Dicas do Bombeiro Educador

Por: Luciano Azevedo

Sexta-feira, 20 de abril de 2018

PREVENÇÃO DE INCÊNDIOS!! 

O fogo é formado por quatro elementos: Calor + Combustível + Oxigênio + reação química em cadeia.
Apagar o fogo significa retirar um desses fatores, ou seja:

  • Resfriar = tirar o calor
  • Abafar = tirar o oxigênio
  • Remover o material = tirar o combustível
  • Impedir o contato entre os três = quebrar a reação em cadeia.

PRINCIPAIS CLASSES DE INCÊNDIO

  • A – Sólidos combustíveis
  • B – Líquidos / Gases inflamáveis
  • C – Materiais energizados

QUAL O EXTINTOR IDEAL?

  • Cada extintor deve ser usado para uma classe de incêndio. É muito importante que todos eles passem por manutenção anual.
  • Água Pressurizada = Indicado para incêndios do tipo A. Para fogo em papel, madeira, cama e sofá. NÃO UTILIZE EM EQUIPAMENTOS ELÉTRICOS.
  • Pó Químico Seco = Indicado para incêndios do tipo B. Para fogo em gasolina, derivados de álcool, graxa e solventes.
  • Gás Carbônico = Indicado para incêndios do tipo C. Para fogo em equipamentos elétricos.

O QUE FAZER EM CASO DE INCÊNDIO?

1 – Identifique a situação.
2 – Retire as pessoas do local sempre pelas escadas de emergência.
3 – Chame os Bombeiros pelo telefone 193.
4 – Desligue a energia elétrica e o gás.
5 – Aguarde os Bombeiros e tente fornecer as seguintes informações:
*Se há vítimas onde estão.
*Aponte os melhores acessos até a região
*Informe o local exato da emergência
*A provável causa do incêndio.

PLANO DE ABANDONO DA EDIFICAÇÃO, COMO DEVE SER?

*Deve ter uma planta do imóvel, onde estejam localizadas todas as informações contra incêndios: local dos extintores, hidrantes, rotas de fuga e saídas de emergência.
*Descrever quais as ações e responsabilidades da Brigada de Incêndio.
*Quais as orientações e procedimentos para os ocupantes, moradores e funcionários do prédio, em caso de incêndio.
*Estabelecer e comunicar a todos um ponto de encontro, do lado de fora do edifício.
*Treinar, ao menos duas vezes por ano, esse procedimento de abandono.

OBS: é obrigatório que todo condomínio ou edifício tenha o Auto de Vistoria do Corpo de Bombeiros, o AVCB.
Converse com o síndico e vizinhos sobre a importância desse assunto.

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga   

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

___________________________________

Sexta-feira, 13 de abril de 2018

HEMORRAGIA, O QUÊ FAZER?

Hemorragia ou sangramento significa a mesma coisa, isto é, sangue que escapa dos vasos sanguíneos (artérias, veias ou capilares). Podem ser definidas como uma considerável perda do volume sanguíneo circulante. O sangramento pode ser interno ou externo e em ambos os casos são perigosos.
Para melhor compreender o significado de uma perda sanguínea, é importante relembrar as cinco funções dos sangue. São elas:

1- Transporte dos gases: oxigênio e gás carbônico em combinação com a hemoglobina.

2- Nutrição: transporte de nutrientes através do plasma

3- Excreção: de substâncias nocivas ao organismo.

4- Proteção: através dos glóbulos brancos.

5 – Temperatura: controle da temperatura corporal.

GRAVIDADE DAS HEMORRAGIAS

Depende de alguns fatores como; se é arterial ou venoso; origem do sangue; quantidade de sangue perdido; idade, peso e condição física da vítima; se afeta a respiração.
Inicialmente as hemorragias produzem palidez, sudorese, agitação, pele fria, fraqueza, pulso fraco e rápido, baixa pressão arterial, sede, e por fim, se não controladas, estado de choque e morte.

TIPOS DE CURATIVOS

  • Curativo Compressivo:  recomendado para controlar sangramento em ferimentos. A compressa de gaze é perfeita como compressivo, pois adapta-se a maioria dos ferimentos, na falta da gaze pode-se utilizar um pano limpo.
    Aplique pressão manual sobre o ferimento, por meio de curativo, até que a hemorragia cesse ou diminua; a pressão contínua é mantida com a aplicação firme de uma atadura sobre a parte lesada.
  • Curativo Oclusivo: utilizado em ferimentos aspirantes do tórax ou ferimentos abertos no abdômen . Geralmente é feito com papel aluminizado (Manta aluminizada) (Não é papel aluminizado utilizado na cozinha) ou plástico esterilizado.
    O papel aluminizado por não ser aderente é o mais recomendado para fazer o curativo. Este material pode ser usado também para envolver bebês recém nascidos, pois tem a propriedade de manter a temperatura corporal.

COMO AGIR EM UMA HEMORRAGIA EXTERNA?

*Comprima diretamente sobre a ferida com sua mão (protegida por luva descartável), ou com a ajuda de um pano limpo ou gaze esterilizada, para prevenir a infecção.

*Mantenha a região em uma posição mais elevada que o resto do corpo, para diminuir o sangramento.

*Se possível, fixe o curativo com uma atadura de crepe.
Se o sangramento persistir após uma aplicação de curativo, não o remova e coloque outro curativo sobre o primeiro exercendo uma pressão mais adequada.

*JAMAIS UTILIZE torniquete para para estancar um sangramento, pois esse procedimento pode causar gangrena do membro afetado devido a falta de irrigação sanguínea para a parte abaixo do torniquete. Este procedimento é permitido exclusivamente em situações de amputação traumática como ultimo recurso.

*Não faça compressão manual quando suspeitar de fratura no membro afetado.

*Acione o serviço de emergência pelo telefone 192 (SAMU) ou 193 (Corpo de Bombeiros)

HEMORRAGIA INTERNA

O sangramento interno é difícil de identificar e resulta, geralmente, de trauma fechado ou de certas fraturas (como fratura pélvica). Embora não seja visível, o sangramento interno pode ser bastante sério, até mesmo fatal, pois pode provocar choque rapidamente.
Você deve suspeitar de sangramento interno com base nos sinais e sintomas, assim como no mecanismo da lesão.
Na hemorragia interna, a perda de sangue não é evidente, mas pode ser vista através de sinais que a vítima possa apresentar como palidez, suor frio, tontura, pulso fraco, lábios e dedos arroxeados e sede.

Nesses casos, deve-se chamar o socorro especializado (SAMU – 192 OU BOMBEIROS 193). Após isso, coloque a vítima deitada e mantenha contato com ela, conversando, com o objetivo de avaliá-la. Veja se ela se encontra lúcida e orientada em relação a sua identificação, ao que aconteceu, onde se encontra. Espere o socorro chegar e não forneça nenhum líquido à vítima. Além disso, lateralize sua cabeça, caso NÃO haja suspeita de lesão na coluna cervical, de modo que evite engasgo, caso ocorra o extravasamento de sangue em forma de vômitos.

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga   

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

___________________________________

Sexta-feira, 06 de abril de 2018

REANIMAÇÃO CÁRDIOPULMONAR (RCP)

A reanimação cárdiopulmonar (RCP) é um procedimento de emergência aplicado quando constatamos que a vítima teve uma parada das atividades do coração e do pulmão. Quando isso ocorre, é possível ao socorrista, por meio da combinação de compressões torácicas com ventilação de resgate, manter artificialmente a circulação e a respiração da vítima até que haja um socorro médico adequado.

PRINCIPAIS CAUSAS DA PARADA CARDÍACA:
-Doenças cardiovasculares, afogamentos, choque elétrico, trauma de crânio, etc.

FATORES DE RISCO PARA DOENÇAS CARDÍACAS:

* FUMAR – Um fumante tem 70% a mais de probabilidade de sofrer um ataque cardíaco em relação a um não fumante;

* ALTA PRESSÃO ARTERIAL – A hipertensão arterial é a principal causa dos ataques cardíacos e dos acidentes vasculares cerebrais. Recomenda-se verificar a pressão arterial pelo menos uma vez a cada seis meses;

* ALTO NÍVEL DE GORDURA NO SANGUE – Um médico poderá facilmente medir o nível de colesterol no sangue com um simples teste. Uma alimentação equilibrada, com uma dieta de baixo nível de colesterol e gorduras, poderá ajudar a controlar esses níveis.

* DIABETES – A diabetes aparece mais frequentemente durante a meia idade, muitas vezes em pessoas com peso corporal excessivo. Somente exames médicos periódicos poderão identificar adequadamente esta enfermidade e recomendar um programa adequado ao seu controle.
Existem ainda fatores que contribuem indiretamente com os problemas cardíacos, tais como a obesidade, a inatividade e o estresse.

COMO AGIR ?

1- Ligue 192 SAMU ou 193 BOMBEIROS. Chame o socorro imediatamente, verifique os sinais de respiração;

2- Se esta sem respiração ou agoniza para respirar, deite a vítima de costas, numa superficie rígida;

3- Posicione seus braços estendidos, com os dedos entrelaçados no centro do tórax da vítima, entre os mamilos;

4- Utilize o peso do seu corpo e inicie compressões torácicas de forma rápida e forte;

5- A manobra deve ser efetuada com frequência mínima de 100 compressões por minuto e permita o retorno total da parede do torácica da vítima;

6- Não interrompa as compressões até a chegada do socorro.

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga   

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

___________________________________

Sexta-feira, 30 de março de 2018

ACIDENTES EM CASA: COMO PREVENIR?

​Os acidentes dentro de casa são bastante comuns. Cerca de 75% das quedas de idosos acontecem no próprio lar.

Aqui vão algumas dicas de como prevenir os acidentes domésticos.

ACIDENTES COM IDOSOS:

1- Mantenha a casa bem iluminada. Instale abajures e telefones próximos à cama;

2- Instale barras fixas ao lado do chuveiro e do vaso sanitário;

3- Utilize sempre a escada doméstica.

Não confie em banquetas para acessar armários ou trocar lâmpadas;

4- Se necessário, tome banho sentado para evitar quedas;

5- Esteja atento a ambientes molhados e encerados;

6- Não coloque tapetes soltos ao lado de escadas e corredores;

7- Chinelos ou sapatos inadequados ou em más condições podem provocar quedas.

ACIDENTES COM CRIANÇAS:

1- Instale portões nas extremidades das escadas;

2- Proteja as tomadas elétricas;

3- Retire dos berços e cercadinhos almofadas, cobertores soltos, bichos de pelúcia e protetores – podem sufocar o bebê;

4- Pequenos objetos, como botões e moedas, no chão ou em cima de mesas e lugares baixos, podem asfixiar a criança, tenha cuidado;

5- Mantenha as panelas com o cabo sempre voltado para o fogão;

6- Evite armazenar produtos de limpeza em garrafas pet. Mantenha os medicamentos longe do alcance das crianças.

