Cuidados com documentos no Carnaval

Durante o ano de 2017, cerca de 4 milhões de pessoas solicitaram a segunda via de RG e CNH.

O Defensor alerta os foliões sobre os cuidados que devem ser tomados com os documentos durante o Carnaval. Nessa época do ano, cresce o índice de casos de perda, furto ou roubo de documentos. Na euforia da festa, muitas pessoas relaxam nos cuidados e depois precisam correr atrás de segundas vias. O resultado, todos os anos, é um aumento do número de pessoas que precisam tirar segunda via de documentos importantes como a Carteira de Identidade (RG) e Carteira Nacional de Habilitação (CNH).

O aumento da incidência de pedidos de segundas vias de documentos também ocorre após as festas de fim de ano, o que eleva a procura por segundas vias no mês de janeiro. Este ano, o Poupatempo prestou 3,4 milhões de atendimentos no mês de janeiro. Desse total, 335 mil atendimentos foram para segundas vias de RG e 40,2 mil para as de CNH.

Além do RG e da Carteira Nacional de Habilitação, alguns outros documentos são perdidos no Carnaval, como: Título de Eleitos, CPF, Título de Reservista e até Carteira de Trabalho. A dica é sempre levar o mínimo possível de documentos. Se a pessoa for dirigir, leve apenas a Carteira Nacional de Habilitação e o documento do carro. Caso não vá pegar a direção, apenas um documento de identificação já é o suficiente para a festa.

Saiba mais:  Artigo: Eleições: época de ilusões

Durante o ano de 2017, cerca de 3,5 milhões de pessoas solicitaram a segunda via do RG e mais de 458 mil pediram a segunda via da CNH em todas as 72 unidades do Poupatempo no Estado de São Paulo.


Neguinho

Comentários

"O site não se responsabiliza pela opinião dos autores. Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião de O Defensor. Serão vetados os comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O Defensor poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios deste aviso."