Arquivo Geral

Por: Luiz Eduardo Schneider

Sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Um novo gás

Taquaritinga acaba de ganhar mais uma empresa. Trata-se da Coqueiral Gás e Água, na esquina das avenidas Vicente José Parise e Calil José Dib (proximidades do posto Eldorado). É representante Consigaz, uma nova marca que chega à cidade. Parabéns aos novos empreendedores e sucesso pela iniciativa.

Mais um livro

O ex-vereador Ico Curti está tomando gosto pela edição de livros. Desta vez, reuniu um bom número de escritores locais para publicar uma coletânea de crônicas que envolvem, direta ou indiretamente, Taquaritinga. Ico está de parabéns por promover a cultura.

Novo ninho?

Os tucanos que apareceram nas árvores ao redor da Prefeitura foram um presságio? Nos bastidores, comenta-se a possibilidade do prefeito Vanderlei Mársico trocar o PSD pelo PSDB. A aproximação do prefeito, com o maior nome dos tucanos municipais, Sérgio Salvagni, pode explicar essa mudança.

Mais transparência

Uma nova lei de licitações está em fase final de aprovação. Algumas mudanças substanciais deverão ocorrer. Por exemplo, na hora de contratar o show de um artista, o poder público terá de englobar todos os gastos do evento, como palco, iluminação e segurança – e não apenas o cachê pago. Isso porque às vezes “o molho sai mais caro que o frango”.

Orçamento

Já deu entrada na Câmara Municipal de Taquaritinga o Projeto de Lei 5.619/2019, que versa sobre o Orçamento do próximo ano. As receitas e as despesas foram fixadas em R$ 201.168.714,00. Os vereadores, que têm até meados de dezembro para aprová-lo, acrescentarão ao projeto as emendas impositivas. A Câmara deve fazer uma audiência pública para mostrá-lo à sociedade.

Belo trabalho

Desde que chegou à Câmara Municipal, como assessor de imprensa, em 2013, o jornalista Nilton Morselli tem sido um ótimo colaborador no relacionamento com os demais integrantes que representam a imprensa escrita e falada de Taquaritinga. Solícito, atuante, exerce a profissão com muita dedicação. Um dos funcionários mais queridos do Legislativo taquaritinguense.

Faz falta

Taquaritinga precisa, com urgência, voltar a realizar uma feira que mostre todo seu potencial agrícola, industrial e comercial. Não é possível que, em outros tempos, esse tipo de evento fosse realizado com sucesso e hoje, nenhuma iniciativa é tomada. Se bem que o país atravessa uma crise, mas é nesses momentos que é preciso mostrar criatividade e entusiasmo.

FGTS imediato

A agência de Taquaritinga da Caixa Econômica Federal funcionará neste sábado (19), das 9h às 15h, exclusivamente, para atender os trabalhadores que farão o saque do FGTS. Como já foi amplamente divulgado, o governo liberou R$ 500 de cada conta, ativa ou inativa. Lembrando que o crédito em conta será automático para quem é cliente da Caixa. Para quem faz aniversário em janeiro, o benefício começa a ser liberado nesta sexta-feira (18).

Em busca de verbas

Na quarta-feira (16), o prefeito de Taquaritinga, Vanderlei Mársico, viajou até Brasília, no intuito de conseguir, junto a deputados, senadores e ministros, verbas para a prefeitura. O prefeito tem trabalhado bastante, chegando mesmo a apresentar um stress no seu comportamento físico. Desejo boa sorte ao chefe do Executivo e que tudo corra bem até o final de 2020, quando termina seu primeiro mandato como prefeito.

_______

Sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Gelado

Depois de 23 anos de atividades, a direção da Sorveteria Naturalia passou para o Charlito’s Sorvetes, que inaugurou sábado passado uma filial naquela esquina movimentada da Rua Prudente de Morais com a General Osório. A loja 1 também fica numa esquina, no jardim Santo Antonio, em frente ao Wilson’s Pizza.

Quente

Por falar no Wilson’s, a pizzaria prepara a transferência do atendimento presencial para a Avenida Caetano Decaro. O amplo prédio da antiga Fuji Choperia já está passando por reforma. Essas boas notícias mostram como é forte o comércio nos bairros. Parabéns e sucesso aos empreendedores.