EM CASO DE EMERGÊNCIA:

1- Mantenha a calma!

2- Passe o endereço da emergência com nome da rua, número, bairro, cidade e um ponto de referência;

3- Confie e responda as perguntas do atendente do Corpo de Bombeiros;

4- O serviço 193 destina-se a emergências.

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

___________________________________

Sexta-feira, 23 de março de 2018

O QUE FAZER EM ÉPOCAS DE CHUVAS INTENSAS?

Consulte sempre as previsões de chuvas nos meios de comunicação. Tome conhecimento dos pontos de alagamentos e faça rotas alternativas para evitá-los.

EVITE ENCHENTES:

* Antes da época de chuvas, mantenha calhas e ralos da residência limpos.

* Não jogue lixo nas ruas. Eles são facilmente levados a bueiros e podem causar entupimento.

* Programe-se para colocar o lixo em horários próximos a coleta pública. Nunca deixe nas sarjetas.

* Procure a prefeitura para saber se sua residência está em área de risco.

COMO AGIR DURANTE UM TEMPORAL? (SE ESTIVER A PÉ)

* Se estiver em local seguro, não se aventure em correntezas ou inundações. A força das águas podem derrubar pessoas (basta uma altura de 15cm de correnteza) e até arrastar veículos.

* Só ande pela enchente se for para sair de uma situação de risco. Siga sempre pelo lado oposto a postes de energia e fique próximo a muros.

* Não ande pela rua, próximo a sarjetas – há risco de cair em bueiros abertos.

* Se a água invadir sua casa, saia e procure um local seguro.

SE ESTIVER DE CARRO:

* Nunca enfrente a inundação. O limite da altura da água é a do escapamento, do carro ou da motocicleta.

* Se for surpreendido por um grande alagamento, abandone seu carro e vá para um local seguro.

* Durante temporais é muito comum a queda de árvores, não estacione o veículo, nem permaneça em baixo delas.

* Evite passar por pontes ou passarelas improvisadas.

EM CASO DE EMERGÊNCIA:

* Mantenha a calma. Ligue para o 193, o telefone de emergência do Corpo de Bombeiros.

* Passe o endereço da emergência com nome da cidade, rua, número e algum ponto de referência.

* Confie e responda as perguntas do atendente do Corpo de Bombeiros.

* O serviço 193 destina-se a emergências.

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

___________________________________

Sexta-feira, 16 de março de 2018

DICAS DE SEGURANÇA – FOGO EM PANELA.

* Durante a utilização do fogão, certifique-se de não deixar as bocas liberando gás sem chamas.

* Sempre que sair de casa, apague qualquer chama no fogão ou forno.

* Redobre a atenção se na residência tiver idosos com problemas de memória.

* Não permita que crianças utilizem o fogão.

EM CASO DE FOGO:

* Tente tampar a panela com a própria tampa, ou pano molhado para abafar o fogo.

* Desligue o gás que alimenta o fogão.

* Ventile o local abrindo portas e janelas, pois a fumaça de determinados alimentos, como o feijão, é tóxica.

* NUNCA jogue água em panelas que contenham óleo pegando fogo.

* Ligue 193 – o telefone de emergência do Corpo de Bombeiros

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

______________________________

Sexta-feira, 9 de março de 2018

BOTIJÃO DE GÁS EXPLODE?

O botijão de gás (GLP) é feito para não explodir, quando ele atinge uma alta temperatura num incêndio, a válvula de segurança, que é feita de estanho, se rompe para que não ocorra uma pressão interna no recipiente, assim, essa válvula libera o gás do interior do botijão, aliviando a pressão. O que realmente ocorre é uma explosão ambiental, onde devido ao vazamento de gás o ambiente fica gaseificado e quando em contato com uma fonte externa de calor, como por exemplo o simples fato de acender a luz, ocorre a explosão.

DICAS DE SEGURANÇA:

1- Verifique periodicamente se o registro, bem como se a Mangueira de Gás esta dentro do prazo de validade e se possuem o selo do Inmetro. se tiver vencido substitua.

2- Recuse botijões sem o lacre da distribuidora na válvula, muito amassados, enferrujados e com as alças soltas.

3- Não faça extensões na mangueira de gás, juntando várias delas.

4- Ao ligar um Gás novo, faça o teste com a esponja com sabão, tanto no registro e na boca do botijão para verificar se não esta escapando Gás (Soltando Bolhas), se estiver retire e rosquei novamente, até encaixar perfeitamente.

Nada de colocar sabão em pedra ou chiclete para tapear o vazamento.

5- O botijão deve permanecer sempre na posição vertical, nunca deitado.

6- Não armazene o botijão de gás em lugares fechados (como armários de cozinha), preferindo armazená-lo do lado de fora da cozinha em local arejado, coberto e protegido das intempéries.

7- Jamais passe a mangueira por trás do fogão. Se for necessário alterar a posição de entrada de gás, chame profissionais credenciados pelo fabricante do fogão.

8- Armazene o botijão a uma distância mínima de 1,50m de tomadas, interruptores, instalações elétricas, ralos ou grelhas de escoamento de água.

9- Feche o registro de gás sempre que não estiver usando o fogão.

10- verifique periodicamente se a mangueira entre o botijão e o fogão esta bem firme e com se o lacre de segurança com o parafuso devidamente apertado.

11- Em caso de suspeita de vazamento de gás feche o registro de gás, não acione interruptores de eletricidade, alerte e afaste as pessoas do local, abra portas e janelas, não acenda fósforos ou isqueiros e retire o botijão para um local aberto, ventilado e longe de fonte de ignição.

12- Com ou sem fogo, retire as pessoas do local e ligue imediatamente para o Corpo de Bombeiros pelo 193. Se possível, utilize extintor de incêndio de pó químico seco para apagar as chamas.

* O serviço 193 destina-se a emergências.

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

_______________________

Sexta-feira, 2 de março de 2018

O BEBÊ ENGASGOU? – O QUÊ FAZER!

Peça para alguém ligar para o 193 o telefone de emergência do Corpo de Bombeiros. Ao ligar lembre-se:

* Mantenha a calma e se identifique;

* Fale pausadamente o fato;

* Fale sua localização e um ponto de referência;

* Se possível, peça para alguém aguardar na rua a chegada da viatura;

* Deite o bebê de costas em seu antebraço, mantenha a cabeça num plano inferior ao tórax;

* Com a palma da mão em concha, segure a cabeça do bebê;

* Abra a boca do bebê e observe se há objetos que o impeçam de respirar;

* Só coloque o dedo na boca do bebê se estiver vendo algum objeto, e retire-o com cuidado;

* Se o bebê ainda não respira, faça a liberação das vias aéreas elevando ligeiramente o seu queixo. Mantenha a boca do bebê aberta;

* Envolva a boca e o nariz do bebê com sua boca. Com o ar da sua bochecha faça duas ventilações, mantendo as vias aéreas abertas, sempre apoiando a cabeça do bebê. Observe se há expansão torácica.

* Não havendo expansão torácica, passe o bebê para o outro braço, virando-o de bruços e coloque a cabeça para baixo.

* Segure firmemente a cabeça do bebê pela mandíbula, e com o dedo indicador, abra sua boca.

* Localize o centro entre os ombros do bebê, com a base da mão efetue 5 palmadas. Faça o giro retornando a posição original.

* No meio da linha imaginária dos mamilos, efetue cinco compressões com os dedos anelar e médio.

* Abra a boca do bebê novamente, visualize se há objetos e retire-os com cuidado.

* Se obtiver sucesso, mantenha o bebê sob observação. Não deixe de levá-lo ao Pronto Socorro para avaliação médica.

* Se o bebê não desengasgar, repita a sequência até que ele desengasgue ou até a chegada dos Bombeiros.

* Se o bebê mostrar inconsciência, reinicie as compressões torácicas, em uma quantidade média de 100 movimentos por minuto. NÃO interrompa até os Bombeiros chegarem, ou o bebê começar a chorar.

Lembre-se, por mais difícil que seja a situação, MANTENHA A CALMA e siga as instruções do atendente do Corpo de Bombeiros.

* O serviço 193 destina-se a emergências.

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

_______________________________________________

Sexta-feira, 23 de fevereiro de 2018

Dicas que podem prevenir acidentes com energia elétrica

Seja dentro de casa ou na rua, todo o cuidado é pouco quando o assunto é eletricidade. Por isso, confira as dicas de segurança que podem ser uteis no dia a dia dos leitores.

Árvores x rede elétrica

– Ao plantar uma árvore, deixe uma distância de pelo menos 1m20cm da rede elétrica.

– Redobre o cuidado ao subir em árvores ou utilizar varas e barras metálicas para tentar colher frutos ou sementes. A rede elétrica pode passar perto dos galhos e provocar grave acidente.

– Não tente podar árvores próximas à rede elétrica, pois os galhos podem tocar os fios e energizar a árvore. Contate a concessionária da sua cidade para fazer o serviço.

Na rede elétrica

– Ao encontrar um fio elétrico solto ou partido na rua, não se aproxime e não deixe outras pessoas se aproximarem, pois pode estar energizado. Comunique os bombeiros pelo telefone 193, para isolar o local, em seguida acione a concessionária da sua região para realizar o reparo.

– Não suba em postes ou estruturas da rede elétrica.

– Jamais energize cercas ou faça ligações clandestinas, pois as práticas são criminosas.

Ao construir, reformar ou realizar pequenos serviços

– Se o seu telhado for próximo da rede elétrica, chame a concessionária antes de iniciar os trabalhos.

– Atenção redobrada a obras nos andares superiores, pois ficam próximos da rede de alta tensão.

– Cuidado para não tocar nos fios da rede elétrica ao manusear vergalhões, arames, réguas e outros materiais metálicos.

Ao instalar antenas

– Procure fixá-las longe dos fios da rede elétrica, calculando uma distância segura para que, em caso de queda, elas não toquem nos fios.

Na hora da diversão

– Pipas ou papagaios devem ser soltas somente em lugares onde não há existência de fios da rede elétrica, como parques, praias e campo de futebol.

Na área rural

– Nunca utilize varas de bambu ou madeira para levantar cabos para a passagem de veículos e equipamentos.

– Abaixe as barras do pulverizador ao passar debaixo dos fios da rede elétrica.

– Queimadas perto de linhas são proibidas. O fogo ou mesmo o excesso de calor danificam os cabos e as estruturas, causam curto-circuito e interrompem o fornecimento de energia.

