritos: Vila Negri e Jurupema, cujos reclamos dos moradores estão mais que evidentes. As reivindicações deverão ser remetidas ao chefe do Executivo e ao comanda da corporação militar.
  • Na última reunião da Câmara, aliás, justas e merecidas moções de aplauso pelos vereadores ao comandante da base local do Corpo de Bombeiros, PM Mazzei, e aos músicos da Escola Técnica de Arte Municipal (ETAM) Santa Cecília. Ao primeiro, pelo brilhante trabalho desenvolvido e, ao segundo, pela divulgação da música e da arte.
  • Quem está na linha de frente dessa empreitada no Legislativo são os vereadores Caio Porto (que cuida dos interesses da população do Complexo Santa Cruz, antiga Cecap) e CidoBolivar (representando o Jardim São Sebastião), ambos divulgando a educação e a cultura da Cidade Pérola. Votos também ao presidente da Casa, o Rodrigo de Pietro.
  • E dois vereadores continuam fazendo o trabalho de “formiguinhas” na Câmara de Taquaritinga. São eles Tonhão da Borracharia (que almeja inclusive a presidência do Legislativo) e Ângelo Bartholomeu (o popular Angelim Barbeiro), que fazem a ronda nos finais de semana na periferia do município, buscando contato com seus eleitores.
  • A política majoritária parece que ainda não empolgou a população taquaritinguense. Com exceção de candidatos como Baleia Rossi (MDB), Ricardo Izar (PTB), Dorival Borelli (PSOL) e o próprio candidato a presidência Geraldo Alckmin (PSDB), são poucos os panfletos e bandeiras que circulam na Prudente de Morais (a artéria comercial).
  • Sempre empunhando a bandeira da família cristã, o vereador Valcir Zacarias vem ganhando pontos na corrida camarística. Presente sempre nos acontecimentos sociais e religiosos, ele caminha ao lado dos moradores em suas principais reivindicações. Valcir exerce sua liderança nos altos do Complexo Santa Cruz, antigo Bairro Cecap.
  • Alguns vereadores estão se aglutinando para exigir a formação de uma Guarda Municipal em Taquaritinga, a exemplo do que acontece em Monte Alto. Não vai ser fácil, entretanto. O cobertor é curto e os recursos mal dão para cobrir as despesas básicas do município. A ideia é até mesmo simpática ao prefeito Vanderlei, mas…
  • Falando nisso, aliás, o vereador Tenente Lourençano usou a tribuna da Câmara para realçar justamente nesse ponto: nem tudo é possível ser feito no momento pela Municipalidade, porque falta dinheiro nos cofres públicos. Ele diz que a Câmara cobra, mas entende que é preciso paciência com o andar da carruagem. Não dá pra trotear.
  • O problema é que a população, além de ser imediatista, é também individualista. Além de querer tudo para “ontem”, o morador quer que a Prefeitura resolva o SEU problema, não interessa o coletivo, mas o particular. Infelizmente, o chefe do Executivo tem que ter uma varinha de condão para cada passe de mágica. Pois é!

__________________________________________________

Sexta-feira, 7 de setembro de 2018

  • Muito importante a solicitação feita pelo vereador CidoBolivar durante a última sessão do legislativo realizado no Distrito de Guariroba, na noite de segunda-feira, 3 de setembro. O vereador pede para que o prefeito determine à Comutran (Comissão Municipal de Trânsito) que refaça as sinalizações de solo e aérea na Rua Siqueira Campos, entre as Ruas Newton Prado e São José.
  • Segundo o vereador, a região tem grande fluxo de pessoas, em razão da Delegacia de Polícia, do Velório Municipal e de uma escola de futebol infantil. Sem a devida sinalização, tem ocorrido abuso por parte de alguns condutores de veículos.
  • Bolivar solicitou ainda para que o prefeito determine o levantamento do custo para reforma geral da passarela do Jardim São Sebastião. Para o vereador tal providência merece regime de urgência, uma vez que este dispositivo destinado ao uso de pedestres encontra-se com problemas estruturais, colocando em risco a integridade física dos usuários.
  • Ainda durante a mesma sessão,o vereador e professor Caio Porto solicitou para que o prefeito faça a reforma e readequação da Arena Micali, na Avenida Antonio da Costa Mendonça, no Jardim Micali, com toda a infraestrutura para que os munícipes possam utilizá-la para a prática de esportes.
  • Por sua vez, o vereador Mirão Basso espera que o prefeito faça a reforma da EMEI Ricieri Micali, no Distrito de Guariroba. Para o vereador o prefeito deveria subir os muros antes de efetuar as benfeitorias, reforma da quadra e reforma dos banheiros.
  • Mirão solicitou ainda que o prefeito informe quais providências serão tomadas para a regularização do loteamento doado pela Família Reis à Prefeitura, no Bairro Cachoeirinha. Já existem dezenas de famílias com residência neste loteamento, mas sem a regularização da escritura dos imóveis.
  • Já o popular Angelim Barbeiro indicou para que o prefeito providencie a construção de uma canaleta na confluência das Ruas Francisco Valzachi e Francisco Pônzio, na Vila Rosa. Com essa providência, o objetivo é evitar que as águas que descem do alto do bairro carreguem sujeiras para frente das ruas da Rua Francisco Pônzio.
  • Seguindo a linha de indicações para o prefeito, o vereador Tonhão da Borracharia solicita para que o Chefe do Executivo faça estudos sobre a possibilidade de aumentar o número de consultas para a especialidade em ginecologia na UBS Amadeu Chiarotti, no Distrito de Guariroba. Segundo o edil a quantidade de atendimentos nas consultas atualmente não está conseguindo suprir a demanda do distrito.
  • Ao final da sessão, de forma oral, Tonhão apresentou ainda um ofício à operadora Vivo, para que faça uma revisão nas torres de telefonia celular que servem Guariroba. Segundo o vereador, há locais no distrito em que o sinal não chega.

