Dicas de segurança: volta às aulas

O portal de notícias www.odefensor.com.br, traz a todo seu público algumas dicas de segurança para a volta às aulas.

Vamos às dicas:

– Não é recomendável que crianças carreguem celulares para não atrair a ação de criminosos.

– A criança deve ser orientada também a reconhecer e buscar ajuda com policiais, casos se sintam perdidas ou assustadas.

Antes de sair de casa:

– Observar se não há ninguém suspeito nas proximidades da residência, pois os criminosos aproveitam o momento de distração para praticar os assaltos.

– Evite mexer em bolsas ou carteiras para entregar dinheiro às crianças, seja na saída de casa, no trânsito ou nas proximidades.

– Oriente seus filhos a utilizarem com discrição os celulares, notebooks e demais equipamentos eletrônicos. As crianças são vítimas potenciais dos bandidos, principalmente por não oferecerem maior resistência.

– Ensine a criança para que ela aprenda o próprio endereço, telefone, nome dos pais, nome dos responsáveis, e que procure um policial caso se sinta perdida, assustada ou ameaçada. A criança também deve ser orientada a evitar contato com pessoas estranhas, aceitar caronas, pois podem ser sequestradas.

– Caso a criança vá sozinha a pé para a escola, deve optar por andar em grupo no trajeto das escolas ou em longas caminhadas. Se possível, combine com vizinhos ou colegas de classe que façam o mesmo caminho para irem e voltarem juntos da escola.

Quando utilizar ônibus ou transporte escolar:

– Cuidado com bolsas ou mochilas transparentes, pois o marginal vai perceber que você leva documentos, dinheiro, aparelho celular, etc. E dentro do coletivo mantenha a bolsa, carteira, pacotes ou sacolas na frente do seu corpo.

Saiba mais:  Bombeiro Educador realiza palestra a alunos da FATEC

– Em ônibus com poucos passageiros, procure viajar próximo ao motorista ou cobrador.

– Ande sempre com o dinheiro da passagem contado ou dê preferência ao vale transporte.

Ao dirigir com as crianças no carro:

– Durante o trajeto para a escola, o pai ou a mãe deve estar atendo aos arredores, pois os criminosos se aproveitam da algazarra das crianças para furtar bolsas, celulares, relógios e outros pertences do motorista.

– As crianças, de acordo com a idade, devem andar no banco traseiro, nos assentosapropriados e indicados pela legislação em vigor.

A criança deve ter alguns cuidados básicos ao atravessar as ruas:

– Não atravessar por trás de árvores, carros, ônibus e bancas de jornais, pois pode não ser vista por um carro que está em alta velocidade.

– Procurar ser visto ao atravessar as ruas e utilizar sempre a faixa de pedestres.