Segurança em casa

– Jamais toque em instalações elétricas ou aparelhos quando estiver com as mãos, os pés ou as roupas molhadas.

– Não deixe a fiação ao alcance das crianças e dos animais de estimação.

– Só mude a chave seletora do chuveiro (inverno/verão) com ele desligado.

– Ao trocar uma lâmpada, não toque na parte metálica.

– Não utilize extensões ou benjamins. Ligue um aparelho em cada tomada.

– Desligue sempre a chave geral ou o disjuntor antes de fazer manutenção ou reparos nas instalações elétricas.

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

__________________________________________

Sexta-feira, 16 de fevereiro de 2018

Prevenção é a palavra-chave para evitar incêndios domésticos

As residências são, frequentemente, passíveis a incêndios devido aos diversos fatores como instalação elétrica inadequada, superaquecimento de aparelhos eletrônicos, vazamentos de gás e acúmulo de matérias inflamáveis. Além dessas razões, o descuido com velas e cigarros próximos à cortina, camas e outros tecidos podem provocar chamas e rápida disseminação em outros ambientes da casa, tornando a situação incontrolável e conferindo risco aos moradores.

Prevenção é a palavra-chave para tornar sua casa um ambiente mais seguro. Confira algumas dicas e orientações para deixar a sua residência menos suscetível a incêndios domésticos:

Em casa:

– Não permita cortinas compridas ou tapetes sobre fios elétricos nem os passe atrás de moveis;

– Não esqueça o ferro de passar roupa ligado;

– Evite vazamento de gás de cozinha, verifique se há vazamento no registro, usando espuma de sabão.

– Ao acender a lareira ou churrasqueira, não use líquidos inflamáveis como álcool , solventes e outros, de preferencia ao uso de álcool gel;

– Se possível, coloque seu botijão fora de casa, obedecendo às orientações do fabricante para sua instalação;

– Lembre-se de fechar o registro do gás quando for dormir ou quando não estiver usando;

– Ao chegar em casa, se sentir cheiro de gás, não acenda a luz, pois isso pode ocasionar uma explosão;

– Não fume na cama ou quando estiver com sono;

– A vela deve ser usada sempre em recipiente próprio ( copo ou prato de vidro, por exemplo). Se o vento bater e derrubara vela, ela ficara presa impedindo que caia sobre um  móvel ou tecido.

_______________________________________________________________

Sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

Dicas para um Carnaval seguro:

Independentemente do local escolhido para curtir o carnaval e o feriadão prolongado, a dica é aproveitar a folia sempre de olho na prevenção.

Em locais públicos:

– Ao entrar ou sair não pare nas portas e acessos aos locais, informe-se onde estão as saídas de emergência mais próxima;

– Abandone o recinto de forma ordenada, sempre respeitando a ordem de saída;

– Mantenha as crianças próximas, carregando-as nos braços ou conduzindo-as pelas mãos;

– Procure sempre por locais que possuam o AVCB Auto de vistoria do Corpo de Bombeiros, este documento certifica que a edificação cumpre os requisitosde segurança contra incêndio e pânico.

No campo:

– Se for acampar, escolha lugares limpos e regulares;

– Fique atento à presença de animais peçonhentos (cobras, aranhas, escorpiões e lagartas);

– Evite contato com plantas desconhecidas.

 Calor e sol:

– A exposição excessiva ao sol pode causar sérios danos à saúde, como desidratações e até mesmo câncer de pele. Use filtro solar.

Álcool e estradas:

– Dirigir alcoolizado é crime. Não coloque em risco sua vida e a de outras pessoas;

– Se beber, não dirija;

– Fique atento à sinalização, preserve a vida;

– Não dirija quando estiver cansado;

– Use o sinto de segurança, ele pode salvar sua vida;

– Respeite o limite de velocidade;

– Prefira viajar de dia, quando a visibilidade é melhor;

– Mantenha a calma ao volante;

– Direção e bebidas alcoólicas: Uma mistura perigosa que pode matar.

Queimaduras:

– Não utilize álcool líquido para acender churrasqueiras e fogueiras, recomendamos álcool gel;

– Não deixe crianças sozinhas perto do fogo.

Piscinas, cachoeiras e rios:

– Evite riscos;

– Antes de mergulhar, procure conhecer bem o local;

– Não mergulhe em águas rasas;

– Se ingerir bebida alcoólica não entre na água;

– Evite permanecer próximo de onde existam embarcações;

– Fique atento e respeite as placas e faixas de advertência;

– Pais ou responsáveis: Nunca deixem as crianças sozinhas;

– Não participe de brincadeiras perigos;

– Permaneça próximo à margem;

– Nunca nade sozinho.

Bom carnaval a todos!

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

____________________________________________________________________________________

Sexta-feira, 2 de fevereiro de 2018

Você sabia que a mangueira do gás de cozinha tem validade?

Temos que prestar atenção!

A vida da nossa Família pode estar em perigo!

As mangueiras a serem utilizadas nos fogões a gás devem atender a NBR 8613 que estabelece:

“As mangueiras fabricadas de acordo com esta Norma devem possuir no mínimo as seguintes inscrições indeléveis, apostas na camada externa da mangueira, a intervalos regulares não superiores a 60 cm, com caracteres de 3 mm a 6 mm de altura:

  1. a) marca ou identificação do fabricante;
  2. b) símbolo de conformidade reconhecido pelo Sistema Brasileiro de Certificação;
  3. c) número desta Norma;
  4. d) a expressão “GÁS – GLP”;
  5. e) ano de término da vida útil, com quatro dígitos,

considerado como cinco anos após o ano de sua fabricação, com a seguinte inscrição: “VÁL”.

  1. f) a expressão “USO DOMÉSTICO COM REGULADOR”;
  2. g) a expressão “Pn 2,8 kPa”;
  3. h) número do lote.”

O comprimento admissível para utilização da mangueira destinada à condução do GLP deve estar entre 0,80 m e 1,25 m, sendo que esta deve sair da fábrica já cortada.

Observe também:

  1. A) “utilizar somente com regulador de baixa pressão”;
  2. B) “utilizar somente em instalações domésticas de glp”;
  3. C) “a mangueira não deve atravessar nem ser embutida em paredes”;
  4. D) “fixar as extremidades somente com braçadeiras apropriadas”;
  5. E) “não se deve efetuar qualquer tipo de emenda (soldagem ou colagem)”;
  6. F) “não deve passar por trás do fogão”;
  7. G) “observar o prazo de validade”;

Ao instalar a mangueira verifique a existência de vazamentos utilizando uma esponja embebida em sabão. Passe a esponja nas extremidades da mangueira e no regulador. Se existir vazamento haverá a formação de bolhas. No caso de vazamento de gás de cozinha a primeira ação é abrir todas as portas e janelas para ventilar o ambiente, tendo o cuidado de não ligar ou desligar qualquer equipamento elétrico. Em seguida ligue para o telefone 193, dos Bombeiros, solicitando ajuda.

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

Sexta-feira, 26 de janeiro de 2018

______________________________________________________________________________________

Dicas de segurança – raios e tempestades – saiba como proceder!

Chuvas de verão:

Tempestades são caracterizadas por raios e trovões.

São produzidas por uma ou mais nuvem, conhecidas como nuvens de tempestade.

A frequência de tempestades em um dado local depende de vários fatores, entre eles a topografia, a latitude, a proximidade de massas de água e a continentalidade. Os raios podem ser perigosos.

Quando estão caindo por perto, você está sujeito a ser atingido diretamente por eles.

Cerca de 20 a 30% das vítimas de raios morrem, a maioria delas por parada cardíaca e respiratória, e cerca de 70% dos sobreviventes sofrem devido às sérias sequelas psicológicas e orgânicas, por um longo tempo. As sequelas mais comuns são diminuição ou perda de memória, diminuição da capacidade de concentração e distúrbio do sono. Entre 2000 e 2014 morreram, em media, 111 pessoas por ano devido a queda de raios. O Sudeste é, no entanto, a região com maior número de mortes, responsável por 28% do total, Fonte: Grupo de Eletricidade Atmosférica do Instituto Nacional de Pesquisa Espaciais (Elat).

Se eu estiver na rua o que devo fazer para não ser atingindo por um raio?

  • Evite lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios, tais como: pequenas construções não protegidas como celeiros, tendas ou barracos ou veículos sem capota como tratores. Evite estacionar próximo a árvores ou linhas de energia elétrica;
  • Evite ficar próximo de estruturas altas, tais como torres, de linhas telefônicas e de energia elétrica.

Alguns lugares são extremamente perigosos durante uma tempestade

  • NÃO permaneça em áreas abertas como campos de futebol, quadras de tênis e estacionamentos;
  • NÃO fique no alto de morros ou no topo de prédios;
  • NÃO se aproxime de cercas de arame, varais metálicos e trilhos;
  • NUNCA se abrigue debaixo de árvores isoladas.
  • E seu eu estiver dentro de casa? Existe algum risco? Evite usar telefone ( principalmente telefone com fio ); Não fique próximo a tomadas, janelas e portas metálicas; Não toque em equipamentos elétricos que estejam ligados à rede elétrica.
  • Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

Sexta-feria, 19 de janeiro de 2018

_______________________________________________________________

Dicas Sobre Uso Correto da Mochila Escolar

Atenção senhores pais de alunos: Mochila não deve ter mais de 10% do peso corporal da criança

Livros, cadernos e estojos merecem atenção especial neste período de volta às aulas! O sobrepeso nas costas dos alunos pode ser prejudicial à coluna. De acordo com o Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into), a mochila não deve ter mais de 10% do peso corporal da criança.

O uso de mochilas pesadas já é um assunto comum no período de volta às aulas da criançada, mas muitos pais ainda não se deram conta dos riscos que os quilos exagerados nas costas oferecem.

A maneira de carregar, erguer ou retirar a mochila das costas também deve ser supervisionada. Se comparada a bolsas de uso lateral, a mochila tem uma melhor aceitação, pois distribui o peso dos objetos pelos músculos e abdômen. Porém, se estiverem com peso acima do recomendado, podem causar um grande mal à saúde dos ombros dos pequenos.

O mau uso da mochila pode ocasionar fraturas, distensões musculares e problemas para a vida toda. Crianças podem sofrer danos na coluna vertebral ao carregar uma mochila muito pesada.

O peso pode afetar a forma dos ossos, impedindo o desenvolvimento dos pequenos. Muitos pais preferem a mochila com rodinhas. Mas elas também são prejudiciais se forem puxadas de maneira inadequada. A alça do carrinho precisa ter altura adequada à criança (o suficiente para caminhar sem envergar as costas). E, também neste o caso, o peso não pode ultrapassar a porcentagem desejada.

