Em Suzano (SP): atiradores invadem escola, deixam vítimas e tiram a própria vida

Segundo relatos, suspeitos teriam atirado contra oito crianças e uma funcionária da escola. Ao menos 30 disparos foram feitos.

A manhã começou em tragédia na cidade de Suzano, a 50 km de distância de São Paulo. Dois adolescentes encapuzados invadiram a escola estadual Professor Raul Brasil atirando.

De acordo com as informações do centro de comunicação da Polícia Militar de São Paulo, cinco estudantes, sendo 4 meninos e 1 menina, além de uma funcionária morreram no local. Os atiradores se mataram na sequência.

Outras três crianças deram entrada no hospital Santa Maria, em Suzano. Ainda não há informações sobre o estado de saúde das mesmas.

No momento do ocorrido, havia, aproximadamente, 700 alunos na instituição de ensino.

Todo o efetivo da 1ª Companhia do 32º Batalhão de Suzano e dois helicópteros Águia, do Grupamento Aéreo da Polícia Militar, foram deslocados à ocorrência.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."