Economia: dicas para aprender como poupar dinheiro

Organizar-se, olhar para sua renda e diminuir seus gastos são as três grandes categorias que, juntas, reúnem todos os passos básicos pra quem está querendo reorganizar o orçamento e conseguir, de uma vez por todas, guardar dinheiro.

Confira as dicas sobre como economizar dinheiro:

  1. Registre todas as despesas:

Como você pretende controlar seu dinheiro se você não sabe pra onde ele está indo? Este é o primeiro passo pra quem quer começar a poupar dinheiro. Pra ajudar nesta tarefa, você tem duas opções:

  1. Guardar todas as notinhas do cartão e anotar cada uma das suas despesas em uma planilha de gastos (Não vale esquecer nenhuma!);
  2. Escolher uma ferramenta automática que puxa todas as suas movimentações bancárias automaticamente em menos de dois minutos.
  3. Crie metas pros seus gastos:

Agora que você já sabe exatamente quanto gasta, que tal criar metas pras suas despesas? E mais: dividir tudo isso em categorias! Temos uma regrinha geral, mas cabe você ver se isso serve pra você:

– 50% da renda pros gastos essenciais: todos aqueles necessários pra você se manter no dia a dia, como aluguel, mercado, o ônibus, a gasolina, etc.

– 15% da renda pras prioridades financeiras: se você estiver endividado, sua prioridade será quitar as dívidas. Nada de comprar blusinha! Se não estiver com dívidas, a prioridade é investir.

– 35% da renda pro estilo de vida: todos os gastos relacionados a hobbies e lazer, como academia, salão de beleza, compras no shopping, etc.

É, nós sabemos: não está sendo fácil. É muita despesa pra pouca renda, mas nas próximas dicas você encontrará sugestões pra reduzir cada uma dessas categorias de despesas.

  1. Despesas pra cima, renda pra baixo:

Na hora em que estiver criando as metas pro seu orçamento, arredonde as despesas pra cima e a renda pra baixo. Vale o ditado: é sempre melhor sobrar do que faltar.

  1. Pague suas contas no mesmo dia:

Mude a data de vencimento de todas as suas contas fixas pra logo após o dia em que cai o seu salário. Assim fica bem mais fácil se organizar. O dinheiro entra, você já paga tudo o que deve e fica na conta apenas com o dinheiro necessário pra passar o mês.

  1. Crie prazos pros seus objetivos:

Você quer quitar suas dívidas? Até quando? Quer juntar dinheiro pra comprar um carro? Daqui quanto tempo? Quando as metas têm data ficamos mais motivados pra cumpri-las no prazo. #FicaADica

  1. Fale sobre dinheiro em família:

Se você é casado, o tema dinheiro deve fazer parte do dia a dia do casal. Se tem filhos, o mesmo vale pra família. Transparência e sinceridade são os caminhos mais fáceis pra conseguir reorganizar as contas da casa.

  1. Pense em como ganhar mais:

Pra que ficar dependendo apenas do seu salário, quando você pode distribuir os ovos em várias caixinhas? Já pensou em pegar um trabalho freelancer pra fazer à noite ou nos fins de semana? Ou então, que tal transformar um hobby (costurar, pintar, cozinhar) em uma nova fonte de renda?

  1. Renda variável não é desculpa:

Profissionais autônomos e freelas costumam ter dificuldade em saber quanto vai ganhar no mês. A dica é olhar pros últimos 12 meses e calcular quanto foi o maior ganho, o mínimo, a média e se teve sazonalidade (os meses em que todo ano você costuma ganhar mais e menos).

  1. Dê férias ao cartão de crédito:

O grande problema do cartão de crédito é nos dar a falsa impressão de que temos mais dinheiro do que temos na realidade. Se você tem cartão é está difícil para de usá-lo, anota a dica: tire o cartão de crédito da carteira por alguns meses e pague tudo à vista. Aqui vale radicalismo sim de até cancelar a raiz do mal.

  1. Vá fazer compras com dinheiro vivo:

Outra dica infalível pra quem não quer gastar mais do que o planejado no supermercado ou no shopping é ir fazer compras com o dinheiro contado na carteira. A gente se preocupa mais em saber quanto está gastando e, se a compra der mais do que tem na carteira, você será obrigado a deixar algumas coisas na prateleira.

  1. Pare de se consolar com compras:

Depois de uma semana difícil de trabalho, muita gente merece se recompensar com uma bela compra, certo? Errado (pelo menos muitas vezes). A questão não é de merecimento. É claro que você merece, afinal, você trabalhou duro, mas a questão nessa situação é priorizar (ou não) seus objetivos. Você pode se recompensar com algo menor no dia a dia. Seja firme!

  1. Separe um dia por mês pra não comprar nada:

Mais do que uma necessidade, consumir acaba virando um hábito e é aí que surge o perigo das compras por impulso. Pra se prevenir disso, separe um dia por mês pra não gastar absolutamente nada. Leve comida de casa pro trabalho, pegue uma carona e nada de cafezinho depois do almoço (pelo menos um dia, lembra?). Você verá que é, sim, possível viver sem gastar tanto.

  1. Troque a academia por uma caminhada ao ar livre:

Falta de dinheiro não é opção pra deixar de fazer exercício. Poupe a mensalidade da academia criando o hábito de caminhar (ou passear com o cachorro) três vezes por semana. Vale até fit dance no Youtube no intuito de emagrecer o bolso!

  1. Evite comer fora:

Tem dias que não tem jeito, mas procure evitar as refeições fora de casa sempre que possível. Leve comida de casa pra almoçar no trabalho de vez em quando e, no fim de semana, tente fazer sua própria pizza em casa em vez de usar o delivery.

  1. Poupe o que for possível:

Tudo bem que o ideal é guardar 15% da sua renda, mas se você está endividado dificilmente você conseguirá reservar esse valor pra poupança neste momento. O segredo então é poupar o que for possível até você conseguir se reestruturar: R$ 5 ou R$ 10, não importa. A grande sacada é criar o hábito de poupar.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."