Os pais devem ficar atentos para qualquer reclamação do filho. Ao primeiro sinal de dor devem levá-lo ao médico especialista para uma melhor avaliação. Vale também acompanhar se o que ele leva na mochila é realmente essencial para as tarefas daquele dia.

Escolha bem a mochila

– As mochilas devem ter duas tiras para distribuir o peso da melhor forma;

– As tiras devem ser preferencialmente acolchoadas e ajustadas de forma que a mochila fique rente ao corpo;

– A largura da mochila não pode ser maior que o dorso da criança;

– A mochila não deve ultrapassar a cintura da criança.

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

____________________________________________________________

Sexta-feria, 12 de janeiro de 2018

Dicas de verão: Afogamento

O que você precisa saber para prevenir um afogamento

Férias, verão: calor, tempo bom, nada como um bom banho de mar para se refrescar nessa época, não é mesmo? Praias, piscinas, rios e lagoas são os mais procurados para as horas de divertimento.

Mas o que passa despercebido, em meio a toda essa diversão, é a falta de atenção com os possíveis afogamentos que podem vir a ocorrer.

Fato é que pelo menos 14 brasileiros morrem nestes locais diariamente e, portanto precisamos conhecer as formas de acabar com este tipo de tragédia no Brasil. Fonte SOBRASA (Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático).

Embora as crianças sejam as vítimas mais comuns, os adultos não estão fora de risco. Portanto, é importante redobrar a atenção, valendo a pena seguir algumas dicas de prevenção contra afogamentos para não transformar suas férias em desastres. Confira algumas orientações importantes sobre o tema:

  • Obedeça a sinalização dos locais perigosos;
  • Pergunte sempre ao guarda-vidas sobre os locais apropriados para banho;
  • Entre no mar com cuidado e não vá para locais de maior profundidade e perigo;
  • Mantenha crianças sempre sob sua vista;
  • Caso encontre alguma criança perdida, leve-a ao posto de guarda-vidas mais próximo;
  • Permaneça longe de encostas e pedras;
  • Se você perceber alguém com dificuldades na água, mantenha a calma e chame imediatamente um guarda-vidas;
  • Se pretender entrar no mar, rio ou lagoas, cuidado com os excessos de comida e bebida, principalmente de bebidas alcoólicas. Jamais caia na água com o estômago cheio;
  • Não siga os que se dizem grandes nadadores, o mar já levou a vida de muitos deles;
  • Se houver necessidade de socorrer alguém, procure um material flutuante para jogar até a pessoa, pedindo por ajuda;
  • Se você perceber que irá se afogar, ou se não estiver se sentindo bem, não se intimide e grite por socorro;
  • Quando estiver nadando, não lute contra a correnteza. Nade no sentido diagonal.
  • Evite permanecer na praia quando houver trovoadas.

Piscina

  • Nunca deixe a criança sozinha na piscina ou sem a supervisão de um adulto.
  • Após utilizar a piscina, coloque uma capa ou rede de proteção.
  • Boias de braço não é sinal de segurança! Prefira um colete salva-vidas.
  • Evite brinquedos próximos à piscina, para não atrair as crianças sozinhas.

Siga as orientações e tenham uma excelente férias .

Prevenção salva vidas e evita acidentes.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

 

 

 

 

Sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

SE BEBER NÃO DIRIJA FIQUE ESPERTO, FIQUE VIVO.

Chegou as festas de final de ano, não dirija sob efeito do álcool.

Antes de pegar no volante, coloque a mão na consciência.

  • Não beba antes de dirigir.
  • O álcool afeta a visão, o comportamento e os reflexos do motorista.
  • Tenha sempre os seguintes equipamentos de segurança no carro: extintor de incêndio, triângulo e macaco.
  • Use sempre o cinto de segurança. Ele protege a sua vida, impedindo que seja atirado contra o vidro e sofrendo grandes impactos.
  • Obedeça rigorosamente à sinalização de trânsito.
  • As crianças só devem andar no banco traseiro, com cinto de segurança.
  • Nunca dirija com crianças no colo e não deixe que coloquem mãos, braços e cabeças para fora do carro.
  • Nunca ultrapasse pela direita e mantenha distância dos outros veículos.
  • Faça revisões rotineiras. Os veículos desregulados podem provocar: aumento do consumo de combustível e desgaste do motor.

Desejamos um feliz e abençoado ano novo a todos amigos, amigas e familiares.

 

Prevenção salva vidas e evita acidentes.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

______________________________________________________________________________________________________________________________________________________

Sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Muito cuidado na hora de comprar o presente das nossas crianças, leia o texto abaixo e saiba mais detalhes.

Cuidados:

No ato da compra, exigir o selo de identificação da conformidade ou selo de certificação. Ele demonstra que o produto atente a requisitos mínimos de segurança estabelecidos em normas e regulamentos.

Exija sempre a nota fiscal do estabelecimento onde comprou para que haja responsabilidade social em caso de acidente ou defeito no produto.

Antes de entregá-los às crianças, leia atentamente as instruções de uso, que orientam quanto ao uso seguro do produto. Cuidados especiais devem ser observados na retirada das embalagens, que podem ter grampos metálicos, papéis com tintas inadequadas, etc.

Particularmente para brinquedos, deve ser dada atenção à faixa etária recomendada para o produto. Peças pequenas, em especial, são muito perigosas se usadas por crianças com idades inadequadas. Cabe total atenção nos lares onde existam crianças com diferentes faixas etárias.

No mundo encantado dos brinquedos, as crianças desenvolvem sua imaginação, a coordenação motora, seus sentidos e instintos. Mas todo cuidado é pouco.

Os brinquedos não devem ter pontas ou extremidades cortantes e partes ou peças pequenas que possam se desprender com facilidade e provocar acidentes. Também não podem ser fabricados ou pintados com material tóxico, uma vez que as crianças costumam desmontá-los, colocando-os, geralmente, na boca, no nariz e nos ouvidos, aumentando a probabilidade de riscos de asfixia, inalação ou intoxicação por via oral, o que pode transformar os brinquedos em verdadeiras armadilhas se não forem bem projetados para a faixa etária a qual se destinam.

Por esse motivo, desde 1988, o processo de avaliação da conformidade de brinquedos no Brasil, através da Portaria Inmetro 177, tornou compulsória a certificação de brinquedos fabricados e /ou comercializados no País, devido à importância de se preservar a saúde e a integridade física das crianças enquanto estão brincando.

O processo de certificação propicia, com adequado grau de confiança, que o produto atende a requisitos mínimos de segurança, estabelecidos em uma norma ou regulamento técnico, o que é demonstrado através de ensaios em laboratórios competentes, conduzido por um certificador reconhecido pelo Inmetro. Entretanto, o fato do produto ter sua conformidade avaliada, não exime o fornecedor da responsabilidade pela sua qualidade.

Os produtos que levam o selo de conformidade são periodicamente ensaiados por laboratórios acreditados e, se for comprovado que o fabricante desrespeitou a norma, seu certificado pode ser suspenso ou revogado. Em caso de reprovação nos ensaios, o brinquedo fica impedido de ser comercializado em todo o território nacional.

Desejo a todos um feliz e abençoado Natal.

Prevenção salva vidas e evita acidentes.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

 

 

_________________________________________________________________________________________________________________________

Sexta-feira, 08 de dezembro de 2017

Risco do celular no trânsito

Ao volante, toda a atenção tem que estar na direção.

Estudos realizados comprovaram que os reflexos de um motorista falando ao celular se equiparam aos de uma pessoa alcoolizada:

não olha o retrovisor;

ziguezagueia;

reduz a velocidade;

avança o sinal.

Durante chamadas breves, o risco de ocorrer uma colisão é quadruplicado.

O tempo de resposta do reflexo é triplicado.

Saia da rodovia ou via urbana, sempre que precisar falar ao celular

Algumas recomendações para os motoristas:

Evite conversar no celular mesmo em caso de congestionamento ou sob mau tempo.

No tráfego pesado, deixe que as mensagens sejam gravadas na caixa postal.

Se for extremamente necessário ligar, peça ao acompanhante para fazer a ligação.

Não fale ao celular com o veículo em movimento.

Um motorista dirigindo a 50 km/h de velocidade, percorre 14 metros em um segundo. Tempo suficiente para uma tragédia, caso esteja distraído com o telefone.

Motoristas, nas vias públicas, sempre estacione em local adequado para atender ou fazer chamadas em celulares.

Prevenção salva vidas e evita acidentes.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

______________________________________________________________________________

Sexta-feira, 01 de dezembro 2017

SEJA UM MOTORISTA CONSCIENTE

Motorista consciente é motorista prudente.

  • Não entregar a direção do veículo à pessoas sem habilitação ou à menores.
  • Nunca conduzir os veículos com velocidade acima da permitida.
  • Manter distância de segurança do veículo da frente.
  • Aumentar os cuidados quando estiver transitando próximo à escolas ou em ruas residenciais
  • Usar adequadamente as vias, respeitando o espaço de pedestre e do ciclista.
  • Nunca dirigir sob efeito de bebidas alcoólicas ou outras substâncias tóxicas.
  • Respeitar os pedestres e outros usuários da via.
  • Dar preferência ao pedestre, quando ele já tiver dado início à travessia da via.
  • Usar a seta ou braço para indicar as manobras de conversão ou ultrapassagem, mudanças de faixas e entrada e saída de garagens
  • Usar sempre o cinto de segurança.
  • Verificar sempre as condições de veículo, realizando a manutenção necessária.
  • Obedecer rigorosamente à sinalização de trânsito.

Prevenção salva vidas e evita acidentes.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

 

_____________________________________________________________________________

 

Sexta-feira, 24 de novembro

Segurança dos ciclistas:

Dicas para um ciclista consciente

  • Ao andar de bicicleta, vá sempre pela direita, próximo ao meio-fio ou acostamento quando não existir ciclovia e no mesmo sentido dos veículos.
  • Manter distância de segurança dos outros veículos.
  • Andar sempre em velocidade compatível.
  • Fazer conversão em lugares adequados.
  • Nunca andar na contramão e nunca agarrar a carroceria de um veículo em movimento.
  • Em um cruzamento, dar preferência para outro veículo que já estiver iniciando a manobra.
  • Respeitar os pedestres e outros usuários da via.
  • Quando em grupo, andar em fila única.
  • Sempre usar equipamentos de segurança como capacete, óculos de proteção e roupas claras durante a noite e em dias chuvosos para melhor identificação.
  • Equipar a bicicleta com faróis, luz branca dianteira e luz vermelha traseira.
  • Verificar sempre as condições dos freios e dos pneus da bicicleta.

 

Prevenção salva vidas e evita acidentes.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

________________________________________________________________

17.11.17

Pedestre: atravesse com segurança:

Ao atravessar em vias públicas, tendo ou não faixa de pedestre, fique vivo e siga as dicas.

