Palmeiras perde o jogo, mas garante classificação para as quartas de final da Libertadores

Felipe Melo foi expulso logo aos três minutos de jogo.

O Palmeiras tinha uma vantagem excelente contra o Cerro Portenho na partida de volta da Copa Libertadores da América. O placar de 2 a 0 de vantagem conquistado na ida, no Paraguai, quase caiu por terra, por uma expulsão que deixou todos os palmeirenses revoltado.

Aos três minutos de partida, Felipe Melo deu uma entrada feia no jogador Cáceres do Cerro e acabou expulso. O time brasileiro jogou com um jogador a menos por toda a partida e viu a classificação correr perigo.

Mesmo com um homem a menos, o Palmeiras criou duas boas oportunidades no primeiro tempo, mas não concluiu em gol. O Cerro, com maior posse de bola, mandava no jogo, mas não conseguia impor velocidade. Entretanto, o clube paraguaio criou duas oportunidades que foram desperdiçadas.

Na segunda etapa, o Cerro fez o que tinha que fazer, tirou os homens de trás e foi colocando atacantes. Em um lance despretensioso, o lateral esquerdo Arzamendia cruzou e acabou abrindo o placar. O Cerro precisava apenas de mais um gol para levar a disputa aos pênaltis, e impôs uma pressão desnecessária ao time do Palmeiras, que até teve uma chance de marcar com William.

No fim do jogo, mais confusão. Deyverson fez uma jogada e pediu para que a torcida acompanhasse. Depois do feito, fingiu que tomou uma bolada. Quando levantou, seguiu pedindo para que o público aplaudisse. Com tanta inflamação, acabou sendo expulso, junto com um jogador do Cerro.

No fim deste confuso jogo, destaque para Dudu, que segurou a bola, sofreu faltas e sem fazer cera mostrou como ter a posse de bola. Em um jogo louco, marcado pela expulsão de Felipe Melo, o Verdão, estilo Felipão, que se recusou a responder perguntas do atleta na coletiva, chegou as quartas de final para enfrentar o Colo Colo.

Agora, o Palmeiras se prepara para o duelo contra a Chapecoense, pelo Brasileirão, fora de casa, no domingo(2), às 19h.

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."