Repercussão

A nota publicada nesta coluna, na semana passada, pode ter sido o estopim de uma grande e positiva discussão em torno da situação do Terminal Rodoviário “José Gabriel Miziara”. O objetivo dos vereadores é dotar o local de mais segurança e uma estrutura mais digna para ousuários. Temos a esperança que, desta vez, o problema seja revolvido.

Mais empregos

Deverá ser aprovada nesta segunda-feira (14), na Câmara Municipal a doação de uma área para a Fe Tech Indústria de Equipamentos Elétricos e Serviços Ltda. O terreno, de 3,9 mil m2, fica no Núcleo de Desenvolvimento Integrado “Nadyr de Paula Eduardo”. Essa firma, sediada na capital da tecnologia, São Carlos, trabalha com a fabricação de aparelhos e equipamentos de medida, teste e controle.

E a feira?

Por enquanto, a Secretaria da Cultura não divulgou quando a Feira do Livro (Felicitá) será realizada. O evento chegaria à terceira edição este ano. Normalmente, aproveitava-se a barraca da quermesse de Nossa Senhora Aparecida. O fim da feira seria algo a se lamentar, pela importância que representa nos meios estudantis.

Padroeira

A propósito do Dia de Nossa Senhora Aparecida, padroeira do Brasil, Taquaritinga tem duas igrejas consagradas ao culto da santa mais popular do país. Além do tradicional Santuário, antiga sede da paróquia, temos a Igreja de Nossa Senhora das Graças, no Farwest. Ambas são ligadas à Paróquia São Sebastião. Pelo mundo, a Virgem Maria, mãe de Jesus, ganha diversas designações honoríficas.

Fé na santa

Nessa data, o Santuário da Virgem Montesina, no distrito de Aparecida do Monte Alto, é muito visitado. Inclusive, uma romaria a pé sai de Taquaritinga na madrugada. Porém, Nossa Senhora da Conceição Montesina, padroeira do local, é comemorada em 8 de setembro, dia da natividade de Nossa Senhora.

______________

Sexta-feira, 4 de outubro de 2019

Mudança de CEP

Continua dando polêmica a mudança de CEP das ruas de Taquaritinga. Moradores da Praça “Guilherme Franco” no Parque Residencial Laranjeiras, têm reclamado que não conseguem realizar compras pela internet e até mesmo informar o novo CEP do local para envio de uma simples correspondência. Motivo: nem no site dos Correios é possível saber o número do código de endereçamento postal da praça.

Transparência

Mudanças substanciais serão feitas na Lei de Licitações, em fase de aprovação no Congresso Nacional. O objetivo é dar mais transparência, celeridade e segurança às compras de bens e contratações de serviços nos entes governamentais. Não era sem tempo: o poder público precisa comprar com as mesmas vantagens da iniciativa privada. Para tanto, carece de uma legislação mais moderna e dinâmica.

Legislação Eleitoral

O Seminário Gestão Pública e Novas Regras Eleitorais, que a Câmara Municipal realizará em parceria com a Uvesp (União dos Vereadores do Estado de São Paulo), no dia 31 deste mês, deverá ser bastante concorrido. A palestra sobre as alterações na legislação eleitoral para 2020 chama a atenção de partidos e futuros candidatos. O fim das coligações para vereador e os critérios para a definição das cadeiras legislativas ainda causam muitas dúvidas.

Ponto Eletrônico

Sempre à frente das boas práticas administrativas, a Câmara Municipal de Taquaritinga implantou o ponto eletrônico para seus funcionários. Agora, na entrada e na saída da jornada diária, os servidores registram a presença em um aparelho biométrico que se faz a leitura da impressão digital.

Terminal Rodoviário

Para uma cidade que está em busca de incrementar o turismo, até mesmo entrando para o rol das cidades agraciadas com uma verba específica para o setor, o Terminal Rodoviário deixa muito a desejar. Principalmente porque, a Prefeitura está se mudando em frente, e o terminal precisa de uma ampla reforma, e mais segurança para os usuários. Uma boa rodoviária com banheiros em condições de uso é o mínimo que o turista merece e exige. Ao contrário, causa uma péssima impressão.