  • Atravessar sempre na faixa de pedestre.
  • Antes de iniciar a travessia, olhar em todas as direções e permanecer atento ao movimento dos carros até chegar ao outro lado da rua.
  • Atravessar a rua sempre em linha reta e evitar atravessar em curvas, onde a visibilidade não é boa para os motoristas e nem para os pedestres.
  • Nunca passar pelos espaços entre os carros estacionados, quando for atravessar a pista, para não dificultar a visão dos motoristas.
  • As passarelas e as passagens subterrâneas, quando existirem, devem ser utilizadas sempre, devido à segurança que proporcionam.
  • Nas estradas, se existir acostamento, o pedestre é obrigado a utilizá-lo; se não existir, deverá caminhar o mais distante possível da pista e, se estiver em companhia de outras pessoas, caminhar em fila única.
  • Com criança, segurar sempre em seu pulso ao atravessar a rua.
  • Ao descer do ônibus, esperar que o veículo se afaste e aguardar o momento seguro para atravessar.
  • Andar na calçada, sempre afastado da pista e longe dos carros em movimento; onde não houver calçada, caminhar em sentido contrário ao dos veículos.
  • Respeitar a sinalização e, sempre que necessário, procurar a ajuda do guarda de trânsito.

Prevenção salva vidas e evita acidentes.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

________________________________________________________________________________

10.11.17

Como prevenir traumas causados por acidentes de trânsito em crianças.

Atropelamentos – O mais importante a fazer para ensinar um comportamento de pedestre seguro é praticá-lo, ou seja, dar o exemplo. Atravessar as ruas olhando para ambos os lados, respeitar os sinais de trânsito e faixas para pedestres e fazer contato visual com os motoristas são regras básicas que devem ser seguidas por todos.

Dicas:

– Nunca deixe crianças sozinhas nas ruas, a supervisão de um adulto é fundamental. Segure sempre a mão da criança, com firmeza.

– Não deixe crianças brincarem em entradas de garagens, quintais sem cerca, ruas ou estacionamentos.

– Ensine a criança a olhar, várias vezes, para os dois lados antes de atravessar a rua, e só concluir a travessia com segurança.

– Oriente-as a não atravessar a rua por trás de carros, ônibus, árvores e postes.

– Ao desembarcar do ônibus, ensine a criança a esperar que o veículo pare totalmente para descer e aguarde que ele se afaste para atravessar a rua.

– Dê prioridade à faixa de pedestres, sempre.

Ocupantes de veículos – A melhor proteção para a criança no carro é usar cadeiras e assentos de segurança. Os cuidados devem ser tomados mesmo que seja para curtas distâncias. Dados apontam que 60% dos acidentes de trânsito acontecem em um raio de três quilômetros de casa.

Em motocicletas é proibido transportar crianças menores de sete anos. “Isso é o que diz a lei, a recomendação é que menores de 12 anos não andem em motos”.

Dicas para o transporte em carros:

– No carro, use o sistema de retenção de acordo com a idade, peso e altura da criança. De acordo com a legislação brasileira, crianças com até um ano de idade deverão utilizar, obrigatoriamente, o dispositivo de retenção denominado “bebê conforto”; com idade superior até quatro anos deverão utilizar, obrigatoriamente, o dispositivo de retenção denominado “cadeirinha”, já as crianças com idade superior a quatro anos até sete anos e meio deverão utilizar o dispositivo de retenção denominado “assento de elevação”.

– As cadeirinhas devem ser certificadas e instaladas corretamente no veículo, de acordo com as instruções do manual.

– Não deixe as crianças segurarem objetos pontiagudos durante o trajeto, um lápis pode causar um grande ferimento em caso de acidente.

Veículos não motorizados – Mais que brinquedos, a bicicleta, o patins, o patinete e o skate representam liberdade e independência, mas esta brincadeira exige cuidados, pois um dos maiores perigos é a lesão na cabeça que pode levar à morte ou deixar a criança com sequelas permanentes. O único jeito de reduzir esse risco é usar o capacete. Segundo estudos, com o equipamento é possível reduzir em até 85% o risco de traumatismo craniano em caso de queda.

Dicas:

– O capacete deve ser certificado pelo Inmetro e ficar confortável. Não pode ser solto, nem apertado;

– Para andar de bicicleta, as crianças devem usar sempre sapatos fechados e evitar cadarços folgados ou soltos;

– Brincar sempre em locais seguros, fora do fluxo de veículos.

– As crianças devem sempre ser supervisionadas por um adulto.

– Os pneus da bicicleta devem estar firmes e devidamente cheio, os freios devem estar funcionando perfeitamente.

– Os pés da criança devem alcançar o chão enquanto ela estiver sentada no assento da bicicleta.

Prevenção salva vidas e evita acidentes.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

 

_______________________________________________________________________________

 

Vazamento de gás: O que fazer neste caso

É importante ter em mente que um vazamento de gás pode acontecer, e é necessário saber o que deve ser feito caso essa situação ocorra.

Cheiro de gás.

O gás GLP é inodoro, ou seja, livre de qualquer odor. O tradicional “cheiro de gás” que percebemos em caso de vazamentos vem, na verdade, de um componente feito de enxofre, chamado Mercaptan. O Mercaptan tem a função de “emprestar” ao GLP o seu odor característico justamente para que o vazamento de gás seja perceptível ao olfato humano.

Prevenindo os vazamentos – A principal maneira de ter um produto confiável é adquirir botijões apenas de revendedores autorizados pela ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis), e que sigam as regras de armazenamento e qualidade do produto a ser entregue ao consumidor final. Desta forma, é mínima a chance do botijão conter avarias que possam ocasionar vazamento.

Evite também procedimentos como deitar o botijão (algumas pessoas acreditam que isso gere economia e que permite “aproveitar” o fim do gás). O botijão cheio na posição deitada pode ocasionar o contato do GLP líquido com o recipiente e danificar alguma parte do acessório. E, além do dito anteriormente, pode carregar alguma  sujeira nos acessórios, provocando algum entupimento ou danos.

A mangueira de gás deve ser fixada em suas extremidades com abraçadeiras apropriadas à finalidade e não deve ser esticada demais, pois pode causar dobras, estrangular ou danos na peça. Apertar o regulador de pressão com ferramentas pode danificar a rosca interna da válvula do botijão e até prender o cone borboleta, impedindo a sua retirada. Jamais faça isso com ferramentas, sempre faça o rosqueamento manualmente e armazene o produto em locais abertos e com ventilação adequada. Dessa forma, você evita o vazamento de gás tanto do botijão, como o vazamento pela boca do fogão. Fique sempre de olho no prazo de validade das mangueiras. Elas possuem vida útil de, no máximo, cinco anos, e a utilização após esse prazo pode trazer riscos. Evite o vazamento de gás de cozinha sempre levando em conta esses procedimentos.

Como detectar o vazamento de gás – Após a compra do botijão de gás, sempre faça o teste da espuma. Quando encaixar e rosquear o regulador de pressão no bocal do vasilhame, passe uma esponja de louça com bastante sabão entre a conexão do regulador de pressão e o bocal do botijão de gás, e em toda a área adjacente. Se surgirem bolhas, significa que há vazamento. Desconecte o regulador e o encaixe novamente, repetindo o teste. Se as bolhas continuarem, peça a troca imediata do botijão. Se o cheiro de gás aparecer depois do botijão já instalado e testado, interrompa o uso e entre em contato com a revenda, pedindo a visita de um representante para verificação e possível troca do produto. Abra as janelas, deixando o local bem ventilado, e não acenda nenhum interruptor, evitando faíscas no ambiente.

Prevenção salva vidas e evita acidentes.
Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

 

____________________________________________________________________________

 

Queimaduras: Primeiros Socorros e Cuidados

Primeiros socorros: Em caso de acidente envolvendo queimaduras, o primeiro cuidado é extinguir a fonte de calor, ou seja, impedir que permaneça o contato do corpo com o fogo, líquidos e superfícies aquecidas, entre outras causas do acidente.

Em seguida, procure lavar o local atingido com água corrente em temperatura ambiente, de preferência por tempo suficiente até que a área queimada seja resfriada.

Também é importante buscar o auxílio de um profissional de saúde no posto de atendimento mais próximo do local do acidente, para que sejam tomadas as providências necessárias para o sucesso da recuperação e também para evitar o agravamento da lesão.

Se não houver Posto de Saúde nas proximidades, deve-se acionar os serviços de socorro do SAMU e do CORPO DE BOMBEIROS.

Os contatos pra ligação gratuita são: Samu 192 e Bombeiros 193.

Cuidados: Não passe no local atingido nenhum produto ou receita caseira. Qualquer substância que seja passada sobre a pele queimada vai irritá-la. Há também o alto risco de infecção por bactérias, fungos e vírus presentes nesses produtos, já que a barreira natural do organismo – a pele – está danificada.

Não passe nenhuma pomada no local atingido. A pele fica extremamente sensível após uma queimadura e as pomadas, ainda que adquiridas em farmácias, machucam ainda mais as células cutâneas e podem irritar a pele e gerar infecções. Qualquer tipo de pomada ou medicamento somente sob prescrição medica.

Não tente estourar as bolhas provocadas pela queimadura. Elas se manifestam nas queimaduras de segundo grau e devem ser manuseadas apenas por um profissional especializado. Ou seja, não devem ser rompidas, estouradas ou mesmo esvaziadas com uma agulha.

Ao retirar esse curativo natural em casa, o ferimento estará exposto a instrumentos possivelmente contaminados e pode infeccionar.Se houver necessidade de cobrir o ferimento a caminho do serviço de Saúde, o indicado é envolvê-lo num pedaço de pano limpo.

Tecidos ou materiais que grudam no ferimento, como o algodão, devem ser evitados. O paciente queimado não deve retirar a roupa que estiver usando, ainda que houver sido atingida pelo fogo. O ideal é molhar a vestimenta e permanecer assim até a chegada ao pronto-socorro, para evitar que as bolhas estourem e que a pele seja arrancada.

Outro cuidado é retirar acessórios, como pulseiras e anéis, pois o corpo incha naturalmente após uma queimadura e esses objetos podem ficar presos.

Prevenção salva vidas e evita acidentes.
Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

 

______________________________________________________________________

 

Prevenção de acidentes na cozinha.

Micro-ondas: Jamais ignore as regras do uso seguro do micro-ondas, elas ajudam a evitar riscos. Sempre que for retirar uma travessa do aparelho, por exemplo, procure usar luvas térmicas ou um pano de prato, pois nunca se sabe o quanto ela aqueceu.