__________________________________________________

Sexta-feira, 24 de agosto de 2018

  • Muito importante a solicitação do vereador CidoBolivar para que o prefeito Vanderlei José Mársico determine que seja feita a planta projeto de construção da praça localizada na Rua Domingos Morano (antiga rua 17), no Conjunto Habitacional ArditoPoletti. O pedido foi feito durante a última sessão ordinária da Câmara Municipal de Taquaritinga, realizada na noite de segunda-feira, 20 de agosto.
  • Outra solicitação importante para a população, principalmente para os moradores do Jardim Maria Luiza II, foi a indicação feita pelo vereador Tenente Lourençano, para que o prefeito notifique os proprietários de terrenos e residências que estão com mato alto e com falta de calçadas e muretas na Rua 2 do referido Bairro.
  • Por sua vez, o vereador Valcir Zacarias indicou que o prefeito realize a retirada de uma árvore de porte grande que está seca na Praça da Igreja de São Cristóvão, na Vila Sargi. Segundo o vereador a ação se dá “pois oferece riscos aos frequentadores da praça”.
  • Seguindo ainda nas ações do vereador,Valcir Zacarias, o edil solicitou um pedido de informação ao prefeito sobre o porquê não foi construída lombada, solicitada por este vereador em fevereiro deste ano, em frente à Escola Municipal de Educação Básica Prof. Maria Helena Nogueira Rangel Faber, do Jardim Paraíso.
  • Na mesma sessão ordinária, o vereador Caio Porto fez a indicação para que o prefeito informe como será feita a devolução das parcelas do IPTU que foram pagas pelos moradores do Jardim Europa, visto que a cobrança neste local foi suspensa.

__________________________________________________

Sexta-feira, 17 de agosto de 2018

  • Na última segunda-feira, 13 de agosto, aconteceu no salão nobre da Santa Casa de Taquaritinga a inauguração de dois importantíssimos projetos desenvolvidos pela diretoria do centro de saúde.
  • A inauguração da UTI Neonatal, que recebeu os nomes de Paulo Henrique e Ana Paula Piacente saudosos filhos do médico pediatra Dr. ElcioPiacentee do Centro de Hemodiálise, que homenageou o professor e ex-presidente da Santa Casa, Cherubim José Borelli.
  • Com toda certeza, esses dois novos espaços da Santa Casa serão um marco na história desta centenária Santa Casa. Que a cada dia que passa, é reconhecida por todos os políticos que por aqui transitam como uma das mais conceituadas do estado de São Paulo.
  • O evento reuniu grande parte das forças vivas de nossa Cidade, da região e do Estado. Principalmente as forças políticas do município, tendo em vista a presença de quatro ex-prefeitos (Sérgio Salvagni, Tato Nunes, Milton Nadir e Paulo Delgado), além do atual chefe do Executivo Vanderlei Mársico.
  • Por parte dos vereadores não foi diferente. Quase todos os quinze vereadores se fizeram presentes. Principalmente os cinco que fazem parte da própria Santa Casa.
  • A solenidade contou ainda com a presença do Secretário Estadual da Saúde, Dr. Marco Antonio Zago, e do Conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo, Dr. Dimas Eduardo Ramalho.
  • Mudando um pouco de assunto, mas seguindo no setor político, muito importante a solicitação do vereador Valcir Zacarias para que o prefeito, por meio do departamento responsável, faça instalação de lombada ou redutor de velocidade na Avenida Vicente José Parise, em frente ao Colégio Anglo. O grande fluxo de automóveis que circulam neste local em alta velocidade traz grande perigo aos alunos e pais, principalmente nos horários de entrada e saída das aulas.
  • Seguindo no mesmo caminho o vereador Angelim Barbeiro solicitou para que o prefeito, por meio do departamento responsável, determine a limpeza do córrego Ribeirãozinho, no trecho compreendido entre as imediações do prédio da antiga Lemaq até as proximidades da empresa Recapex, pois é grande o mato e a quantidade de sujeira, bem como a proliferação de animais peçonhentos.
  • Após um início conturbado o prefeito de Taquaritinga parece ter entendido a necessidade do decreto de ponto facultativo em relação aos funcionários.