Praça Dr. Horácio Ramalho

Falando em cuidados, já passou da hora da administração pública municipal dar um jeito em terminar as obras na praça “Dr. Horácio Ramalho”.  Recentemente, esteve na cidade, Alfredo Gimenes, Diretor Executivo da CNTur, fazendo palestra a respeito da Semana do Turismo. Não deve ter ficado nada satisfeito com o que viu, isto é, uma obra parada, causando insatisfação a população.

_________

Sexta-feira, 27 de setembro de 2019

Distanciamento

É o que se vê, entre o líder do prefeito na Câmara, Marcos Bonilla em relação ao chefe do Executivo, Vanderlei Mársico. O vereador, sempre atento aos acontecimentos na esfera municipal, pouco, ou quase nada tem falado ou comentado no tempo que é dedicado aos vereadores no chamado tema-livre em sessões ordinárias. Mársico já perdeu Beto Girotto, perdeu o professor Caio Porto que é do mesmo partido (PSD), não conta com o apoio de Tonhão da Borracharia, muito menos com apoio de Rodrigo de Pietro. Se perder também o apoio de Bonilla, adeus reeleição.  

Retorno à base

Por outro lado, WadinhoPeretti, longe dos microfones nas últimas sessões, voltou com tudo e muito mais, apresentando indicações de interesse da população. Duas vezes eleito o vereador mais votado nas eleições passadas, caso se candidate novamente ao cargo que ocupa, isto é o de vereador, suas chances de se reeleger são muito grandes. Moço trabalhador, com ótimas ideias e mais do que isso, benquisto na cidade.

É preciso dar um jeito

Caso o prefeito Vanderlei Mársico tenha mesmo intenção de se candidatar à reeleição, em 2020, pelo menos, uma obra de destaque vai ter que apresentar como inaugurada para alcançar positivamente, seus objetivos. Não se trata desta ou aquela, mas sim da praça Dr. Horácio Ramalho, jogada às traças, sem nenhum tipo de cuidado, causando, há tempos, má impressão às pessoas (e não são poucas), que passam, com dificuldades, pelo local. Ali sim é um ponto primordial, depois de pronto, para que a cidade almeje sua condição em pleitear, junto ao Governo do Estado, como Município de Interesse Turístico. Caso contrário…

Sempre é bom lembrar

Já que estamos falando em prefeito, é bom lembrar que o chefe do Executivo possui múltiplas funções, todas elas relacionadas com a preservação e melhoria do Município, bem como o bem-estar de seus cidadãos. Como liderança municipal, o prefeito tem como objetivo realizar várias atribuições, dentre as quais, destacamos algumas: a) administrar os impostos recolhidos; b) tomar medidas para melhor zelar pela limpeza da cidade; c) apresentar projetos de Lei à Câmara Municipal, além de promulgar, sancionar ou vetar leis que já tenham passado pela votação dos vereadores; d) ouvir e atender a comunidade; e) representar o Município de forma legal. O prefeito é o chefe do Poder Executivo em sua esfera municipal, sendo o responsável por administrar os interesses da cidade em conjunto com a Câmara Municipal e com os vereadores. No Brasil, o prefeito é eleito a cada quatro anos, podendo ser reeleito mais uma vez em sequência ou por mais vezes em mandatos não consecutivos.

Em conjunto

É claro que o prefeito não atua sozinho. Junto a ele, há o vice-prefeito e uma série de funcionários que atuam tanto no gabinete quanto nas secretarias municipais. Os secretários que ocupam essas vagas são escolhidos pelo mandato do próprio prefeito e, geralmente, vinculam-se aos partidos que apoiaram a candidatura durante as eleições. São, portanto, os secretários municipais que executam boa parte das ações requeridas pela Prefeitura, ações essas que devem sempre estar sob a coordenação do próprio prefeito.  Caso o prefeito esteja fora ou o mesmo renuncie, quem governa a cidade é o vice-prefeito, que é eleito na mesma chapa. Caso o vice-prefeito também não possa exercer suas funções, o comando do prefeito passa para o presidente da Câmara Municipal, que é sempre um vereador que ocupa esse cargo por decisão de seus pares em votação.

