Dupla é abordada pela PM tentando abrir automóvel

Após receberem informação via CAD, os policiais militares Serapião e Junior compareceram ao plantão policial da Delegacia de Polícia de Taquaritinga na madrugada desta sexta-feira (13), informando que dois elementos suspeitos foram detidos, em razão de estarem tentando abrir um automóvel, de cor prata, que se encontrava estacionado defronte uma residência, na Rua Dilermando Dias dos Santos, na Vila Di Santi, certamente na intenção de praticarem um furto.

Na descrição dos fatos, relatados em BO, os policias militares informam que, assim que chegaram ao local, acompanhados de outras equipes, avistaram o veículo descrito, tratando-se de um Fiat Prêmio, sendo que ao lado da janela do passageiro, estavam dois indivíduos, de pé, demonstrando estarem fazendo algo no carro.

Abordados, os elementos foram revistados, identificados, tratando ser muito conhecidos nos meios policiais, com envolvimento com drogas e furtos, tendo sido, um deles, recentemente preso em flagrante delito por furto.

Nada de ilícito foi encontrado com ambos os elementos, mas ao verificarem o veículo, os PMs perceberam que a janela do lado do passageiro estava com o vidro parcialmente aberto, sendo que o morador residente defronte o local dos fatos, após identificado, confirmou ser o proprietário do automóvel e que havia fechado as janelas do veículos, levando à conclusão que os abordados estavam forçando a abertura do vidro da porta, na tentativa de furtarem alguma coisa no interior do veículo.

Nesse momento, um dos indivíduos se levantou e, em tom alto e ameaçador, disse à vítima que a conhecia e que se registrasse a ocorrência iria prejudicá-la. Os policiais interviram, não permitindo que a vítima fosse intimidada dessa forma, momento em que um dos indivíduos partiu pra cima dos policiais, distribuindo socos e chutes nos PMs, sendo necessária a união de todos os PMs para conseguir vencer à resistência do elemento, que acabou sendo dominado e algemado. O outro indiciado em nada colaborou com a atitude violenta do seu parceiro de crime, não tendo oferecido trabalho aos policiais.

Após isso, ambos foram conduzidos à Delegacia de Polícia, sendo que o indivíduo que se indispôs com os PMs pediu desculpas, dizendo que estava descontrolado, em razão de ter fumado algumas pedras de crack momentos antes da abordagem e que estava fora de si.

Diante dos fatos, foi decretada a prisão em flagrante delito dos indiciados, por tentativa de furto qualificado, sendo que a ocorrência chegou ao conhecimento da autoridade policial de plantão para as devidas providências.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."