__________________________________________________

Sexta-feira, 10 de agosto de 2018

  • Seguem em ritmo acelerado as obras de reforma da fonte no cruzamento das avenidas Paulo Roberto Scandar e Caetano Decaro. Na última sexta-feira, 3 de agosto, o prefeito Vanderlei Mársico esteve “in loco” acompanhando os trabalhos. A quem diga que já no desfile cívico, este ano realizado na Avenida Paulo Roberto Scandar, a fonte esteja em funcionamento.
  • Por sua vez, aproveitando o retorno das atividades da Câmara Municipal de Taquaritinga, que estava em seu recesso de meio de ano, o vereador Valcir Zacarias solicitou para que o prefeito Vanderlei providencie a colocação de grade de proteção na Passarela da Avenida Pedro Carletto, no Bairro Santa Cruz, nas proximidades do Rally Auto Posto.
  • A solicitação do vereador se faz necessário tendo em vista que diariamente centenas de alunos transitam pelo local se dirigindo a Escola Carmela Morano Previdelli, instalada no Bairro Santa Cruz, antigo Cecap.
  • Na sessão de segunda-feira, 6 de agosto, todos os vereadores em comum acordo se uniram e solicitaram o envio de ofício ao Ministério Público – PM – de Taquaritinga, para que faça a gentileza de informar sobre o andamento do processo em que a Prefeitura pede providências judiciais a respeito da Estação de Tratamento de Esgoto.
  • Já tinha passado da hora desta conjunção de forçar acontecer, infelizmente os moradores das regiões próximas a Estação de Tratamento do Esgoto já não aguentam mais o mau-cheiro e estão de “saco cheio” na demora em resolver este problema.
  • Muito importante à solicitação de informação por parte do vereador CidoBolivar ao prefeito Vanderlei Mársico, para que, por meio do departamento responsável, informe quantos e principalmente quais prédios públicos municipais encontram-se sem o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros – ACVB.
  • A solicitação vem de encontro com a denuncia feita ao Ministério Público do presidente do Partido Democrático Trabalhista (PDT) de Taquaritinga, Caio Forcel, das condições do prédio adquirido recentemente pela gestão Vanderlei Mársico para compor a nova sede da prefeitura.
  • Nos próximos dias, Taquaritinga, assim como todas as cidades do Brasil, começa a receber as visitas dos famosos candidatos a deputado estadual, deputado federal, governadores, senadores e até a presidência da república. Caba ao eleitor que está de cansado de promessas escolherem o seu voto e garantir o seu direito democrático.

__________________________________________________

Sexta-feira, 3 de agosto de 2018

  • Prefeito Vanderlei promete iluminar totalmente a Alameda Moacyr Manólio que é motivo de queixas por parte de setores da população. Enquanto na Alameda problema é a iluminação, no Conjunto Adail Nunes da Silva (Caic) o incômodo são as águas que, a cada chuva, prosseguem invadindo as residências do bairro e provocam pânico.
  • Muitos vereadores estão querendo saber a quantas anda o processo licitatório para substituir a Viação Paraty no transporte coletivo urbano de Taquaritinga, já que a atual permissionária não pretenda mais continuar no páreo. A Viação Paraty alega prejuízos no contrato com a Municipalidade. O alcaide, que chegou nervoso, agora diminui a ira.
  • Esse negócio de concorrência pública é pior que licitação. Ainda mais que agora nossa Prefeitura não conta mais com o abalizado Rodrigo Magdalena, que foi substituído pelo chefe de campanha eleitoral do ex-prefeito Paulo Delgado, o advogado Félix Pereira Marques. Tem gente apostando que Marques não ficará muito nesse cargo.
  • Falando no secretariado municipal, aliás, muitos comentam sobre o diretor do DSM (Departamento de Serviços Municipais), Jorge Gibertoni. É que ele mostra sinais evidentes de cansaço. Não é para menos: Gibertoni tem sobre suas costas uma pasta prioritária no controle de qualquer governo municipal. E nem sempre reconhecida.
  • O Giro Político agora vai enveredar por estradas mais sinuosas da caminhada nacional e estadual. Candidatos de matizes já ameaçam mergulhar de cabeça do escorregadio trampolim da política na rasa piscina partidária. Resta ao nosso jovem eleitorado saber escolher na hora de votar, não se deixando envolver mormente pelo voto de cabresto.
  • Continuam as reclamações no trânsito local, que nas horas de pico vira verdadeiro labirinto no quadrilátero central. Além da dificuldade de estacionamento, a sinalização está ultrapassada e a maioria dos veículos não costuma dar seta, o que aumenta a balbúrdia . Está na hora de uma renovação total no sistema viário do nosso município.
  • Aproveitando para chamar a atenção das autoridades municipais quanto ao abandono, com exceção da Vila São Sebastião, de alguns bairros de Taquaritinga. Em muitos deles, o abandono é também no setor de segurança pública e muitos furtos estão sendo registrados. Terrenos com mato contribuem para ação dos amigos do alheio.