Não se esqueça também que objetos de metal ou alumínio não devem ser aquecidos em micro-ondas. Alguns potes plásticos também não devem ser usados no aparelho, pois seu material não resiste ao calor e pode derreter.

Na hora de fritar: Na hora de fritar um alimento, procure ter muito cuidado com a panela ou frigideira, sempre deixe o cabo da panela virado para dentro do fogão, evitando esbarrar e derrubar olho quente e se machucar. O ideal é colocar as panelas de fritura nas bocas de trás do fogão, principalmente se na casa houver crianças, dessa forma a panela não fica ao alcance da criança e evita-se acidentes.

Outra dica é não jogar água em panela de óleo quente, pois pode espirar óleo e causar queimaduras, se for fritar um alimento que solte água, procure secá-lo com um papel toalha antes de colocá-lo em óleo quente. Evite ainda jogar os alimentos dentro da panela, coloque o mais próximo possível, evitando que o óleo respingue.

Como agir em caso de queimaduras: Caso tenha ocorrido alguma queimadura na hora de preparar o alimento, nunca passar manteiga ou pasta de dente sobre o local ferido, pois isso só faz aumentar a inflamação da pele. O ideal é lavar o ferimento com água corrente e observar se ocorre o surgimento de bolhas. Caso apareça, procure um médico para que sejam realizados os cuidados necessários. Além disso, evite furar as bolhas, pois isso pode infeccionar a queimadura.

Prevenção salva vidas e evita acidentes.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

 

_____________________________________________________________________________

Dicas de prevenção contra afogamentos:

A primavera chegou e com ela, o tão aguardado verão:calor e tempo bom. Nada como um bom banho de mar para se refrescar nessa época, não é mesmo? Praias, piscinas, rios e lagoas são os mais procurados para as horas de divertimento. Mas o que passa despercebido, em meio a toda essa diversão, é a falta de atenção com os possíveis afogamentos que podem vir a ocorrer.

Embora as crianças sejam as vítimas mais comuns, os adultos não estão fora de risco. Portanto, é importante redobrar a atenção, valendo a pena seguir algumas dicas de prevenção contra afogamentos para não transformar suas férias em desastres. Confira agora algumas orientações importantes sobre o tema:

Obedeça a sinalização dos locais perigosos;

Pergunte sempre ao guarda-vidas sobre os locais apropriados para banho;

Entre no mar com cuidado e não vá para locais de maior profundidade e perigo;

Mantenha crianças sempre sob sua vista;

Caso encontre alguma criança perdida, leve-a ao posto de guarda-vidas mais próximo;

Permaneça longe de encostas e pedras;

Se você perceber alguém com dificuldades na água, mantenha a calma e chame imediatamente um guarda-vidas;

Se pretender entrar no mar, rio ou lagoas, cuidado com os excessos de comida e bebida, principalmente de bebidas alcoólicas. Jamais caia na água com o estômago cheio;

Não siga os que se dizem grandes nadadores, o mar, lagos e rios já levou a vida de muitos deles;

Se houver necessidade de socorrer alguém, procure um material flutuante para jogar até a pessoa, pedindo por ajuda;

Se você perceber que irá se afogar, ou se não estiver se sentindo bem, não se intimide e grite por socorro;

Quando estiver nadando, não lute contra a correnteza. Nade no sentido diagonal. Evite permanecer na praia, rios, lagos e piscinas quando houver trovoadas.

Prevenção salva vidas e evita acidentes.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

 

 

________________________________________________________________________________

 

Atenção ao uso de adaptador t ou benjamim

Quem usa multiplicador de tomada, o popular T ou Benjamin, também deve atentar para o risco de conectar muitos aparelhos na mesma tomada.

O cuidado deve ser tomado para evitar sobreaquecimento do T, uma vez que a sobrecarga pode causar o derretimento do mesmo, com risco de causar até mesmo um incêndio.

A melhor forma de evitar as sobrecargas é prevenir o problema com projetos de instalação elétrica que dividem de maneira adequada os circuitos, com valores ideais da intensidade nominal dos disjuntores para cada circuito da instalação (iluminação, tomadas, chuveiros, etc).

Para verificar se existe algum problema elétrico, devem-se realizar inspeções elétricas realizadas por profissionais especializados, garantindo que está tudo bem.

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

 

_______________________________________________________________________________

 

Picadas de Cobras Peçonhentas

Como prevenir: É importante comentar que a maioria das cobras só ataca um ser humano quando se sente ameaçada.

Por isso ao avistar uma cobra, desvie do caminho dela, deixando ela seguir o caminho dela e você o seu.

Além disso vale também seguir as dicas abaixo:

 

– Use sempre calçado fechado e calças compridas. Se estiver em um local que é conhecido por ter cobras use botas de cano alto ou perneiras para proteger a parte de baixo das pernas.

– Preste atenção onde coloca as mãos quando for se apoiar para pegar impulso ou até mesmo na hora do descanso.

– Não mexa com as cobras, mesmo que estejam ou pareçam mortas. Ainda assim, elas podem injetar veneno.

– Sapatos antes de calçá-lo, certifique-se de que não tem alguma intrusa se abrigando dentro dele. Cobras gostam de se abrigar em locais quentes, escuros e úmidos, exatamente como sua bota ficará após uma caminhada.

– Procure limpar o local onde irá montar a sua barraca, tirando gravetos, folhas mortas, cascas de árvores. As cobras e outros animais peçonhentos costumam ficar escondidos nesses locais durante o dia para à noite sair para explorar. Faça essa limpeza com cuidado, pode ter uma cobra escondida embaixo de pedras e troncos.

– Nunca, jamais deixe a porta da barraca aberta especialmente de noite quando a maior parte das cobras está ativa.

Primeiros socorros

O que fazer em caso de picadas por Cobra Venenosa:

 

– Lavar o local da picada apenas com água, sabão ou soro fisiológico.

– Manter o paciente deitado e o mais calmo possível, porque agitado o sangue se espalha mais rápido e o veneno também.

– Procurar o serviço médico o mais rápido possível, como sempre frisamos somente médicos podem prescrever um medicamento a uma vitima de qualquer acidente.

– Se possível, levar o animal para identificação (morto ou vivo). Se não for possível filme ou fotografe. A identificação do animal, por uma pessoa capacitada faz com que o soro correto seja aplicado já que cada cobra precisa de um soro diferente.

O que NÃO fazer  em um atendimento de Primeiros Socorros.

– Não faça sucção do veneno, porque isso é mito.

– Não faça torniquete ou garrote.

– Não corte o local da picada.

– Não coloque folhas, pó de café ou outros contaminantes na ferida.

– Não ofereça bebidas alcoólicas à vítima.

– Não dê qualquer medicamento à vítima.

Procure um hospital!

O mais importante, em qualquer situação de picada de animais peçonhentos, é deslocar a vítima o mais rápido possível para o hospital, para que ela possa receber o soro adequado de acordo com o tipo de peçonha da cobra.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

 

______________________________________________________________________________

DICAS: Saiba como agir em caso de acidente de trânsito

 

SEM VÍTIMAS FERIDAS:
As partes podem se entender sozinhas e não é necessário acionar nenhuma autoridade

NÃO OBSTRUA A VIA: Se os carros puderem se movimentar, devem ser retirados da via, para não atrapalhar a fluidez do trânsito, sob pena de multa. Caso algum veículo esteja impedido de rodar por causa dos danos sofridos, é preciso acionar o guincho. Nesse caso, sinalize o local com o triângulo de emergência.

VÁ FALAR COM O OUTRO ENVOLVIDO: É importante que as partes mantenham a calma e procurem chegar a um consenso sobre o que ocorreu e quem deverá ser responsabilizado pelo ocorrido. Em seguida, devem tomar nota dos dados dos dois condutores (incluindo telefone e e-mail de contato) e dos veículos envolvidos, além do endereço, data e horário em que ocorreu a batida. Não é necessário acionar a Polícia Militar ou o órgão de trânsito.

COLHA PROVAS: Tire fotos do local da colisão e dos danos sofridos pelos dois veículos e pegue o contato de eventuais testemunhas. Essas provas serão úteis em caso de litígio entre as partes.

FAÇA UM BOLETIM DE OCORRÊNCIA: Não é obrigatório registrar a ocorrência, mas algumas seguradoras exigem o documento para conceder a indenização. Os interessados podem ir à uma delegacia para ser elaborado o B.O.

BUSQUE A REPARAÇÃO DOS DANOS: Faça contato com a seguradora do condutor culpado, que dará o suporte necessário e iniciará o procedimento para reparação dos veículos. Se ele não possuir seguro ou não tiver contratado cobertura para terceiros, o jeito é tentar um acordo para que ele arque com os reparos, ou entrar com uma ação de indenização para obter o ressarcimento dessa despesa. Orce o conserto em três oficinas, para obter um valor médio.

COM VÍTIMAS FERIDAS
É preciso acionar socorro especializado e a Polícia Militar, e preservar a cena do acidente

ACIONE O SOCORRO E A POLÍCIA: Se o acidente deixou feridos, acione o socorro ( Bombeiros, via fone 193, ou SAMU, via fone 192 ). Aguarde a chegada dos socorristas e não tente remover por conta própria as vítimas do o carro, pois um atendimento inadequado pode agravar as lesões. Chame também a polícia ( fone 190 ), que fará o registro do fato no local ou em uma delegacia.

PRESERVE O LOCAL DO ACIDENTE: Em caso de ocorrências com vítimas graves ou fatais, condutores embriagados ou danos ao patrimônio público, o local do acidente deve ser preservado intacto, sem a remoção dos veículos envolvidos, pois haverá necessidade de perícia. Sinalize o espaço do acidente ligando o pisca-alerta dos veículos e colocando o triângulo a pelo menos 30 metros de distância, para evitar novas colisões.

OMISSÃO DE SOCORRO É CRIME: Quem fugir do local do acidente sem prestar socorro às vítimas pode se dar mal. A conduta é punível como crime (pelos artigos 135 do Código Penal e 304 do Código de Trânsito Brasileiro) e como infração de trânsito gravíssima pelo art. 176 do CTB.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

 

 

____________________________________________________________________________________________________

 

QUEIMAR LIXO EM CASA É CRIME:

A queima do lixo é um ato criminoso, mesmo quando dentro de propriedade particular.

Muitas vezes um incêndio começa com a queimada de lixo no terreno de um proprietário. A prática, por colocar em risco pessoas e o patrimônio alheio, além do meio ambiente, é considerada criminosa.

Isso porque, segundo a Lei de Crimes Ambientais, com a queima são jogados na atmosfera resíduos dos materiais queimados, causando poluição e possíveis danos à saúde humana.

A punição varia de multa e detenção de 06 meses a um  01 ano.