Relembrando

Um caso em Taquaritinga que o presidente da Câmara assumiu a Prefeitura, foi em 1987, quando do falecimento do vice-prefeito, Horácio Ramalho, em pleno desempenho de suas funções, após assumir o cargo, pela morte do então prefeito Adail Nunes da Silva, em 1986. Naquela oportunidade, Tato Nunes, presidente do Legislativo, assumiu o comando da Prefeitura de julho de 1987 a dezembro de 1988. Quatro anos depois, em 1992, foi eleito prefeito, derrotando o candidato Sérgio Salvagni, por uma diferença de apenas 334 votos. São apenas detalhes. Nada comparando à situação atual envolvendo prefeito, vice e presidente da Câmara.

Mais sobre a Prefeitura

Não se sabe se é medo, receio ou esquecimento, mas a assessoria do prefeito de Taquaritinga, nos últimos meses, sempre que acontece algum tipo de homenagem na Prefeitura, não convida a imprensa para prestigiar o acontecimento. Mais um motivo oferecido para as críticas, caso sejam necessárias. O prefeito se esquece, que em 2020 é candidato à reeleição e aí, com certeza, vai precisar da imprensa. Ou não? Com o que tem em mãos dá pra se virar?

____________

Sexta-feira, 20 de setembro de 2019

Perdendo espaço

Mais uma vez, a ausência do prefeito, ocorrida por ocasião das homenagens a pessoas Exemplo de Vida e Obrigado, Servidor, em sessão solene na Câmara Municipal, segunda-feira (16), foi comentada na plateia durante a realização da reunião. Seria interessante, nessas alturas do campeonato, ou do seu mandato, faltando 380 dias para o pleito de 2020, que alguém na prefeitura desse uma mãozinha e encaminhasse o prefeito para os eventos com participação popular. Ir no rádio e criticar empresários, só perde votos.

Proibido falar

Ainda sobre a sessão solene, o presidente da Câmara Municipal, vereador Beto Girotto, não deu espaço para ninguém se manifestar após as homenagens ali ocorridas. Percebeu-se que, com essa atitude tomada por Girotto, alguns componentes da mesa, tão logo terminou a sessão solene, não ficaram um só minuto na plateia, para acompanhar a sessão ordinária que se realizaria logo após. Será que ficaram “bravinhos” ou tinham outros compromissos?

Somente só

Quem ficou praticamente até o final da sessão ordinária, presenciando os trabalhos dos vereadores, na segunda-feira, foi o secretário municipal de Obras e Meio Ambiente, engenheiro Luís Carlos Lourençano. Aliás, pessoa séria, como também são os demais secretários, Lourençano tem auxiliado bastante o prefeito nas informações sobre as obras existentes na cidade. Deveria o prefeito fazer a mesma coisa. Mas…

Sessão solene

Bastante concorrida, como aliás tem ocorrido nas demais, a sessão solene de segunda-feira na Câmara, com a entrega de Diplomas de Mérito e Reconhecimento Exemplo de Vida e Obrigado, Servidor.  Pessoas com idade mais avançada foram homenageadas, recebendo um carinho todo especial por parte da plateia, em razão da disposição com que se apresentaram no evento. Parabéns a todos eles.

Comentário

Alguns vereadores da atual legislatura da Câmara Municipal de Taquaritinga já se manifestaram que não se candidatarão à reeleição nas eleições de 2020. Uns, por estarem decepcionados com a política. Outros, pelo fato de não se adequarem definitivamente à ela. E outros, ainda, em razão de postularem suas candidaturas a prefeito ou vice.

Juventude

Com relação à Câmara de Vereadores é sabido que muitos jovens estão propensos a se candidatar em 2020 para ocupar vagas dentre as 15 cadeiras no Legislativo que estarão em disputa. Gente nova, com muita vontade de entrar para a política caseira.

É dando que se recebe

O atual prefeito, no meu entendimento, é um empresário de visão administrativa e não pode esquecer que as eleições municipais estão batendo à porta e a população cobra bastante. O ditado popular é simples e grosso: o povo põe, o povo tira.

Por isso mesmo

Está na hora da população se conscientizar que o futuro prefeito de Taquaritinga seja uma pessoa que trabalhe voltada aos interesses da cidade, com metas pré-estabelecidas e não em troca de vaidades pessoais. Acontece muito disso, viu?

