Horário de verão começará no próximo dia 4 de novembro

No início do mês, a informação veiculada foi que o início do horário seria dia 18 com o propósito de não prejudicar as provas do Enem. Horário não será mais adiado.

Conforme a assessoria da Presidência, o governo decidiu manter a data de 4 de novembro, ou seja, não haverá adiamento do início do horário de verão para o dia 18.

De acordo com a Casa Civil, o decreto que faria a alteração da data não foi publicado no Diário Oficial da União.

O Planalto explicou que não foi possível atender ao pedido do MEC. Um dos motivos foi justificado pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que representa as maiores empresas áreas do Brasil.

A instituição argumentou que a mudança poderia levar passageiros que compraram passagens com antecedência a perderem seus vôos. Cerca de 42 mil vôos poderiam ser afetados e pelo menos 3 milhões de passageiros seriam prejudicados.

No dia 2 de outubro, a pedido do Ministério da Educação (MEC), o governo havia comunicado a decisão de adiar o horário de verão para o dia 18 de novembro.

A mudança tinha como propósito não prejudicar os inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), cujas provas serão realizadas nos dias 4 e 11 de novembro.

O retorno do horário normal permanece programado para o dia 17 de fevereiro de 2019.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."