__________________________________________________

Sexta-feira, 27 de julho de 2018

  • O presidente da Câmara de Taquaritinga, vereador Rodrigo José de Pietro, ofereceu apoio a candidatura do taquaritinguense Dorival Borelli Filho a Assembleia Legislativa pelo PSOL (Partido Socialismo e Liberdade). Já estão agendados alguns encontros com o candidato a vereador do Psol mais votado nas eleições municipais, o jovem professor Danilo Fischer, a representante da comunidade LGBT na cidade, a também professora Mariana Milhossi (candidata a vice-prefeita na chapa de Dorival Borelli no pleito passado) e o coordenador de campanha do PSOL em TaquaritingaValter Marco Lupi.
  • Presente em praticamente todas as festividades municipais (seja de que lado for) o vereador Antônio Vidal (o popular Tonhão da Borracharia) firma-se cada vez mais como futuro candidato a presidência da sede do Legislativo. Dizem nos bastidores da Casa de Leis que Tonhão goza, inclusive, da simpatia da maioria dos servidores da Câmara – o que fez um dos vereadores brincar com o assunto: “O grande problema é que funcionário não vota”. O vereador Mirão Basso (de vasto prestígio nos meios políticos locais) também deve buscar uma vaga como candidato à presidência da Casa.
  • Para tranquilidade partidária do vereador Ângelo Bartholomeu (o popular Angelim Barbeiro) o vereador licenciado José Roberto “Beto” Girotto firmou-se (até com louvor) como o legítimo secretário municipal de Esporte e Lazer. Explica-se: é que estava no caso de Girotto retornar ao Legislativo a mando do prefeito Vanderlei para disputar a presidência da Câmara (Girotto não esconde de ninguém o sonho de ser chefe do Executivo). Assim, Angelim Barbeiro – que apóia radicalmente a candidatura de Álvaro Dias – perderia sua vaga de suplente, mas isso dificilmente deverá acontecer.
  • O que pode acontecer é o prefeito Vanderlei Mársico ficar sem representação política na Câmara de Vereadores, já que seus dois últimos (e únicos) líderes mostraram não ter flexibilidade suficiente para contornar os problemas surgidos inesperadamente. Tanto Marcos Marona (popular Bonilla) quanto Gilberto Junqueira precisam exercitar mais seu jogo de cintura na liderança partidária. Juninho Previdelli, por outro lado, é brilhante e combativo, se estivesse na oposição seria um exemplo de edil. Na situação, todavia, perde um pouco de seu carisma. Precisa amadurecer mais a sua aura política.
  • Tirando Angelim Barbeiro (que segue os passos de Mirão Basso), WadinhoPeretti (que, a exemplo de anos passados, já declarou apoio incondicional ao deputado Baleia Rossi) e Rodrigo de Pietro (que estará ao lado de Rafael e Ricardo Silva) eMarcos Bonilla, que apoiará Mauricio Gasparini (filho do deputado e ex-prefeito de Ribeirão Preto, Welson Gasparini), a maioria dos vereadores ainda não tem candidatos definidos nas eleições gerais em 2018. Correndo por fora, está o ex-prefeito Paulo Delgado, com seu apoio declarado a João Doria e Rodrigo Garcia, de quem Delgado (que pode vir com tudo em 2020, como candidato de novo a prefeito de Taquaritinga) se mantém como assessor direto. É ver para crer.
  • Assim como na Copa do Mundo, aliás, também nas eleições majoritárias o que se vê é um desinteresse total por parte da população de quem vai ganhar a disputa. Ninguém está dando a mínima para o debate político e partidário – o que realmente é péssimo sinal para a democracia, já que favorece candidatos tipo Jair Bolsonaro e Tiririca. A importância da politização e da conscientização ideológica não deve ser olvidada sob pena de pagarmos caro num futuro não muito distante. A alienação forma analfabeto político e analfabeto político sempre é mau-conselheiro. Não esqueçam desse recado.

__________________________________________________

Sexta-feira, 20 de julho de 2018

  • Quando todos acreditavam que o PDT (Partido Democrático Trabalhista), agora sob a liderança do ex-vice-prefeito Dr. Antônio Carlos Dib Jorge e do jovem universitário Caio Forcel, representante dos moradores do Jardim do Bosque e adjacências, ganharia força total em Taquaritinga com apoio do deputado Rafael Silva (e seu filho Ricardo) e uma possível adesão do vereador Rodrigo José de Pietro – atual presidente da Câmara – e seu grupo político, eis que em recente visita ao município, Rafael Silva anuncia em alto e bom tom a filiação dele e de seus correligionários ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), seguindo aceno do atual governador de São Paulo, Márcio França. Já tem gente pagando para ver Rodrigo de Pietro na mesma fileira do vereador Eduardo Moutinho.
  • Ainda não temos autorização, aliás, para anunciar uma filiação ao PSB local que deverá surpreender a todos. Trata-se de uma jovem promessa política que já despontou aqui na cidade e tem pretensões futuras. Mas já estamos avisando: ele gosta é de polêmica acirrada. Por assim dizer, a agremiação liderada no município por Eduardo Moutinho é uma das legendas que mais tem tendência a crescer em Taquaritinga. O outro partido é o PPS (Partido Popular Socialista), que já filiou inclusive o promotor de Justiça e conselheiro do Tribunal de Contas do Estado (TCE), o ex-deputado taquaritinguense Dimas Eduardo Ramalho. É uma pena que, mais uma vez, a votação nestas eleições vai ser pulverizada, dispersando os sufrágios entre centenas de candidatos ao Congresso.
  • Embora o prefeito de Taquaritinga, empresário Vanderlei José Mársico, não tenha medido esforços para conscientizar os eleitores da cidade (no que está realmente de parabéns) a não desperdiçar votos com os parlamentares chamados de pára-quedas – aqueles que só aparecem de quatro em quatro anos-, a verdade é uma só: os sufrágios acabam mesmo sendo distribuídos entre os bons e os maus nas eleições gerais. O chefe do Executivo, não temos dúvidas, tem um pá de razão ao propor a concentração de votos em torno daqueles deputados que realmente ajudam o município (a exemplo de Ricardo Izar, Baleia Rossi, Beth Sahão,  Márcia Lia e outros). Não pode ser diferente, mas é: o brasileiro tem essa tendência a dispersão. Não costuma ficar unido no pleito.
  • O vereador Tenente Lourençano recebeu uma denúncia de que carroceiros estariam despejando entulhos e detritos em local impróprio no município. Ele não teve dúvidas: foi lá para fotografar e reivindicar providências. Não é que quando Lourençano estava no terreno o carroceiro apareceu para jogar mais entulhos? Ao se deparar na presença do vereador e tenente da Polícia Militar (PM), o carroceiro tentou fugir do local, mas foi abordado. Agora o tenente Lourençano está recebendo denúncias de diversos bairros o chamando para averiguar despejo ilegal de entulhos em local inadequado. A população, realmente, deve denunciar os atos irregulares na cidade e os vereadores devem ficar de olho neles. Estão na Casa de Leis para representar a comunidade.
  • A Câmara de Taquaritinga volta a se reunir em sessão ordinária no próximo dia 6 de agosto, sob a presidência do vereador Rodrigo José de Pietro, antes da sessão solene que homenageará aniversário de emancipação político-administrativa de Taquaritinga, com entrega de títulos de cidadania e diplomas de honra ao mérito. Na sessão do dia 6, Rodrigo de Pietro solicitou a presença do ex-vereador Aristeu de Campos Silva, atual superintendente do Instituto de Previdência do Município de Taquaritinga (Ipremt), para ocupar a Tribuna Livre. Ele deverá ser questionado pelos vereadores quanto a diversos temas polêmicos, que botarão mais lenha na fogueira das vaidades políticas. É comparecer e aguardar para ver o que acontece logo na primeira sessão legislativa.