Crimes Ambientais – artigo-54

Há também o risco de causar incêndio, colocando em perigo a vida, a integridade física e o patrimônio de outrem, com previsão de punição no código penal de reclusão de três a seis anos e multa.

Código penal – artigo  Art. 250 – Causar incêndio, expondo a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outrem: Pena – reclusão, de três a seis anos, e multa.

Basta bom senso aos hábitos do cotidiano, repensando a maneira de tratar o meio ambiente.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

______________________________________________________________

USO CORRETO DOS EXTINTORES

Fumaça “branca sem cheiro” é vapor de água (radiador). Fumaça “escura”, densa, com cheiro forte é princípio de incêndio.

Estacione o veículo em local seguro, retirando os passageiros; não provoque acidentes.

Mantenha a calma, lembrando sempre que o “tanque de combustível, em geral, está bem longe do motor”.

Retire o extintor do suporte; rompa o lacre destravando a válvula. Use o extintor na vertical; nunca “deitado” ou “de cabeça para baixo”.

Através de uma pequena abertura no capô do motor, aplique parte do agente extintor provocando o abafamento do fogo.

Abra cuidadosamente o capô, localize o foco de incêndio e elimine-o por completo.

Use Corretamente:

Aproxime-se do foco do incêndio cuidadosamente.

Posicione-se no sentido do vento e ataque a base do fogo

Movimente o jato em forma de leque.

Assegure-se de que não houve reignição.

Acione o Corpo de Bombeiros telefone 193.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

__________________________________________________________

 

Dicas: não dirija sobre o efeito do cansaço

Ao dirigir, assumimos uma grande responsabilidade, já que qualquer ação malfeita pode ter consequências muito graves. O sono ao volante é uma das

práticas mais perigosas que existem porque chega a ter os mesmos efeitos que estar embriagado: ele diminui a concentração, a habilidade e o reflexo. Isso não deixa que a atenção esteja volt

ada cem por cento à tarefa em questão e a probabilidade de estar envolvido em um acidente aumenta.

Uma pesquisa feita pela Associação Brasileira de Sono (ABS) revela que a sonolência e cansaço é causa de 30% das mortes em rodovias no Brasil e 60% dos acidentes de trânsito, segundo a Associação Brasileira de Medicina de Tráfego (Abramet). Esses números alarmantes mostram como, mesmo sabendo dos possíveis riscos, muitas pessoas ainda decidem dirigir sob essas condições, colocando em perigo não só a própria vida, mas a dos outros também.

Como saber quando o sono se torna uma ameaça:

Atenção para as dicas:

Dirigir 4h consecutivas na direção veicular temos lapsos de atenção, com 8h temos déficit de atenção e a possibilidade de acidente é duas vezes ma

ior.

O risco maior é a fadiga e o sono seguidos de acidentes sempre graves, gravíssimos. Persistir na direção veicular sob fadiga e sono é colocar sua vida, patrimônio e a vida de terceiros em altíssimo risco. Nessas condições o acidente é eminente.

Prevenção Salva Vidas e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

 

 

 

—————————————————————————————————————————————————-

 

Dicas de prevenção de acidentes com crianças.

​Dentro dos lares, nossos filhos e parentes encontram várias situações de risco e cabe a nós que somos os responsáveis zelarmos pela integridade física das crianças. Abaixo seguem algumas dicas para reduzirmos a ocorrência de acidentes.

Nunca permita que crianças muito pequenas fiquem sozinhas, por menor que seja o período.

O adulto deve supervisionar o banho da criança, pois o risco de quedas é aumentado devido à presença de água aliado à espuma do sabonete, xampu ou cremes.

Evite o máximo a presença de crianças no interior da cozinha, pois existe o risco de queimaduras com os alimentos sempre quentes durante sua preparação. Colocar os cabos das panelas virados para dentro do fogão vai reduzir a chance de queda das panelas e as consequentes queimaduras que acontecem com os menores. Todos os utensílios e máquinas cortantes e/ou perfurantes da cozinha (facas, garfos, liquidificadores e etc…) devem ficar em local onde as crianças não possuem acesso.

Mantenha em locais seguros e trancados os produtos químicos e remédios, pois as crianças são as maiores vítimas de intoxicação nos lares.

Evite colocar os brinquedos no alto, pois em algum momento a criança vai subir para tentar pegá-los.

Proteja todas as tomadas com protetores e não permita que fios expostos permaneçam no ambiente. Um choque pode ser fatal com pessoas de pouca idade! Restrinja o uso de equipamentos elétricos por crianças muito pequenas.

Crianças no interior do veículo exigem muito de sua atenção! Siga o Código de Trânsito Brasileiro (CTB) e tenha os equipamentos obrigatórios exigidos para o transporte de crianças de acordo com a sua faixa etária.

Prevenção Salva Vida e Evita Acidentes

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

_____________________________________________________________________________________________________________

Queimadas podem prejudicar o meio ambiente e a saúde das pessoas.

​Ainda é comum a ocorrência de queimadas e incêndios florestais, nesta época do ano, sobretudo por fatores climáticos (ventos e calor) e pelo uso indiscriminado do fogo. Fazer uma queimada sem controle pode causar sérios prejuízos à fauna e à flora, reduzindo a cobertura vegetal, diminuindo a fertilidade do solo e comprometendo a qualidade do ar e, consequentemente, a saúde humana, provocando vários tipos de doenças, principalmente respiratórias.

Nas áreas rurais as queimadas diminuem a fertilidade dos solos, tornando as lavouras menos produtivas e comprometem a qualidade da água, pois destroem as matas ciliares, que são a proteção dos rios, riachos, córregos e ribeirões, contribuindo para a ocorrência de seca e a baixa umidade relativa do ar. ‘Estudos científicos comprovam que as queimadas são a segunda maior causa para o aumento do efeito estufa e do aquecimento global’.

Nas cidades as queimadas geralmente ocorrem de forma criminosa ou acidental, como por exemplo quando uma pessoa joga pontas de cigarros em terrenos baldios. Algumas pessoas também utilizam o fogo na queima de lixo doméstico e limpeza de lotes baldios e com os ventos fortes, comuns nesta época do ano, as chamas se espalham causando danos ao meio ambiente e principalmente a saúde das pessoas.

O fogo também acaba levando para dentro das residências, cobras, escorpiões, aranhas, ratos, entre outras espécies que fora do seu habitat natural, que podem causar acidentes aos seres humanos.

A fumaça e a fuligem também causam problemas. Diminuem a qualidade do ar provocando doenças respiratórias, como asma e renite, atingindo, principalmente crianças e idosos, e às margens das rodovias podem diminuir a visibilidade dos motoristas e provocar acidentes graves.

Prevenção Salva Vida e Evita Acidentes

 

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducadorTaquaritinga

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

_____________________________________________________________________________________________________________

Dicas para seu dia-a-dia.

Não deixe que as crianças tenham acesso ao fogão, nem ao botijão e à instalação;

Não acenda o forno ou os queimadores do fogão com isqueiro, sempre com fósforos;

Não coloque panos de prato ou outros objetos que possam pegar fogo próximos ao botijão, na tampa do fogão ou perto dos queimadores;

Feche o registro de gás sempre que não estiver usando o fogão;

Nunca instale um botijão com a mangueira passando por trás do fogão;

Evite instalar o fogão próximo a correntes de vento;

Mantenha sempre o cabo das panelas voltado para dentro;

Nunca utilize fogareiro ou lampião diretamente sobre botijões de 13kg;

Ao sair de casa, nunca deixe panela no fogo ou forno aceso;

A certeza da procedência do botijão é sua maior garantia de segurança e qualidade;

As instalações de gás sofrem desgaste com o tempo e para sua maior segurança, faça revisões periódicas;

Procure somente pessoas habilitadas para realizar qualquer conserto ou modificação nas instalações destinadas ao gás de cozinha;

Nunca utilize fósforo, isqueiro ou equipamento que produza faísca para verificação de vazamento de gás.

Utilize uma esponja com agua e sabão para verficar se há vazamentos de gás.

Prevenção Salva vidas e Evita acidentes.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducador

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

_____________________________________________________________________________________________________________

O que fazer na Crise de Epilepsia

Quando uma pessoa tem uma crise de epilepsia, é normal desmaiar e ter convulsões, que são contrações violentas e involuntárias dos músculos, o que pode levar o indivíduo a ficar se debatendo e salivando e mordendo a língua e, geralmente, as crises duram, em média, entre 2 a 5 minutos, sendo necessário:

  • Colocar a vítima de lado com a cabeça para baixo, que é conhecida por posição lateral de segurança, para respirar melhor e evitar se engasgar com a saliva ou vômito;
  • Apoiar a cabeça da vitima com as mãos evitando sucessivas pancadas no solo;
  • Colocar um apoio em baixo da cabeça, como um travesseiro ou casaco dobrado, para prevenir que o indivíduo bata a cabeça no chão e cause algum traumatismo;
  • Desapertar roupas muito apertadas, como cintos, gravatas ou camisas; 
  • Não segurar os braços ou pernas, para evitar roturas musculares ou fraturas nem se machucar devido aos movimentos descontrolados; 
  • Retirar objetos que estejam próximos e possam cair em cima do paciente; 
  • Não colocar dedo nem qualquer objeto na boca do paciente, pois pode morder os dedos ou se engasgar com objetos; 
  • Não dar de beber nem comerpois o individuo pode asfixiar; 
  • Contar o tempo que dura a crise de epilepsia.

Além disso, quando ocorre uma crise de epilepsia é importante ligar para o 192 SAMU ou 193 BOMBEIROS, para ser levado a UPA local, principalmente caso que dure mais do que 5 minutos ou se repita.

De forma geral, um epilético que já conhece a sua doença.

Após uma crise de epilepsia é normal que a pessoa permaneça 10 a 20 minutos num estado de apatia, permanecendo arada, com olhar vazio e com aspecto cansado, como se estivesse dormindo.

Além disso, nem sempre o indivíduo tem consciência do que aconteceu, por isso, é importante dispersar as pessoas para permitir a circulação de ar e a recuperação do epilético seja mais rápida e sem constrangimentos.

Tomar somente os medicamentos receitados pelo médico.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducador   

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador
_____________________________________________________________________________________________________________

ELEVADOR PAROU !

Não entre em pânico, segue algumas dicas:

Algumas dicas para não entrar no desespero em caso de pane (seja por falta de energia ou mesmo manutenção inadequada), tome nota de algumas medidas a serem tomadas até que o socorro chegue.

1 – Antes mesmo de acontecer um incidente com o elevador, observe se o equipamento de seu prédio ou empresa traz, fixada na parede da cabine, placa com os contatos da empresa responsável pela manutenção do maquinário, do Corpo de Bombeiros e do edifício. Caso não tenha, faça a solicitação ao síndico.

