História: Taquaritinga completa 151 anos de Fundação

Ações cívicas nas escolas e jogos esportivos marcam a data.

Os 151 anos de fundação de Taquaritinga será comemorado neste final de semana, com jogos esportivos e ações cívicas nas escolas do município. Os eventos são promovidos pelas secretarias de Educação e Esporte e Lazer.
Nesta sexta-feira, dia 7, os alunos das escolas cantarão os hinos Nacional Brasileiro e de Taquaritinga, antes do início das aulas. Nas salas, os professores falarão sobre o tema, com apresentação de poesias e redações abordando a Fundação do Município.

Atividades esportivas – No sábado, dia 8, data da Fundação do Município, a cidade será sede da 7.ª Etapa Paulista de Biribol, competição que reúne as 19 melhores equipes de 17 cidades do Estado, com jogos disputados a partir das 9h, na piscina do Poliesportivo Dori Parise, no Jardim Taquarão, e em outras duas piscinas oficiais, em residências particulares da cidade. A final da competição está marcada para as 16h do mesmo dia, no Poliesportivo.
Ainda, na manhã de sábado, a atleta Maria Eduarda Ospedal, de 9 anos, disputará a fase final do Campeonato Paulista de Karatê, na cidade de São Bernardo do Campo. Já, no Estádio Antonio Storti, em Taquaritinga, as equipes Sub 15 e Sub 17 de Taquaritinga enfrentam São Joaquim da Barra, pela Copa Paulista do Interior. À tarde, a partir das 16h, o time de futsal feminino de Taquaritinga jogará contra Viradouro, em Matão, pela Copa Sul Minas.
No domingo, dia 9, tem início o Campeonato de Futebol Amador “Afonso Marino”. A competição reúne 11 equipes locais, com jogos disputados nos estádios Antonio Storti, no centro, e Arena da Vila, no Jardim São Sebastião.
No Antonio Storti, às 8h20, jogam Corinthians e Os Presença. Na partida de fundo, às 10h, o Guarani enfrenta o Francisco Romano A. No mesmo horário, na Arena da Vila, Portuguesa A x Cruzeirinho (8h20) e Francisco Romano B x Portuguesa B.

Foto: Leandro Mira

A Fundação – A Fundação de Taquaritinga deu-se em 1868, segundo registro no Livro de Tombo da Paróquia de Araraquara, a respeito da doação do patrimônio da então Fazenda Boa Vista do Ribeirão dos Porcos, em favor de São Sebastião dos Coqueiros, primeira denominação da localidade. Foram doadores do patrimônio Bernardino José de Sampaio, irmãos Sebastião e José Domingos da Silva e outros.

O povoado que aí se formou, ficou conhecido por Ribeirãozinho, originário do córrego que banha a cidade. O fato de ser ele afluente regular do Ribeirão dos Porcos, deu origem entre os primitivos habitantes do lugar, à denominação de Ribeirãozinho, como ligação entre a designação do córrego com o ribeirão. Daí a corruptela Ribeirãozinho.

O Distrito de Ribeirãozinho nos seus primórdios, compreendia vastíssima região tendo como linhas de limites, entre outras, os Ribeirões dos Porcos, Cubatão, Três Barras (ou Água Limpa) e o Rio da Onça.

Em 1892, Ribeirãozinho foi elevado à vila, com o nome de São Sebastião do Ribeirãozinho. Na ocasião da criação da Comarca, em 1907, foi alterada sua denominação para Taquaritinga, de origem tupi-guarani, que significa taquara branca e fina.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."