__________________________________________________

Sexta-feira, 13 de julho de 2018

  • O prefeito Vanderlei, em seu programa de sábado Prestando Contas, voltou a criticar alguns vereadores que tentam tumultuar o governo municipal. Teóricos dos bastidores do Paço Municipal juram de pés juntos que o prefeito se referia indiretamenteao vereador Rodrigo de Pietro, presidente da Câmara Municipal, e seu braço direito na oposição, vereador Antônio Vidal (o popular Tonhão da Borracharia), que já se lançou como candidato à presidente do Legislativo no próximo pleito. Tonhão promete .
  • Por ironia do destino o único vereador que prestigiou a solenidade de 9 de Julho na Praça Dr. Horácio Ramalho (além, é claro, do vereador Marcos Marona – o popular Bonilla – que teve que substituir às pressas o radialista Édson Cândido como mestre de cerimônia, que não apareceu) foi Tonhão da Borracharia. Salvo maior engano ninguém mais da Casa de Leis compareceu, nem mesmo os representantes das forças vivas da Cidade. Nos tempos do professor Ruy Pastore, respirava-se um maior grau de civismo.
  • Como gaúcho, o vereador Bonilla (que é vice-presidente da Câmara e chegou ser líder do prefeito naquela Casa) polemizou ao lembrar que Getúlio Vargas expulsou os paulistasAinda bem que entrou o tenente Almeida, da reserva do Exército Brasileiro, para colocar pingos nos iiss. O Hino Nacional foi cantado em uníssono. Sem delongas. Nada mais impróprio numa solenidade cívica e patriótica do que esta disparidade.
  • Escrevendo sobre solenidade, a do 9 de Julho fez corar até as crianças na segunda-feira, tamanha a quantidade de sujeira e detritos existentes. Agora até os moradores fazem suas necessidades fisiológicas no meio da praça, entre folhas, tijolos, areia e gravetos das árvores que se espalham no jardim (?). Prefeitura não teve competência nem de pedir para o DSM jogar uma água ou vassourada nas imediações do Obelisco de 1932. Não sabemos, mas se tivesse alguém de fora, certamente passou vergonha.
  • Vereador WadinhoPeretti se vangloriou semana inteira pelas ondas radiofônicas de ter eliminado os fogos de artifício da Festa de Peão e da Alvorada no Aniversário da Cidade. Existem controvérsias, todavia, embora a maioria da população seja a favor. O também vereador GenésioValênsio lutou muito no início do ano, mas sua ordem não foi acatada. Wadinhofoi diretamente no dono dos bois e já obteve êxito em sua bela empreitada. Valênsio não conseguiu nem proibir vender pinga para moradores de rua.
  • Continua até agora a novela das obras da Praça da Juventude, uma obra conquistada pelo então secretário Alexandre Cherno (Esportes), através do ex-ministro Aldo Rebello, a ser construída na Vila São Sebastião. Tanto rebuliço fizeram que até agora não virou em nada, infelizmente. Esperamos que não passemos pelas mesmas agruras com o novo Calçadão da Praça 9 de Julho, cujos construtores e prefeito não estão se entendendo de jeito nenhum. A população não agüenta mais tanto chove não molha.
  • Os vereadores de Taquaritinga não estão parados não. Estão correndo atrás de nomes para homenagear na sessão festiva de Aniversário da Cidade dando-lhes títulos de cidadania e diplomas de honra ao mérito. Com certeza, novamente este ano, títulos serão dados a personagens que nunca souberam onde fica Taquaritinga e diplomas àqueles que nunca mexeram uma agulha pelo município. Assim fica difícil levar a sério a cidade onde nasceram nossos pais e avós e criamos nossos filhos e nossos netos.