________________________________

Sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Falou e disse

Durante 20 minutos, o presidente da Câmara Municipal, vereador Beto Girotto, explicou aos demais vereadores, na sessão ordinária de segunda-feira (9), a necessidade de os mesmos aprovarem projeto de Lei da Mesa Diretora da Câmara, com o objetivo de instituir jornada de 30 horas semanais (6 horas diárias) na Câmara de Taquaritinga, com intervalo de 15 minutos. Porém, nem bem acabou de se expressar, Cido Bolivar pediu a palavra solicitando pedido de vistas do referido projeto, aprovado pela maioria dos vereadores.

Clima ruim

Em recente pronunciamento pela emissora Canal Um FM, o vice-prefeito de Taquaritinga disse que orientaria o prefeito a vetar esse projeto, caso fosse aprovado na Câmara, pois o mesmo não estaria de acordo, contrariando recente decisão judicial contra funcionários da Prefeitura, para que o chefe do Executivo determinasse o cumprimento de 8 horas diárias do servidor municipal. Pelo jeito, nem precisou a ordem chegar ao prefeito. Vereadores aliados da base situacionista, liderados pelo Bolivar, cumpriram, de forma instantânea o pedido feito pelo colega.

Nada satisfeito

Percebeu-se, logo após a aprovação do pedido de vista, que o presidente do Legislativo ficou de cara fechada, pois acreditava que o projeto iria a votação e, consequentemente, a aprovação. Beto tem conversado pouco com o prefeito, cujo clima entre Executivo e Legislativo não é dos melhores, principalmente entre um e outro. Mesmo tendo sido secretário municipal durante 15 meses na atual administração, o presidente da Câmara tem sido preterido em algumas decisões, pelo prefeito, o que pode, num futuro, acontecer um distanciamento ainda maior entre ambos.

Cadê o cartão dos aposentados?

É o que o vereador Valcir Zacarias quer saber. Há quase dois meses, o prefeito falou em sua rádio que estava encaminhando à Mesa Diretora da Câmara, um projeto de Lei, beneficiando os aposentados do IPREMT, no valor de R$ 200. No entanto, o vereador pediu explicações ao chefe do Executivo, pois ele revirou as gavetas da Câmara e até aquele momento, segunda-feira (9), nadica de nada do projeto chegar para votação. Lembrando que essa é uma promessa feita pelo prefeito na campanha política de 2016.

Chá de sumiço

As cobranças diárias dos aposentados da Prefeitura em relação ao cartão-alimentação estão aumentando, consideravelmente. Tanto que nos últimos dias, o prefeito deu uma “sumidinha” em relação aos seus compromissos na cidade, a fim de não aparecer muito em público. Nem mesmo no ato cívico, sábado (7), na Praça Dr. Waldemar D’Ambrósio, comemorar o 7 de Setembro apareceu. Desrespeito total com a data.

Perdendo terreno

Dizem, os mais céticos pela política, que o prefeito está perdendo espaço junto aos eleitores que o elegeram em 2016. Principalmente os aposentados da Prefeitura, que acreditavam na volta do cartão-alimentação, prometido por ele, e até agora estão a ver navios. É preciso que alguém alerte o chefe do Executivo para a retomada de posições diante dos seus eleitores, senão a proposta de se candidatar à reeleição pode ir por água abaixo.

Bom ou ruim

As possíveis candidaturas de ex-prefeitos para o pleito de 2020 em Taquaritinga podem ter dois importantes significados para o atual prefeito, que diz ser candidato à reeleição. O primeiro, seria a divisão dos 30 mil votos a sete ou oito candidatos que, em parte, beneficiaria o prefeito. O segundo, o mais crítico e apreensivo, na última hora, uma união de adversários, em consenso, apoiando apenas um candidato, como ocorreu em 2004. Lembram-se?

E ele pode voltar

Ninguém fala muito sobre o assunto, mas Paulo Delgado, caso confirme sua candidatura ao cargo de prefeito nas eleições de 2020, será difícil derrotá-lo. Suas administrações municipais, de 2005 a 2012 foram consideradas boas pela população e, como o atual prefeito, que diz ser candidato à reeleição, está mais pra lá do que pra cá, Delgado chega à vitória, até com folga. Quem viver, verá.

____________________________________

Sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Espaço para todos

Os dois eventos festivos, quermesse da paróquia de São Sebastião e o 2º Nippon Matsuri, ambos realizados na sexta e no sábado, em diferentes locais, na praça Dr. Aimone Salerno e praça Dr. Waldemar D’Ambrósio, mostraram que esse tipo de festa, quando bem organizado, só pode terminar com o sucesso que terminou.