2 – Quando o elevador enguiça, alguns passageiros têm a reação de tentar abrir a porta. O que não é correto, pois eles podem acabar provocando acidentes. No lugar de mexer nas portas ou no teto, acione o alarme, interfone para a portaria, telefone para algum vizinho ou parente, chame pelo zelador, mas não tente intervir.

3 – Os elevadores não são totalmente vedados, como alguns imaginam. Mas há, de fato, uma restrição de ar. Portanto, caso esteja acompanhado de outros passageiros, evitem falar muito. Procure saber se há algum asmático ou pessoa que tenham algum outro problema respiratório – se for você e estiver acompanhado, informe os demais passageiros.

4 – O resgate não deve ser feito por zeladores nem porteiros. Ambos não são habilitados a fazer tal procedimento. Mesmo com o elevador desligado, os riscos de acidentes são altos. Os funcionários do edifício e síndicos devem acionar a segurança e o Corpo de Bombeiros e conversar com os passageiros que estão presos, mantendo-os informados até a chegada do resgate.

  1. Impeça que crianças brinquem no elevador.

5 – Se você for síndico, zelador ou morador e estiver ajudando no socorro, procure repassar para os profissionais de resgate o número e as condições de todos os passageiros.

6 – Após o resgate das vítimas, o elevador deve permanecer interditado e com as portas dos andares travadas, para evitar que outras pessoas se acidentem. O equipamento só deve voltar a funcionar depois de liberação da assistência técnica.

7 – Os edifícios devem contratar empresas credenciadas para manutenção periódica de seus elevadores. Caso contrário, o síndico ou administrador poderá ser responsabilizado pelas consequências da má conservação.

 

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducador

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

_____________________________________________________________________________________________________________


Dicas de segurança para evitar acidentes no transito.

 

– Todos os ocupantes do veículo, adultos e crianças, devem usar o cinto de segurança inclusive no banco traseiro.

– Crianças de até 7 anos e meio nos carros devem usar os equipamentos de proteção adequados a idade (bebê conforto, cadeirinhas ou assento de elevação).

– Pedestre deve sempre ser respeitado. Lembre-se: você também é pedestre. Dê passagem à vida!

– Dirigir embriagado reduz em até 25% o tempo de reação, aumentando o risco de acidentes. Se beber, vá de ônibus, táxi ou carona.

– Bicicleta também é veículo, portanto deve respeitar a sinalização de trânsito. Motorista, mantenha uma distância segura de 1,5m ao ultrapassar ciclistas.

– Respeite os limites de velocidade. Reduza a velocidade em frente a escolas ou lugares de grande concentração de pedestres.

– Motociclista use sempre os equipamentos de proteção: capacete, luvas, botas e jaqueta.

– Respeite as vagas reservadas para idosos e deficientes. A gentileza melhora a convivência no trânsito.

– Não use o celular enquanto dirige. A distração é um dos principais fatores de risco para quem está ao volante.

– Dirigir cansado ou com sono é tão perigoso quanto dirigir alcoolizado. Pare e descanse antes de pegar a estrada.

 

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducador

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

_____________________________________________________________________________________________________________

Você sabia que a panela de pressão pode causar acidentes domésticos?

 

Algumas dicas para você evitar acidentes com panela de pressão

Muitas pessoas tem medo da panela de pressão e, com certeza, esse é um medo que tem fundamento. Uma panela de pressão quando “explode” pode causar sérios danos, tanto materiais, quanto sobre a saúde humana, ou mesmo a morte em alguns casos mais graves.

Por outro lado, é difícil conviver sem esse artefato tão útil para cozinhar alimentos, os mais diversos. Então, o que podemos fazer para evitar os riscos da panela de pressão? Vejamos algumas regras básicas.

O primeiro cuidado começa na compra do equipamento. Apenas compre panelas de pressão que possuam o selo do Inmetro. Peça sempre a nota fiscal, pois ela é sua garantia de troca em casos de defeito.

O próximo cuidado é procurar saber qual a capacidade da panela de pressão, ou seja, quantos litros ela comporta. Essa informação você encontra no manual do fabricante. Uma panela de pressão cheia demais pode entupir a válvula de segurança, o que é muito perigoso.

Além dos cuidados na hora da compra, precisamos ter também os seguintes cuidados durante a sua utilização.

  1. A válvula com pino foi feita para liberar vapor, logo, se durante a operação da panela a válvula parar de soltar vapor e fazer aquele chiado característico, pode indicar que ela foi obstruída. Nesse caso, desligue o fogo imediatamente. Em seguida, com o auxílio de um garfo ou colher, faça um movimento para cima com a válvula para que o vapor dentro da panela escape.
  2. Caso a panela apresente liberação de vapor pela área circular onde fica localizada a borracha, significa que é borracha está danificada e precisa ser substituída.
  3. Quando a panela começar a soltar vapor, você pode diminuir o fogo, pois se a água no seu interior já está fervendo, o fogo alto não vai mais alterar a temperatura do seu interior (propriedade física: um líquido em ebulição não varia sua temperatura durante a transição de fases)
  4. Nunca abra uma panela sem que toda a pressão tenha saído.
  5. Em nenhum momento deixe panelas no fogo sem supervisão, acidentes com panelas em uso são extremamente frequentes.
  6. Jamais esfrie a panela sob a torneira, pois o choque térmico pode danificar o objeto.

Finalmente, após usar sua panela de pressão, lave todas as partes muito bem lavadas e guarde-as.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducador

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador

 

_____________________________________________________________________________________________________________

  •  Evite acidentes com pipas e papagaios.EVITE CEROL.As férias escolares trazem de volta uma das mais antigas brincadeiras infantis: soltar papagaio.A diversão, porém, traz com ela o perigo do uso do cerol, mistura de cola e vidro moído, que pode até matar.Evitem brincar perto de antenas, fios telefônicos ou cabos elétricos e procurem locais abertos como praças e parques para a prática da atividade.As crianças devem ser orientadas a dar preferência para os papagaios sem rabiolas, pois na maioria dos casos é esta a parte que se prende aos fios, ocasionando acidentes. Não suba em lajes e telhados para empinar pipas.Também não faça pipas com papel laminado. O risco de choque elétrico é grande.Tome cuidado com ruas e lugares movimentados, principalmente quando andar de costas para observar as evoluções do papagaio no céu.Para os motociclistas e ciclistas a linha com cerol pode representar risco de vida. Por isso, não faça uso da mistura de vidro moído com cola na linha em nenhuma hipótese.Aconselho que os condutores de motos equipem o veículo com antenas antilinhas, já que o adereço evita que eventuais linhas com cerol os atinjam diretamente, causando cortes profundos e até fatais.Atenção: O uso do cerol é proibido, Lei 7189/86, os responsáveis por menores que se envolverem em acidentes relacionados com o uso do cerol serão responsabilizados.Caso uma pipa enrosque em fios, não tente retirá-la. É melhor fazer outra. Nunca use canos, vergalhões ou bambus para alcançá-las ou desenrolá-las. E ao correr atrás de papagaios, não deixe de observar o trânsito, evitando atropelamentos.Não solte pipas em dias de chuva, principalmente se houver relâmpagos.Evite brincar perto de antenas, fios telefônicos ou cabos elétricos. Procure locais abertos como praças e parques.Atenção especial com as motociclistas e ciclistas — a linha pode ser perigosa para eles. Fique atento para que a linha não entre na frente deles.Se a pipa enroscar em fios, não tente tirá-la. É melhor fazer outra.Ao correr atrás das pipas, muito cuidado com o trânsito.Siga-nos também no Facebook!Pagina: @BombeiroEducadorGrupo: @DicasDoBombeiroEducador

_____________________________________________________________________________________________________________

Muito cuidado com fogos de artifício.
VOCÊ SABIA?

Os FOGOS DE ARTIFÍCIO são classificados de acordo com seu poder de explosão ou queima. Essa classificação está adequada à idade do usuário e de acordo com a norma do Ministério do Exército, R 105, para isso todo produto deve possuir na embalagem sua classificação:

* Classe A ( Infantil ) – Podem ser vendidos a menores e sua queima é livre (recomendável assistência de adultos).

*Classe B (Juvenil) – Podem ser vendidos a menores, mas a sua queima é proibida em terraços, portas ou janelas que tenham proximidade com vias públicas (também sob a assistência de adultos).

*Classe C (Adulto) – Venda proibida a menores de 18 anos. Classe D (Profissionais) – Venda proibida a menores de 18 anos em qualquer hipótese. Só pode ser queimado com licença prévia da autoridade competente.

Nessa época do ano, temos tradicionalmente costume de acender fogueiras e soltar fogos de artifícios. Infelizmente esta atividade aumenta de forma considerável a incidência de pacientes com queimaduras nos hospitais.

Não devemos ignorar os riscos advindos da queima de fogos de artifícios, assim, precauções devem ser tomadas para manter o brilho e a alegria  dos festejos juninos:

Dentro de um aspecto preventivo, orientamos a população para que:

– Somente adquira fogos de artifícios em  locais devidamente autorizados    para comercialização dos respectivos  produtos;

– Acompanhe e oriente seu filho na compra e no momento de utilização do artefato, bem como nas proximidades de fogueiras;

– Leia atentamente o rótulo de segurança e data de validade dos artefatos no momento da compra e durante sua utilização;

– Mantenha caixas de fósforos e/ou isqueiros em locais fora do alcance das crianças;

– Nunca solte fogos em ambientes fechados, e quando o fizer em ambientes abertos, atente para sua segurança e de outros;

– Ingestão de bebida alcoólica e fogos não combinam;

– Para a queima de rojões utilize um suporte adequado e o mantenha fora do alinhamento do seu corpo, bem como sua projeção inclinada para uma área segura;

– Cuidado com o efeito retardado. Os fogos podem falhar temporariamente; se isso ocorrer considere o artefato ativo;

– Não acenda bombas na mão, utilize uma base segura e o acenda com segrança;

– Utilize luvas para soltar busca-pés e espadas;

– Não coloque o artefato em bolsos;

– Muito cuidado também com as fogueiras e jamais realimente o fogo com álcool, ou jogue objetos na fogueira;

– Em caso de queimaduras, procure aliviar a dor imergindo a parte afetada em água potável e se necessário  procure imediatamente auxílio médico;

Todos nós somos responsáveis, e como cuidado específico; recomendo atenção especial com as crianças;  assim, estaremos educando cidadãos para o futuro, bem como preservando nosso bem maior.

Siga-nos também no Facebook!

Pagina: @BombeiroEducador

Grupo: @DicasDoBombeiroEducador