__________________________________________________

Sexta-feira, 6 de julho de 2018

  • O suplente de vereador Rollo (de Guariroba) está se firmando, ao lado do vice-prefeito Luiz Fernando Coelho da Rocha, como representante do partido Solidariedade no Município. Ele inclusive tem ficado ao lado do prefeito Vanderlei Mársico nos vários embates pela Cidade. É para a população conferir nas eleições de 2020.
  • Rollo é uma pessoa extremamente querida nos círculos sociais da Cidade, sempre disposto a auxiliar o próximo (principalmente nas campanhas de doação de sangue e afins) e com seu ingresso no Solidariedade, do deputado Paulinho da Força, a agremiação política deve ganhar mais correligionários em Taquaritinga. Vamos ver.
  • Escrevendo sobre eleições, tem-se a informação (ainda não confirmada oficialmente) de que a legenda do PSOL pode lançar o nome do professor Dorival Borelli como pré-candidato a deputado estadual em outubro deste ano. Borelli foi candidato a prefeito na eleição passada e agora deve fazer dobradinha com deputado federal Ivan Valente.
  • O PSOL tem crescido paulatinamente no Município e tem a pretensão de eleger pelo menos dois representantes à Câmara Municipal na próxima eleição. Na passada, o jovem Danilo Fischer, candidato a vereador, teve votação expressiva, mas a legenda com Dorival Borelli e Mariana Milhossi (candidata a vice) não vingou na Cidade Pérola.
  • Já o Partido dos Trabalhadores (com o sociólogo Ico Curti) comenta-se que lançará um jornal de debates para tratar de vários assuntos pertinentes a Taquaritinga, entre eles mobilidade urbana, sexualidade, racismo, etecétera e tal. Algumas pessoas da Cidade já estão sendo contatadas para engrossar a lista de colaboradores. É bem conveniente.
  • O PT fez um expurgo em suas fileiras depois da crise que enfrentou a nível nacional e em Taquaritinga não foi diferente. A velha guarda do partido voltou assumir comando do partido e agora pretende ser uma nova opção em 2020 para nossos conterrâneos. Com a publicação impressa, a impressão que se dá é de que a força jovem vai levantar.
  • Também o Partido Democrático Trabalhista (PDT) deve ter nova força em Taquaritinga agora com o jovem Caio Forcel, que vem batalhando pelas solicitações dos moradores do Jardim do Bosque e adjacências e já tem larga experiência política como assessor parlamentar da deputada Beth Sahão, que tem ajudado com verbas nosso Município.
  • Outro que deve ingressar no PDT é o atual presidente da Câmara Municipal, vereador Rodrigo de Pietro, cujo pai, combativo ex-vereador, deve apoiar os candidatos Rafael e Ricardo Silva ao parlamento paulista ainda este ano. Rafael já é deputado e Ricardo, candidato derrotado a prefeito de Ribeirão Preto, faz primeira tentativa à Assembleia.
  • O prefeito Vanderlei Mársico, aliás, não se cansa de orientar os taquaritinguenses para que votem especificamente nos parlamentares que têm ajudado a Cidade nos últimos tempos. Segundo ele, mais de 300 deputados foram votados em Taquaritinga nas eleições e a maioria deles nem voltou para agradecer. O alcaide tem carradas de razão.
  • Mársico, aliás, está todo feliz e saltitante. É que praticamente 100% dos equipamentos do Almoxarifado da Prefeitura Municipal foi transferido para o prédio da antiga Stéfani S/A. Agora, o chefe do Executivo inicia a mudança de outros departamentos do antigo prédio do Clube Imperial para o prédio que vai abrigar nova Prefeitura de Taquaritinga.
  • A Câmara de Taquaritinga está em recesso parlamentar e os vereadores aproveitam para estreitar laços com seu eleitorado. Muitos deles têm sido visto pelos bairros, em reuniões com os moradores, atitude que merece encômios. Atitude esta, porém, que deveria ser mantida durante o ano todo. Afinal, o vereador é representante do povo.

__________________________________________________

Sexta-feira, 29 de junho de 2018

  • O prefeito Vanderlei não conseguiu devolver o cartão alimentação aos servidores públicos municipais (aposentados e pensionistas) conforme tinha prometido. Ele  afirma que continua buscando uma alternativa, até agora em vão. Está tudo travado.
  • Com isso, as relações políticas do chefe do Executivo com o funcionalismo continuam tensas. Embora o alcaide tenha ficado frente a frente, olho no olho, com larga parcela dos servidores no Almoxarifado, os problemas prosseguem atormentando o prefeito.
  • É que ainda é enorme o grau de insatisfação entre os funcionários da Prefeitura de Taquaritinga, já que o salário do servidor local é o menor de toda região e os 2,5% de aumento dado pelo Executivo não caiu bem entre todos trabalhadores (de verdade).
  • Apesar de tudo, não se fala mais nos corredores da Municipalidade sobre as pretensas mudanças no secretariado da administração Marsico/Coelho da Rocha, por conta de algumas críticas já ouvidas do lado de correligionários do ex-prefeito Paulo Delgado.
  • Alguns problemas, todavia, deverão ficar guardados nas gavetas por conta do recesso parlamentar (julho) e das festividades de aniversário da Cidade (agosto), quando os vereadores se preocupam mais em conceder moções de aplauso e títulos de cidadania.
  • Na verdade, os trabalhos só voltam mesmo para valer em setembro, ao florescer da primavera, quando as eleições gerais já estarão apontando os prováveis novos comandantes do país e os políticos da Cidade alçam voos visando novos benefícios.
  • O que voltou à tona nas últimas sessões antes do recesso parlamentar foi a compra do prédio da antiga Stéfani S/A. Para os vereadores oposicionistas e parte da população foi um tremendo tiro no pé que provocará seqüelas num futuro não muito distante.
  • O vereador Denis Machado deverá continuar engrossando as fileiras do time que não concorda com os rumos da administração Mársico/Coelho da Rocha, ficando para os edis Wadinho Peretti e Valcir Zacarias dar o peso da balança nos embates da Câmara.
  • A moda de reivindicar lombadas e murunduns nas esquinas de Taquaritinga prossegue no legislativo local. A coisa cresceu tanto que foi parar até na pacata Vila Negri e por causa da alta velocidade de alguns veículos o distrito vai ter que suportar as lombadas.
  • Além de tornar feias as vias públicas, os molejos dos automóveis são prejudicados e a própria mobilidade do trânsito sofre conseqüências. Não se sabe como os murunduns viraram moda no Município, mas é uma péssima ideia e até mesmo de alto mau-gosto.
  • Bem fez o prefeito Vanderlei, que determinou o preenchimento daquelas valetas que aterrorizavam os motoristas. Aquela do cruzamento das ruas Rui Barbosa e Tiradentes, então, provocava verdadeiro pânico. Parabéns a administração municipal. Alvíssaras.
  • Falando no chefe do Executivo, ele reclamou em seu programa de sábado na rádio de sua propriedade do atual governador de SP Márcio França (do PSB) que não distribui recursos para Taquaritinga. “Ele está retaliando nossa Cidade”, exclamou Mársico.
  • Mas, segundo o prefeito, “as eleições estão aí mesmo”, referindo-se indiretamente a votação da população taquaritinguense. Marsico tem pedido insistentemente para que a Cidade vote nos candidatos que ajudam o Município com recursos e verbas plenas.