Não para, não para…

Falou em festa, lá está o prefeito de Taquaritinga. Não perde uma oportunidade de aparecer nos eventos, tirar fotos, dançar, beber, comer e, às vezes, até cantar. Com isso, volta a ter a credibilidade que o levou a ser o chefe do Executivo em 2016. Ultimamente, estava um tanto quanto esquecido para esse tipo de comemoração, certamente cuidando das coisas da cidade.

Tá difícil hein?

Em postagens pelas redes sociais e nos programas jornalísticos das emissoras de rádio, aposentados do IPREMT, que ficaram sem o cartão vale-alimentação, cobram, sistematicamente, do prefeito o retorno do mesmo. Muitos desses aposentados, sem ter como mais trabalhar, necessitam desse complemento alimentício para realizar suas compras, já que o salário, com os empréstimos consignados batendo à porta, pouco sobra na hora do pagamento.

E a implosão do shopping?

Já faz um tempinho que o prefeito falou, no programa de rádio “Taquaritinga presta contas”, que o prédio do shopping Salvagni, no bairro Laranjeiras, seria implodido, a fim de o espaço ser comercializado, na venda de terrenos aos interessados. Porém, a informação caiu no esquecimento e ninguém fala mais nada. A moda agora é colocar um chapelão e ajudar os funcionários em obras da municipalidade. Quem pode, pode. Quem não pode…

Vai levando

Gerson Begiatto, um dos braços direitos do prefeito na atual administração, como funcionário ao cargo de confiança na Prefeitura de Taquaritinga, está, temporariamente, como substituto de Jorge Gibertoni, na secretaria de Serviços Municipais, o chamado DSM. Desde o início de 2017, prestava serviços na área de licitação. Gerson é trabalhador, bom funcionário e veste a camisa. Só que não pode ficar acumulando cargos. Jorge Gibertoni deixou a secretaria, onde fez bom trabalho nos dois anos e meio que lá esteve.

Resumo

Através do programa jornalístico da Rádio Mix FM, o secretário municipal de Obras e Meio Ambiente, engenheiro Luís Carlos Loureçano apresentou um resumo das obras municipais que se encontram em fase de acabamento. Segundo ele, algumas estão devagar, outras mais adiantadas. É preciso dar uma acelerada, viu prefeito, senão daqui a pouco começam as chuvas e aí fica ruim não é mesmo?

E o CAT hein?

Vitória bonita do tricolor taquaritinguense sábado passado em Limeira, diante do Independente, pelo placar de 3×0. A chegada do técnico Átila Alcântara, que realizava o trabalho de base com a garotada no Rio de Janeiro, foi uma contratação que deu certo pela diretoria e o sub-20 vai buscando seu espaço dentro da competição no grupo 2.

Civismo

Acontece no sábado (7), na praça Dr. Waldemar D’Ambrósio, em Taquaritinga, evento cívico em comemoração ao Dia da Independência. A solenidade terá início às 7h30 e contará com a presença dos atiradores do TG 02.041 e autoridades municipais. A população está convidada a comparecer e prestigiar o acontecimento.

______________________________________

Sexta-feira, 30 de agosto de 2019

Esperança

Com as possíveis inaugurações anunciadas de diversas obras remanescentes de governos anteriores e mais ainda de obras atuais, a administração Vanderlei Mársico/Luiz Fernando começa a retomar a credibilidade junto a população, fato negativo, bastante comentado durante a campanha eleitoral de 2016. Orgulho e vaidade não levam a lugar nenhum.

Represa

O prefeito de Taquaritinga acompanha passo a passo as obras de reforma na antiga represa Colombo, denominada no governo de Paulo Delgado como Parque de Lazer Prefeito Ernesto Salvagni. Esse estilo usado por Vanderlei sempre foi empregado em suas empresas e agora, finalmente, tem início na sua administração municipal. Quem planta, colhe.

Reeleição

Mársico acredita muito na sua reeleição. Mesmo sabendo que poderá enfrentar ex-prefeitos como candidatos, caso de Delgado e Zuppani, pouco ou quase nada tem se importado com isso. Prefere dar continuidade em seu trabalho diário, agora com humildade e apoio dos funcionários da Prefeitura e autarquias municipais. Estamos de olho.

