Veja alguns fatos que você talvez não conheça sobre o 11 de setembro

Em 2001, seja lá o que você estava fazendo, sua atenção foi voltada, de alguma forma, para a notícia que assustou o mundo inteiro: os Estados Unidos tinham sido alvo de um imenso e catastrófico ataque terrorista.

As Torres Gêmeas caíram e quase 3 mil pessoas morreram. Entre os mortos do desastre, estavam 343 bombeiros de Nova York, 23 policiais e 37 oficiais do Porto de Nova York. As vítimas tinham idades entre dois e 85 anos, sendo que cerca de 80% dos mortos eram homens. Apenas vinte pessoas que estavam nos prédios sobreviveram e foram salvas.

 Para se ter uma ideia do tamanho do estrago, os bombeiros só conseguiram apagar o fogo por completo no dia 19 de dezembro, 99 dias após o atentado.

No Pentágono, em Washington, 184 pessoas morreram quando o prédio foi atingido pelo avião.

40 pessoas, entre passageiros e membros da tripulação, morreram quando o avião em que estavam bateu contra um campo perto de Shanksville, na Pensilvânia. Acredita-se que o acidente também tenha relação com o atentado.

No mesmo fatídico dia, outro prédio na região das Torres Gêmeas também caiu, trata-se de mais um arranha-céu, o Building 7, de 47 andares. Na época, a queda quase não foi noticiada porque o prédio não foi atingido por um avião. Aparentemente a estrutura já estava danificada antes da queda das Torres.

Ainda sobre o atentado, é interessante observar que tudo isso levou menos de duas horas:

  • Às 8h46 um avião da América Airlines, que ia de Boston a Los Angeles, atingiu a torre norte do World Trade Center.
  • Às 9h03 o segundo avião, um avião da United Airlines, que ia de Boston a Los Angeles, acertou a torre sul.
  • Às 9h37 uma aeronave da American Airlines, que ia de Dulles, na Virgína, para Los Angeles atingiu o prédio do pentágono em Washington.
  • Às 9h59 a torre sul despencou.
  • Às 10h03 um avião da United Airlines, que ia de Newark para São Francisco, bateu em um campo perto de Shanksville, na Pensilvânia.
  • Às 10h28 a torre norte despencou.
  • Peritos médicos de Nova York divulgaram o número de certidões de óbitos emitidas só em janeiro de 2004. O número exato de morte foi de 2.749. pessoas
  • No ano seguinte, foram canceladas as investigações genéticas a respeito dos restos humanos encontrados no local do acidente. Dos mortos no ataque, apenas 1.585, o equivalente a 58%, tiveram seus corpos identificados.
  • Em 2007 um anúncio médico afirmou que a morte de mais uma pessoa tinha relação com o atentado, aumentando o número de vítimas para 2.750. Atualmente este número é de 2.753, afinal os médicos também consideram vítimas do atentado pessoas que morreram ao longo dos anos em decorrência da exposição à fumaça ou à poeira que foram espalhados.

Dados financeiros

  • De acordo com a rede de notícias CNN, foram necessários 500 mil  dólares, para planejar e executar os ataques.
  • O prejuízo econômico provocado pelos atentados foi de 123 bilhões de dólares só nas primeiras quatro semanas depois do 11 de setembro.
  • Os danos causados às Torres Gêmeas correspondem a 60 bilhões de dólares, incluindo os prejuízos nos prédios vizinhos e nas estruturas dos metrôs da região.
  • No dia 14 de setembro do mesmo ano, o governo norte-americano aprovou um pacote antiterrorismo emergencial, que custaram 40 bilhões.
  • As companhias aéreas afetadas receberam uma ajuda governamental de 15 bilhões.

Os seguros cobrados por parentes das vítimas dos atentados chegaram a 9,3 bilhões de dólares.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."