__________________________________________________

Sexta-feira, 22 de junho de 2018

  • Também o vereador Ângelo Bartholomeu (o popular Angelim Barbeiro), preocupado com pedestres em risco, fez indicação na sessão ordinária de segunda-feira (18), na Câmara de Taquaritinga, para que o prefeito Vanderlei Mársico determine a instalação de um redutor de velocidade na Avenida Gabriel Cavalheiro, no sentido de quem desce da Avenida Mário da Silva Camargo para a Avenida Paulo Roberto Scandar, nas proximidades da Praça Tóquio. Angelim foi categórico aos afirmar que, nesse trecho, carros e motos desenvolvem velocidade acima do tolerável, colocando pedestres em risco e pede providências.
  • O vereador Denis Machado, que vem cobrando mais da atual administração, desabafou na última reunião legislativa: “a gente poderia ter uma sessão de Câmara mais tranqüila, mas qualquer coisa que alguém falar, logo outro vereador joga um monte de farpas em cima”. Ele não está errado. Como já cansamos de repetir neste espaço, lamentavelmente a Câmara se transformou num ninho de vaidades pessoais. Não discute os problemas coletivos, mas os particulares, o que não é de bom alvitre na seara política. Como lembrou o vereador Angelim Barbeiro dias atrás: “é muito holofote para poucos candidatos”.
  • O vereador Tenente Lourençano fez questão de entregar Moção de Aplauso à coordenação de Festa da Comunidade São Bento de Vila Negri por ter reativado a tradicional festa-quermesse em louvor a São Bento. Depois de vários anos de paralisação, a quermesse, realizada de 7 a 29 de abril de 2018, foi um sucesso de público e arrecadação. Com a reativação dos festejos, a coordenação, com muito trabalho e dedicação, uniu novamente a comunidade católica e levantou a auto-estima dos moradores do Distrito de Vila Negri, disse o vereador.
  • Moção de repúdio foi endereçada ao governo federalpelos vereadores CidoBolivar e Profº Caio Porto na última sessão da Câmara. A razão é o remanejamento das verbas do esporte convencional, do paradesporto, bem como da cultura, para a criação do Fundo Nacional de Segurança, conforme medida provisória. Assinada pelo presidente da República, a medida, veementemente combatida pela sociedade, vai contra o desenvolvimento desses setores, que já contam com recursos escassos. A moção de repúdio foi subscrita pelos vereadores Marcos Bonilla, Tonhão da Borracharia, Juninho Previdelli e WadinhoPeretti. A medida atinge também os esportes em Taquaritinga.
  • O prefeito Vanderlei Mársico desabafou na terça-feira (19) na emissora de sua propriedade: “Não sei o que estão querendo mais, estou fazendo o que posso, com o dinheiro que eu tenho. Isso é administrar, fora disso é balela e inveja de pessoas que querem entrar no meu lugar. Pegue o meu lugar”, ironizou. “Pode pegar, eu não sou apegado ao poder”. Mársico fez questão de dizer que está “prefeito por acaso. Se eu sonhei um dia ser prefeito? Não”. E confessou taxativamente: “Minha candidatura passou pelas mãos de Juninho Previdelli”. “Sou legalista, mas não queria ser prefeito. Estou aqui para resolver o problema da Cidade e do funcionalismo público municipal”.
  • Muitos duvidam, mas a cada semana que passa, cresce no Município o apoio a candidatura do vereador Tonhão da Borracharia à presidência da Câmara lançada por ele mesmo na penúltima sessão legislativa. Homem simples, afinado com os anseios populares, Tonhão tem cativado gordas fatias da população. Se depender do carisma, o vereador que representa a região do Jardim Buscardi deve abocanhar uma larga parcela da simpatia da periferia. Infelizmente, somente os vereadores tem direito a voto para eleger a Mesa Diretora da Câmara. Só nos resta a votação secreta.
  • O prefeito Vanderlei, aliás, voltou a reclamar que “devo ter chutado a santa, pois tudo de ruim acontece no meu governo”. O alcaide não chutou a santa. Quem chutou foi o pastor da Igreja Universal do Reino de Deus. A verdade é que, ao formar sua equipede governo, o alcaide foi na onda do ex-prefeito Paulo Delgado e escolheu mal seus coordenadores, diretores e secretários. Deveria ter nomeado seus correligionários para não ficar sozinho como está ficando. O poder é altamente solitário quando não se está por cima. Vanderlei tem que sacudir a poeira e dar a volta por cima. Contrário, vai amargar um ostracismo terrível e ninguém quer o mal do chefe do Executivo.