Eleitores

O trabalho apresentado em mais de dois anos pelo prefeito no bairro CAIC, tem sido uma forma de conquistar o eleitorado do Jardim São Sebastião. O que o chefe do Executivo não pode esquecer é que existem outros bairros precisando de vários melhoramentos e isso não está ocorrendo no momento. Abra os olhos, prefeito!

Disputa

Fala-se, pelos quatro cantos da cidade, que em 2020 muitos serão os candidatos a prefeito, bem mais do que em 2016. Sérgio Salvagni deve ser um deles. Foi colocado no SAAET pelo prefeito. Outro, deve ser Aristeu Silva, do IPREMT. Foi colocado no cargo pelo prefeito.  Fala-se também em Beto Girotto. Está como presidente na Câmara com apoio do prefeito. E assim vai. Quem viver, verá.

Reeleito

O ex-prefeito e empresário Antonio Carlos Nunes da Silva, popularmente conhecido por “Tato” Nunes, acaba de ser reeleito, por unanimidade, pelos companheiros de partido, presidente do Diretório Municipal do MBD por mais dois anos. Afastado dos últimos pleitos municipais, “Tato” é um dos políticos mais queridos da cidade. Fica a dica.

Cade você?

Faz um tempinho que não se vê perambulando pela cidade, a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais, a competente Maria Angélica Tiossi Boher. Também, convenhamos, deve estar cansada. Nos primeiros seis meses do ano, seu trabalho junto ao funcionalismo foi importantíssimo. Guardando energias para a campanha política. Só pode!

Vai indo

Devagar mais vai indo. Assim é a reforma do prédio onde será instalada a futura “Cidade Administrativa”, a chamada Prefeitura de Taquaritinga. Lá já estão funcionando alguns departamentos, outros devem chegar não se sabe quando. O prefeito já disse, pelas ondas da Rádio Canal Um FM que será um dos últimos a mudar de prédio. Isso se der tempo. Quem ama, não pode se descuidar.

Será?

Parte dos eleitores de Taquaritinga aposta que o ex-prefeito Paulo Delgado já tem o aval do vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia, para se declarar como “prefeiturável” nas eleições municipais do ano que vem. Nome forte, administrou a cidade duas vezes, entre 2005 a 2012. Muitos amigos que ocuparam cargos de confiança nas duas gestões de Paulinho, estão trabalhando com o prefeito Vanderlei Mársico. Pode isso, Arnaldo?

Olho no… lance!

Não se sabe se a recomendação partiu de alguém, de ambos os lados, ou se tudo não passa de uma estratégia, para amenizar os ânimos, politicamente falando. A verdade é que tanto o prefeito, como o grupo de 3 vereadores da Câmara Municipal, chamado de oposição pelo chefe do Executivo, pararam de criticar um ao outro. A cidade está mais calma. Tudo caminha bem. Uma luz, de led, no final do túnel, finalmente foi acesa. Viva a democracia.

__________________________

Sexta-feira, 15 de agosto de 2019

Excepcionalmente,

nesta edição festiva de O Defensor, pelo aniversário da Cidade, está sendo inserida nas páginas do jornal a coluna Arquivo Geral, que vai relatar fatos e acontecimentos registrados nas últimas semanas em Taquaritinga, com enfoque, naturalmente, na área política.

Mais uma vez,

o prefeito de Taquaritinga, no programa de sábado (10), no chamado “Taquaritinga presta contas”, pela Rádio Canal Um FM, de propriedade da família Mársico, não deu tréguas aos funcionários públicos municipais, principalmente aqueles que se utilizam de atestados médicos, prejudicando companheiros de profissão, que são obrigados a cumprirem uma carga de trabalho bem maior em relação àquela que normalmente praticam em seus referidos postos de trabalho.

O chefe do Executivo

disse que, pelo menos, 300 funcionários se utilizam dessa prática. E mais. “Tá doente, tá incapaz, se aposenta, o INSS, o IPREMT é pra isso. É a segurança do seu futuro”, esbravejou. De acordo com o prefeito, “parte desses funcionários com atestado médico é de creches, por isso todo esse problema verificado atualmente, com falta de pessoas para atendimento às crianças, impossibilita seu funcionamento o dia inteiro”, contou.

