Palmeiras vence Santos na primeira semifinal do Paulista

O Palmeiras venceu o Santos por 1 a 0, no Pacaembu e encerrou a invencibilidade do Peixe como mandante no estádio. Agora, no segundo jogo, o Verdão pode empatar que estará na final do Paulistão. Já o Santos, precisa vencer por um gol de diferença para levar a disputa aos pênaltis. Vitória por dois gols ou mais, da à classificação a equipe da Baixada Santista.

Com efeito suspensivo, Jailson foi o nome do jogo com defesas importantes. No primeiro tempo, o arqueiro Alviverde fechou o gol. Na segunda etapa, ele foi ainda mais importante. Sendo o nome do jogo.

O Verdão dominou os primeiros minutos do jogo. O Santos estava assustado, chegou a ensaiar uma marcação individual, porém, permitiu espaços ao Palmeiras e no vacilo da zaga, William fez 1 a 0. O gol no começo deu a sensação que o Palmeiras ganharia a hora que quisesse, mas não foi bem assim.

Willian – Foto: César Grecco

Gabriel e Renato por pouco não empataram a partida para o Peixe ainda nos minutos finais da etapa inicial. Primeiro, o camisa 10 aproveitou o erro do defensor Thiago Martins para roubar a bola e sair cara a cara com o goleiro Jailson, que realizou excelente defesa. Depois, Renato cabeceou com muito perigo, após cobrança de escanteio, e também parou no camisa 42.

No segundo tempo, o Palmeiras explorava as jogadas com Keno, mas não transformava em gols.  O Santos quando tentava, parava em Jailson. O árbitro ainda ignorou uma penalidade em Gabriel Barbosa.

Santos 0x1 Palmeiras

Local: Pacaembu, em São Paulo (SP)

Data-Hora : 24/3/2018 – 19h

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)

Auxiliares: Danilo Ricardo Manis e Tatiane Sacilotti dos Santos (ambos de SP)

Público/renda: 16.916 pagantes / R$ 723.270,00

Cartões amarelos: Daniel Guedes e Alison (SAN); Antônio Carlos, Thiago Santos e Dudu (PAL)

Cartões vermelhos: –

Gols: Willian (11’/1ºT) (0-1)

Santos: Vanderlei; Daniel Guedes, David Braz, Lucas Veríssimo e Dodô; Alison, Renato (Vitor Bueno, aos 35’/2°T), Diogo Vitor (Rodrygo, aos 20’/2°T) e Arthur Gomes (Jean Mota, aos 31’/2°T); Sasha e Gabigol. Técnico: Jair Ventura

Palmeiras: Jailson, Marcos Rocha (Tchê Tchê, aos 6’/2ºT), Antônio Carlos, Thiago Martins e Victor Luis; Bruno Henrique (Moisés, aos 23’/2ºT), Felipe Melo (Thiago Santos, aos 25’/2°T) e Lucas Lima ; Willian, Keno e Dudu. Técnico: Roger Machado

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."