Dois homens são presos durante ‘Operação Integração’

Operação contra o crime organizado acontece em 15 estados; alvos são imóveis e comércios onde pessoas ligadas ao PCC atuam criminosamente.

Na manhã da última terça-feira (4), dois homens suspeitos de participarem de uma facção criminosa foram presos em Ribeirão Preto (SP) e Jaboticabal (SP) durante a “Operação Integração”, realizada pelo Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) e Polícia Militar.

Tendo como alvos os integrantes das facções Primeiro Comando da Capital (PCC), Comando Vermelho (CV), Terceiro Comando Puro (TCP), Amigo dos Amigos (ADA), Primeiro Comando de Vitória (PCV) e OKAIDA RB (uma dissidência da OKAIDA), cinco mandados de busca e apreensão foram cumpridos, sendo três deles em Ribeirão.

A operação contou com promotores do Gaeco e 24 policiais militares que integram a Força Tática, distribuídos em 20 viaturas da PM. Quase 100 pontos de LSD foram apreendidos.

O subprocurador-geral de Justiça de São Paulo, Mário Luiz Sarrubbo, explica que os alvos são imóveis e comércios onde pessoas ligadas ao PCC atuam criminosamente. Os presos em Ribeirão Preto e Jaboticabal vão responder por organização criminosa e associação ao tráfico.

Em todo o país, 266 mandados de prisão e 203 de busca e apreensão estão sendo cumpridos.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."