Por falar em creche

quando será que o atual prédio da secretaria municipal de Educação, no bairro Laranjeiras, vai passar a atender crianças de creche no local, como bem frisou, há quase um ano atrás, o prefeito municipal. E que os funcionários da Educação, no início do ano de 2019, passariam a atender no futuro prédio da Prefeitura na praça 1º de Maio. Pelo jeito, nem uma nem outra coisa. E convenhamos, ainda vai longe essa história de mudança daqui pra lá, de lá pra cá.

O nome do presidente da Câmara

Beto Girotto, caiu no esquecimento do atual chefe do Executivo. Quando ele se refere ao (ex) companheiro de partido, de política, cita apenas o nome de Beto como “o presidente do Legislativo” e não mais Beto Girotto, como fazia, em outras oportunidades. Beto Girotto foi um dos maiores cabos eleitorais do atual prefeito, em várias campanhas políticas e agora, com as críticas que vem recebendo do vereador, o prefeito evita falar seu nome por inteiro. Coisas da vida. Da política.

Será que esse comportamento

adotado pelo prefeito em relação a Beto Girotto tem alguma coisa a ver com as eleições municipais de 2020? Beto tem dito que sua intenção é sair candidato a prefeito, o que, de certo modo, reduziria as chances do atual chefe do Executivo em se reeleger, que por outro lado já disse ser candidatíssimo nas próximas eleições.

Nas últimas semanas,

o prefeito tem apostado bastante na sua recuperação política perante o eleitorado taquaritinguense, anunciando a inauguração de diversas obras e reformas de prédios e lugares públicos que se encontram para serem finalizados. Caso isso aconteça até meados de abril de 2020, pode até ser que reúna condições para sua reeleição. Caso contrário…

Isso, contudo,

na hipótese de não ter enfrentamento com possíveis candidatos, ex-prefeitos, que ganharam muito mais popularidade que o atual. Sem contar na debandada que pode ocorrer de boa parte dos funcionários que ocupam cargos de confiança, pertencentes a outras alas políticas. Será preciso muito jogo de cintura para o atual prefeito segurar esse povo. É um piscar de olho e, tchau, tchau.

Já imaginaram

nas próximas eleições municipais, uma disputa eleitoral para prefeito com todos os políticos que administraram Taquaritinga nos últimos 40 anos? Como seria a divisão de votos, com lideranças atuais no apoio a este ou aquele. Seria algo inusitado, certamente, em todo o Estado de São Paulo e a curiosidade para se saber quem sairia na frente, mais ainda. Claro que isso não passa de hipótese, mas que seria interessante, seria, não é mesmo?

Feliz aniversário, querida cidade

Foto: Fernando Braga

Neste dia 16 de agosto, Taquaritinga completa 127 anos de emancipação político-administrativa, e hoje, nada mais justo que parabenizar o povo taquaritinguense, gente de bem, guerreira, honesta e batalhadora que, com seu trabalho diário, constrói o desenvolvimento do município e dentro das suas possibilidades não mede esforços na busca do crescimento e de melhores dias.

Desejamos que cada munícipe seja um ponto de apoio na constante construção de uma Taquaritinga melhor, que através de valores sólidos ajudem a preparar as crianças e jovens para este processo contínuo de transformação que o nosso município tanto precisa. É necessário semear ações e colher conquistas, buscando no presente o futuro para que as conquistas da comunidade sejam sempre crescentes, demonstrando que somos nós quem fazemos o amanhã e que nossa perseverança é a luz que ilumina o caminho rumo a uma cidade mais justa e cidadã.

Parabéns a todos que diariamente cumprem sua missão, contribuindo assim com o desenvolvimento do município; buscando sempre novos projetos e aceitando o desafio de fazer mais e melhor; não perdendo de vista os anseios da comunidade, mostrando assim que não existem fronteiras ou limites para alcançarmos nossos objetivos; existem sim barreiras e desafios que serão transpostos sempre que for da vontade daqueles que governam e principalmente, se for fruto do anseio do nosso povo.

 Com união e apoio de todos os taquaritinguenses, o resultado não poderá ser diferente: Taquaritinga vencerá.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."