Clínicas particulares só receberão vacinas contra febre amarela no final de Fevereiro

Sanofi já iniciou o processo de importação e o lote estará disponível para comercialização no mercado em aproximadamente 30 dias.

Segundo o presidente da ABCVAC (Associação Brasileira das Clínicas de Vacina), no mês de janeiro não haverá reposição de estoque da vacina de febre amarela nas clínicas de vacinação particulares. A previsão é que – caso o Carnaval não atrapalhe – novas doses sejam recebidas no final de fevereiro. As vacinas são produzidas fora do país e, por isso, o abastecimento pode sofrer com restrição na capacidade de distribuição.

O laboratório responsável pelo abastecimento, o Sanofi Pasteur, entendendo a excepcionalidade da atual situação do país, solicitou a aprovação em caráter excepcional da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA) para a importação de um novo lote da vacina com embalagem internacional (dizeres em idioma Inglês, Francês e Espanhol), que acabou de ser concedida. A vacina, que já teve distribuiçãode mais de 400 milhões de doses ao redor do mundo, é chamada de Stamaril e está registrada em mais de 100 países

Em posicionamento enviado à ABCVAC, a Sanofi informou que tanto a empresa, quanto a ANVISA estão empreendendo todos os esforços para acelerar a importação e disponibilizar esta vacina o mais rapidamente possível, seguindo todas as normas e regras aplicáveis para o processo de importação e disponibilização das doses no mercado privado. A Sanofi já iniciou o processo de importação e o lote estará disponível para comercialização no mercado em aproximadamente 30 dias.

Saiba mais:  Com sofrimento, Brasil vence a Costa Rica

Ainda segundo Barbosa, o número de doses não deve resolver completamente o problema de desabastecimento, mas será um número expressivo que irá ajudar o Programa Nacional de Imunização. “Essas vacinas serão distribuídas de forma a atender a todos os estados”, diz. Ainda segundo o presidente da associação, atualmente, não tem estoque em praticamente nenhuma clínica do Brasil.