Direito: nesta quinta, PIS começa a ser pago a nascidos em maio e junho

Abono salarial no valor máximo é válido para os profissionais que tenham trabalhado formalmente por, no mínimo, 30 dias em 2017. Valores a serem sacados variam de R$ 84 a R$ 998.

Os trabalhadores da iniciativa privada nascidos em maio e junho receberão nesta quinta-feira (14) o lote do abono salarial do PIS (Programa de Integração Social) referente ao ano-base de 2017.

Aqueles que possuem conta individual na Caixa Econômica Federal com saldo acima de R$ 1 e movimentação começaram a receber o crédito antecipado do PIS já na terça-feira (12).

Os pagamentos, que tiveram início em julho de 2018, são realizados de acordo com o mês de nascimento do trabalhador. Os recursos de todos os beneficiários ficam disponíveis até 28 de junho de 2019.

É importante ressaltar que para ter direito ao benefício, o trabalhador deve ser inscrito no PIS (trabalhador da iniciativa privada) há, no mínimo, cinco anos e ter trabalhado formalmente por ao menos um mês em 2017, com remuneração mensal média de até dois salários mínimos.

Os valores que os beneficiários têm direito a sacar variam de R$ 84 a R$ 998, de acordo com o número de meses trabalhados formalmente no ano de 2017. Se o trabalhador recebeu comissão ou horas extras e ultrapassou dois pisos nacionais com a renda mensal, o abono não é liberado.

Para os servidores públicos, o Pasep (Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público) será disponibilizado também nesta quinta-feira aos profissionais com benefícios que têm número final 8 e 9.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."