__________________________________________________

Sexta-feira, 15 de junho de 2018

  • O dançarino Jhonatas Fidelis, que esteve na Câmara segunda-feira (11) para receber, juntamente com seus colegas da ACADES (Associação Cultural Artística e de Desenvolvimento Social), moção de aplauso pela participação no Festival Internacional de Dança e Jundiaí, na modalidade street dance, no mês de maio, não cumprimentou o vereador Marcos Marona (o Bonilla) durante a homenagem. Bonilla foi o único edil a votar contra a entrega da moção, alegando suposta ligação de Fidélis com o caso de “Maria Dolores”, que teria denegrido a imagem do vereador.
  • O esqueleto do chamado “shopping Salvagni” continua dando muito pano para manga. Já foi alvo até de investigação judicial por conta de adolescentes que usam aquele espaço para o consumo de drogas e álcool. Agora o vereador Mirão Basso pede com a máxima urgência o fechamento com tijolos da entrada do prédio localizado no Parque Residencial Laranjeiras. Não sabemos se a providência vai resolver o problema, já que alguns jovens costumam “escalar” as paredes do tal shopping (um deles, tempos atrás, inclusive ameaçava se jogar da estrutura de concreto), mas a tentativa vale a pena.
  • De repente, não mais que de repente, o vereador Tonhão da Borracharia lançou sua candidatura a presidência da Câmara Municipal, para substituir o jovem Rodrigo de Pietro, que se lançou com muita avidez ao pote de mel e acabou se lambuzando todo. Muita gente da base situacionista (inclusive aqueles indicados pelo prefeito Vanderlei) desdenhou da candidatura de Tonhão, que vai enfrentar Mirão Basso e até (provável) Beto Girotto, cujo desejo é concorrer a prefeito de Taquaritinga, a mesma aspiração que move Marcos Marona (o Bonilla). Talvez Vanderlei também concorra a re-eleição.
  • O vereador CidoBolivar pretende estudar melhor o projeto de lei, já enviado pelo Executivo, que prevê a mudança da data-base da categoria dos servidores públicos municipais, para depois do fechamento do primeiro quadrimestre de cada ano. O objetivo é mudar a data-base de janeiro para maio. Líderessindicais não engoliram essa mudança, apesar do prefeito de Taquaritinga ter argumentado que data-base em janeiro dificulta em muito as burras municipais. A população quer ter mais informação.
  • WadinhoPeretti fez questão de enviar moção de aplauso ao Dr. Roberto Y. Ogasawara pelo brilhante trabalho à frente da presidência da 75ª subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) de Taquaritinga. Como todos os vereadores subscreveram,importante ressaltar que o Dr. Roberto é de família honesta e trabalhadora, honrando sobremaneira a colônia japonesa em Taquaritinga e região. Proprietária do Varejão Taquarão, a Família Ogasawara estará dignamente representada por um dos filhos.
  • Depois de entrar no clima de instalação de lombada (a praga virou moda até na Câmara de Vereadores de Monte Alto) pelas ruas da cidade, o vereador Genésio Valensio agora solicita pintura da sinalização do estacionamento de motos, situado na Rua dos Domingues, ao lado do estacionamento da Unimed. Como também em diversos cruzamentos da Cidade, há a necessidade da pintura visto que as faixas foram apagadas pela ação do tempo e carros estão estacionando por cima delas. Não sabemos, população, exatamente se falta tinta refletiva na Comutran. Pau na jaca!
  • Em diversos próprios municipais, o acúmulo de pombos vem gerando problemas até mesmo por conta das doenças respiratórias, apesar as providências tomadas pela Prefeitura Municipal. Quando a situação chega no interior de creches, os problemas pioram sem dúvida. Sem consciência, os moradores alimentam os pombos e sua ninhada pela Cidade duplica. Muitos prefeitos já esquentaram a cabeça por causa deles (fazer o quê? Matá-los não pode!). Com o atual, Vanderlei Mársico, não será diferente. Talvez uma campanha para não alimentar os pombos resolvesse o caso.
  • Voltou a ficar difícil para os idosos caminhar pela Praça Dr. José Furiatti (a pracinha da Santa Casa), tamanha a quantidade de buracos e pedrinhas soltas na calçada, oferecendo riscos aos seus freqüentadores. Quando bem colocadas, as pedrinhas até colaboram para uma linda ornamentação do jardim, mas do jeito que está poucos ousam atravessar a praça, principalmente durante a noite. Por ser em sua maioria pessoas que necessitam de maior cuidado, os freqüentadores reivindicam urgentes providências por parte da administração pública de Taquaritinga. E já está avisado!

 

 

 

 

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."