Mais Médicos: Prazo para brasileiros se apresentarem nos municípios termina nesta quinta-feira

O Ministério da Saúde informou que 1.707 profissionais foram inscritos nesta etapa de seleção, que visa substituir os médicos cubanos que trabalhavam no País.

O prazo para médicos brasileiros com registro para exercer a profissão no Conselho Regional de Medicina (CRM) se apresentarem nos municípios para atuar no programa Mais Médicos, termina nesta quinta-feira (10).

Vale lembrar que depois que o país caribenho decidiu retirar seus profissionais do Brasil, o Ministério da Saúde abriu seleção com 8.517 vagas para que médicos com registro brasileiro pudessem ocupar os postos, distribuídos em todo o país. Até o dia 18 de dezembro deveriam se apresentar às prefeituras. De acordo com a pasta, após o fim desse prazo, 2.549 postos de trabalho continuavam disponíveis, distribuídos em 1.197 municípios e 34 distritos de saúde indígena.

Essas vagas ficaram, então, disponíveis para esta etapa de seleção. Se algum dos 1.707 profissionais desistir de participar, os postos serão reabertos para novos interessados. Os próximos a escolherem locais de atuação pelo Mais Médicos serão os médicos brasileiros formados no exterior (mesmo sem o diploma revalidado). Em seguida, médicos estrangeiros formados no exterior poderão escolher as vagas disponíveis.

Por enquanto, existem 842 vagas abertas para profissionais com diploma estrangeiro, mas esse número pode aumentar caso haja desistência de médicos com registro no Brasil.

Cronograma das próximas etapas de seleção para o Mais Médicos:

  • Até quinta-feira, 10 de janeiro: médicos com CRM brasileiro que se inscreveram na segunda etapa de seleção devem se apresentar nos municípios. Segundo o Ministério da Saúde, 1.707 profissionais escolheram localidades.
  • 23 e 24 de janeiro: médicos brasileiros formados no exterior escolhem os locais de atuação entre as 842 vagas disponíveis.
  • 30 e 31 de janeiro: médicos estrangeiros formados no exterior escolhem locais de atuação entre as vagas remanescentes.
  • 4 e 5 de fevereiro: brasileiros com diploma estrangeiro começam as atividades (se já tiverem participado das atividades preparatórias).
  • 6 e 7 de fevereiro: estrangeiros sem registro no país começam as atividades (se já tiverem participado das atividades preparatórias).
  • De 25 a 27 de março: profissionais — brasileiros ou não — com diploma de fora do país começam a trabalhar (depois das atividades preparatórias)

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."